Campanha de Comunicação Interna TIM

Campanha de Comunicação Interna TIM


DisciplinaComunicacao Interna26 materiais891 seguidores
Pré-visualização6 páginas
proporcionar um atendimento 24 horas. Onde esse serve para orientar o cliente em qualquer problema, reclamação ou dúvidas, proporcionar informações, e oferecer diversas vantagens.
Equipe de Manutenção: A empresa possui uma equipe de manutenção para diversas ocasiões. Desde problemas como ar condicionado, até falhas em antenas nas cidades, logística e desenvolvimento de portais e sites, como o Portas Abertas, site disponível para auxiliar os clientes em relação a sinais e antenas disponíveis, informações sobre a empresa e seus serviços, além de um canal disponível para efetuarem reclamações. Internamente, para contatarem qualquer tipo de erro e ajuda necessária a empresa conta com uma área chamada Service Desk. O interessado deve efetuar a ligação para a mesma relatar sua necessidade ou problema, e assim a área irá lhe orientar a resolvê-lo ou lhe encaminhar para alguma área específica do problema em questão, como por exemplo, algo relacionado a alguma questão mais profunda de informática, onde a empresa conta com especialistas para isto. 
6
Avaliação do grupo sobre outros grupos em tabela:
 \u201cMedo\u201d de seus gestores.
 Não se sentem ouvidos.
 Gestão formal e hierarquizada. 
 Segmentando os por áreas, setores e níveis de hierarquia na empresa.
 Cultura de urgência dos problemas.
 Falta de autonomia dos funcionários. 
COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL
Avaliação do grupo sobre outros grupos em tabela: 
Fazendo uma análise geral sobre os grupos presentes na organização podemos perceber que grande parte dos colaboradores tem \u201cmedo\u201d de seus gestores, não se sentem a vontade em os contatarem para eventuais dúvidas, ajudas ou até mesmo reclamações e sugestões. Poucos se sentem ouvidos, pois a empresa em si mantém uma gestão formal e hierarquizada, como por exemplo, diretores formam um grupo, os demais formam outro grupo, segmentando os por áreas e níveis de hierarquia na empresa. Outra questão percebida é a questão da urgência dos problemas. A empresa, ao longo do tempo, acabou estabelecendo uma cultura de que tudo é urgente e precisa ser resolvido naquele momento. O que atrapalha o desempenho dos funcionários ao serem dispersos de suas tarefas para executarem outras em cima da hora. Por fim, outro ponto analisado é a questão de que tudo tem que \u201cpassar\u201d pelo gestor ou diretor antes. Na organização existe uma burocracia enorme para diversos processos, até os mais simples, como por exemplo, a disponibilidade de um login e senha na máquina. O que acaba os prejudicando em relação à otimização de tempo e demanda, pois, diversos processos e questões da empresa já poderiam ser resolvidos por demais colaboradores, porém, precisam da credibilidade e aprovação de seus superiores antes de qualquer ação. 
7
AGRESSIVIDADE
Concepção Básica: 
 Competitividade no ambiente externo. Stakeholders devem estar alinhados com a existência dessa agressividade.
 A natureza do negócio se compõe em relação a ser mais uma empresa de telecomunicações no mercado entre tantas opções, com serviços e atributos, na maioria, semelhantes aos concorrentes, além da má reputação que as operadoras, em geral, possuem no Brasil. Portanto, deve buscar novas estratégias e ações para garantir sua estabilidade no mercado e ultrapassar a concorrência. 
 TIM: Segundo lugar no Marketshare -26,21% ficando atrás, apenas, da Vivo - 29,08%.
Valores: 
Os funcionários da empresa e demais stakeholders entendem e compartilham a cultura proposta de competitividade entre as concorrências e agregam este valor no seu dia-a-dia de trabalho. Há o sentimento de responsabilidade compartilhada pela evolução e prestação do serviço para os clientes, que, refletirá na superação da concorrência.
COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL
Agressividade
Concepção Básica: Neste ponto em relação a ambiente interno não consideramos a empresa agressiva. Porém, em relação ao ambiente externo, é indiscutível o nível de competitividade entre as concorrências de empresas de telecomunicações. Desta forma os demais stakeholders da empresa devem estar alinhados em relação à existência de uma agressividade externa, para que todos possam agregar nesta questão. A natureza do negócio se compõe em relação a ser mais uma empresa de telecomunicações no mercado entre tantas opções, com serviços e atributos, na maioria, semelhantes aos concorrentes, além da má reputação que as operadoras, em geral, possuem no Brasil. Assim, a TIM como uma organização que está em segundo lugar no marketshare das operadoras de celular, no ano de 2015, com 26,21% ficando atrás, apenas, da Vivo, com 29,08%, deve estar sempre buscando novas estratégias e ações para garantir sua estabilidade no mercado e ultrapassar a concorrência. 
Valores: Os funcionários da empresa e demais stakeholders entendem e compartilham a cultura proposta de competitividade entre as concorrências e agregam este valor no seu dia-a-dia de trabalho. Há o sentimento de responsabilidade compartilhada pela evolução e prestação do serviço para os clientes, que, refletirá na superação da concorrência.
8
COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL
 Artificialidades Observáveis: 
 Competitividade nas campanhas propostas pela maioria das operadoras. 
Ambiente interno da TIM: 
 Corporativismo.
 Inovações.
 Treinamentos e melhorias com seus funcionários: Workshops.
 Campanhas internas: \u201cNas ondas da retenção\u201d.
 Evoluir além do seu serviço e suas tecnologias, o desempenho e satisfação dos funcionários, os incentivando profissionalmente, e assim, atingirão melhores resultados em relação à concorrência. 
 Redes de comunicação para analisar a eficiência de determinada área e suas ações.
 Padronização de estruturas físicas existentes.
 Scripts de atendimento ao cliente: \u201cMatriz de Retenção\u201d.
 Artificialidades Observáveis: Por fim, neste ponto, em relação à concorrência é visível a presença de competitividade nas campanhas propostas pela maioria das operadoras, querendo sempre demonstrar seus atributos e diferenciais em relação às demais. Analisando o ambiente interno da TIM, apesar do ambiente formal e hierarquizado, a empresa investe tempo e dinheiro em corporativismo, inovações, e exerce diversos tipos de treinamentos e melhorias com seus funcionários, como workshops com os fabricantes de aparelhos, campanhas internas para incentivar o desempenho dos funcionários, como a campanha chamada \u201cNas ondas da retenção\u201d onde o foco são os consultores de relacionamento e o aumento do percentual de retenção. A empresa tem o objetivo de não evoluir, somente, o seu serviço e suas tecnologias, mas também o desempenho e satisfação dos funcionários, os incentivando profissionalmente, e assim, atingirão melhores resultados em relação à concorrência. 
 A empresa também conta com redes de comunicação para analisar a eficiência de determinada área e suas ações, direcioná-los tecnicamente e contextualizar o ambiente de negócios. Além, da padronização de estruturas físicas existentes, como a predominância do azul, com banners, móbiles, entre outras características, e scripts de atendimento ao cliente, contando com uma ferramenta chamada \u201cMatriz de Retenção\u201d onde por essa, o funcionário pode analisar a situação do cliente, seu plano, e oferecer demais benefícios para este.
9
Pesquisa de Clima Anual:
2014 - A pesquisa de clima realizada ficou abaixo da média, ou seja, muitos não percebem qualidade no ambiente organizacional da empresa, o que pode influenciar negativamente no desempenho de cada um. 
	Atributos positivos e negativos:
CLIMA ORGANIZACIONAL
Salário, benefícios, comunicação, treinamento, relacionamentos interpessoal, relacionamento empresa/sindicato, pagamento, segurança, objetivos organizacionais, disciplina, ética e responsabilidade social, direção e estratégias, modernidade, planejamento organizacional.
Integração entre os departamentos da empresa, supervisão estilo Gerência/Gestão, estabilidade de emprego, condição física de trabalho, participação, imagem da empresa, qualidade e satisfação