A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
7 pág.
avaliando aprendizado

Pré-visualização | Página 1 de 3

FISIOTERAPIA NEUROFUNCIONAL
	
	Simulado: SDE0100_SM_201301913961 V.1 
	 Fechar
	Aluno(a): NUBIÁRA MAIA DE SOUZA SILVA
	Matrícula: 201301913961
	Desempenho: 0,2 de 0,5
	Data: 11/11/2015 16:57:10 (Finalizada)
	
	 1a Questão (Ref.: 201302115935)
	Pontos: 0,0  / 0,1
	A doença de Parkinson é muito incapacitante. O paciente hoje diagnosticado com Parkinson pode ter muito da sua vida e independência melhoradas com o uso correto do medicamento bem como com o tratamento fisioterapêutico. Sr. Paulo, 73 anos, procurou um fisioterapeuta apresentando rigidez, bradicinesia, tremor em repouso, hipertonia rígida, redução da amplitude de movimento principalmente de tronco que fora confirmado durante a avaliação. Sendo assim, é fundamental que a terapêutica para o Sr. Paulo tenha como foco:
		
	
	As atividades resistidas em cadeia cinética fechada para melhorar a centralização da coordenação motora
	 
	As atividades com pistas visuais e estratégias de atenção durante a atividade relacionada a tarefa
	 
	As atividades de alongamentos ativo assistido, para reduzir a hipertonia rígida e o tremor de repouso
	
	As atividades que levam ao relaxamento muscular do tronco para minimizar a bradicinesia
	
	As atividades que priorizam a indução do movimento com o objetivo de reduzir a hipertonia rígida
		
	
	
	 2a Questão (Ref.: 201302115902)
	Pontos: 0,0  / 0,1
	Durante uma avaliação, o fisioterapeuta deve estar atento a história do paciente relatada durante a anamnese, avaliar as condições cinético-funcionais do doente bem como entender a clínica da patologia para desenvolver um programa de tratamento que possa efetivamente ser realizado com o melhor desempenho possível por parte do paciente. Assim sendo, assinale a alternativa correta:
I - No exame motor de um paciente com Traumatismo Raqui Medular, deve-se avaliar a ZPP (zona de preservação parcial) e os músculos chave.
II - Guillain Barré é uma mielopatia inflamatória aguda cujo acometimento ascendente justifica a fisioterapia respiratória para preservar a integridade pulmonar
III - A paralisia facial periférica acomete o VIII par craniano deixando sequelas motoras e sensitivas na hemiface ipsilateral a lesão
		
	 
	Apenas as questões I e III estão corretas
	
	Apenas as questões I e II estão corretas
	
	Apenas a questão II está correta
	
	Apenas as questões II e III estão corretas
	 
	Apenas a questão I está correta
		
	
	
	 3a Questão (Ref.: 201302115936)
	Pontos: 0,1  / 0,1
	A doença de Parkinson (DP) é a doença neurodegenerativa mais freqüente na população depois da doença de Alzheimer e é fonte de grave incapacitação para um grande número de pessoas. A doença é resultado de uma degeneração de neurônios da substância negra ocasionando uma deficiência de dopamina no corpo estriado. Tal alteração compromete a motricidade do indivíduo que implicará em dificuldades para a realização das AVDs bem como sua independência. Ao realizar a avaliação, o fisioterapeuta verificará neste paciente:
		
	
	Perda dos reflexos posturais, bradicinesia, tremor de intenção, hipertonia espástica
	
	Reflexos posturais presentes, hipercinesia, flutuação de tônus, mioclonia
	
	Aumento dos reflexos posturais, hipercinesia, hipotonia, tremor de repouso
	
	Perda dos reflexos posturais, hipercinesia, tônus flutuante, tremor de intenção
	 
	Perda dos reflexos posturais, bradicinesia, tremor de repouso, hipertonia rígida
		
	
	
	 4a Questão (Ref.: 201302115245)
	Pontos: 0,0  / 0,1
	A Síndrome de Brown-Sequard se caracteriza por:
		
	
	lesão incompleta da medula posterior com preservação da sensação de dor e tato leve abaixo da lesão
	 
	lesão incompleta da medula, causada pela hemisecção medular, perda da função motora, propriocepção e cinestesia do lado da lesão; perda da sensação da dor e temperatura no lado oposto
	
	lesão na parte central da medula, causada por movimentos de hiperextensão cervical, provocando perda motora das extremidades do membros superiores
	
	lesão incompleta da medula, com lesão primária à medula anterior, preservação da cinestesia e propriocepção abaixo da lesão
	 
	lesão incompleta da medula, causada pela hemisecção medular; perda da função motora, propriocepção e cinestesia do lado contralateral da lesão; perda da sensação da dor e temperatura no lado ipsolatera da lesão
		
	
	
	 5a Questão (Ref.: 201302112738)
	Pontos: 0,1  / 0,1
	Uma paciente de 52 anos, que sofreu um AVE temporo-parietal à esquerda, apresenta-se da seguinte forma: hemiparesia braquio-crural direita; espasticidade grau 2 de Ashworth em todo o dimídio direito; força muscular grau 3 em ísquios-tibiais e abdutores do quadril direitos e grau 2 de força muscular em tibial anterior direito; marcha ceifante e hiperextensão do joelho direito.
Com relação à marcha ceifante apresentada por este paciente, qual seria a melhor opção de órtese, dentre as alternativas abaixo, para correção da mesma?
		
	 
	AFO rígida, articulada
	
	AFO rígida, não articulada
	
	KAFO
	
	HKAFO
	
	AFO flexível
		
	 1a Questão (Ref.: 201302767388)
	Pontos: 0,0  / 0,1
	Fraqueza ascendente, relativamente simétrica e rapidamente desenvolvida ou por uma paralisia flácida, hipo ou arreflexia, com envolvimento do Sistema Nervoso Autônomo, sintomas sensoriais e em certas condições envolvimento da musculatura bulbar são sinais e sintomas de:
		
	 
	Síndrome de Guillain Barré;
	
	Esclerose múltipla;
	 
	Esclerose lateral amiotrófica;
	
	Traumatismo raquimedular;
	
	Doença de Parkinson;
		
	
	
	 2a Questão (Ref.: 201302264781)
	Pontos: 0,0  / 0,1
	R.S., 20 anos de idade, vítima de acidente de carro. Na admissão era capaz de abrir os olhos após estímulos verbais e táteis, mas incapaz de acompanhar visualmente o alvo. Retirava os membros superiores e inferiores em resposta à estimulação, mas não era capaz de movê-los sob comando. Estava alerta, porém confusa e incapaz de se envolver em uma conversa. Considerando AO abertura ocular; MRM melhor resposta motora e RV resposta verbal, o nível de consciência do paciente, usando a Escala de Coma de Glasgow é:
		
	
	AO=4; MRM=6; RV=5 - TOTAL = 15.
	 
	AO=1; MRM=2; RV=2 - TOTAL = 05.
	
	AO=2; MRM=3; RV=3 - TOTAL = 08.
	 
	AO=3; MRM=4; RV=4 - TOTAL = 11.
	
	AO=3; MRM=3; RV=4 - TOTAL = 09
		
	
	
	 3a Questão (Ref.: 201302610285)
	Pontos: 0,1  / 0,1
	Dentre as lesões do sistema nervoso periférico, aquela com melhor prognóstico, em virtude de apresentar menor comprometimento e retorno funcional próximo a cem por cento, denomina-se:
		
	 
	neuropraxia.
	
	neurotmese.
	
	dispraxia.
	
	axonopraxia.
	
	Axonotinesis.
		
	
	
	 4a Questão (Ref.: 201302767382)
	Pontos: 0,1  / 0,1
	É uma doença degenerativa e fatal que afeta os neurônios motores superiores e inferiores, na qual ocorre perda maciça de células do corno anteior da medula espinhal e dos núcleos dos nervos motores cranianos no tronco cerebral inferior, resultando em atrofia sem disfunção sensorial .
		
	
	Esclerose múltipla;
	 
	Esclerose lateral amiotrófica;
	
	Doença de Huntington;
	
	Doença de Machado-Joseph
	
	Doença de Parkinson;
		
	
	
	 5a Questão (Ref.: 201302115301)
	Pontos: 0,0  / 0,1
	No tratamento da Doença de Parkinson, faz-se necessário, além da reabilitação motora, conhecer e tratar os distúrbios da ventilação. Assinale a alternativa incorreta:
		
	
	Os movimentos do gradil costal encontram-se diminuídos
	
	As apnéias obstrutivas e centrais podem estar presentes na Doença de Parkinson, porém a dessaturação durante o sono é incomum