A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
40 pág.
EXERCÍCIOS RESPONDIDOS LIVRO NÃO ERRE MAIS

Pré-visualização | Página 5 de 12

supunha. Que são despolitizados, também. O que não se sabia era até onde 
iam seus preconceitos contra negros, homossexuais, prostitutas, enfim contra todos os que 
apresentam alguma diferença, sem falar no desencanto em relação à democracia, um sistema que 
muitos chegam a achar igual à ditadura. 
Esse retrato dos jovens cariocas dos anos 90, obtido por meio de uma ampla pesquisa da Unesco e da 
Fundação Oswaldo Cruz com mais de mil adolescentes entre 14 e 20 anos, preocupa principalmente 
quando se admite que eles não devem ser muito diferentes dos seus companheiros de idade em outras 
cidades” (Ventura, 2010). 
Que alternativas apresentam temas que poderiam constituir o desenvolvimento do texto, de modo a 
preservar sua unidade e coerência? 
 
a) A história institucional da Fundação Oswaldo Cruz em ordem cronológica. 
 
b) A comparação entre os dados da capital carioca e os depoimentos de jovens de outras capitais 
brasileiras. 
 
c) O relato de outras participações de Zuenir Ventura em outras pesquisas realizadas pela Unesco. 
 
d) O grau de preconceito em diferentes períodos da abertura política no Brasil. e) A enumeração de 
previsões em relação ao comportamento dos jovens nas capitais brasileiras. 
 
e) A enumeração de previsões em relação ao comportamento dos jovens nas capitais brasileiras. 
 
f) A indicação das possíveis causas históricas ou sociológicas para as formas de pensar dos jovens. 
 
4. (UFPR) Identifique as alternativas em que b conserva o mesmo sentido de a. 
I. a) O administrador de empresas G. C. prefere o supermercado X em virtude do conforto 
proporcionado pelo estacionamento coberto. 
 
b) O conforto proporcionado pelo estacionamento coberto é a causa da preferência do administrador 
de empresas G. C. pelo supermercado X. 
 
II. a) O fumo encurta a vida de 50% de seus consumidores. 
 
b) O fumo encurta em 50% a vida de seus consumidores. 
 
III. a) Segundo o IBGE, em 1998, nas maiores regiões metropolitanas do país, 14,4% dos jovens entre 
18 e 24 anos estavam desempregados. 
 
b) Segundo o IBGE, em 1998, 14,4% dos desempregados das maiores regiões metropolitanas do país 
eram jovens entre 18 e 24 anos. 
 
IV. a) E, no final da conversa, ele mencionou o fato casualmente. 
 
b) E, no final da conversa, ele mencionou o fato por causalidade. 
 
V. a) Na França, o índice de jovens de 15 a 24 anos empregados caiu de 38,7%, em 1985, para 24,4%, 
em 1997. 
 
b) Na França, 38,7% dos jovens de 15 a 24 anos estavam desempregados em 1985; em 1997, apenas 
24,4%. 
 
5. Ao escrever uma mensagem aos condôminos de um edifício, o síndico produziu o seguinte texto, 
muito confuso: 
Antes demais nada, quero agradecer o comparecimento dos condôminos a reunião e sabemos que 
houve pessoas impossibilitadas a comparecerem nesta reunião as quais considero onde as mesmas 
comunicaram antecipadamente. 
Tal trecho pode ser reescrito, tornando-se claro e adequado à norma culta, da seguinte forma: 
 
a) Quero, antes de mais nada, agradecer aos condôminos que compareceram à reunião. 
 
b) Algumas pessoas, impossibilitadas de comparecer, comunicaram antecipadamente sua ausência e, 
por isso, agradeço a elas também. 
 
c) Quero, antes de mais nada, agradecer aos condôminos que compareceram à reunião, onde houve 
pessoas impossibilitadas de comparecer nela. Considero as mesmas porque comunicaram 
antecipadamente. 
 
d) Antes de mais nada, quero agradecer o comparecimento dos condôminos à reunião. Quero 
expressar também minha consideração pelas pessoas que, impossibilitadas de comparecer, 
comunicaram antecipadamente sua ausência. e) Antes de mais nada, quero agradecer o 
comparecimento dos condôminos à reunião. Sabemos que houve pessoas impossibilitadas de 
comparecerem, as quais considero porque as mesmas comunicaram antecipadamente. 
 
e) Antes de mais nada quero agradecer ao comparecimento dos condôminos à reunião. Sabemos que 
houve pessoas impossibilitadas de comparecerem nesta reunião, onde as mesmas comunicaram 
antecipadamente, as quais expresso minha consideração. e) Antes de mais nada, quero agradecer o 
comparecimento dos condôminos à reunião. Sabemos que houve pessoas impossibilitadas de 
comparecerem, as quais considero porque as mesmas comunicaram antecipadamente. 
 
f) Antes de mais nada quero agradecer ao comparecimento dos condôminos à reunião. Sabemos que 
houve pessoas impossibilitadas de comparecerem nesta reunião, onde as mesmas comunicaram 
antecipadamente, as quais expresso minha consideração. V 
seu aprendizado 
Verifique seu aprendizado 
 
p.165 
 
1. O e-mail a seguir apresenta sérios erros. Identifique-os e corrija-os. 
De: mlucia@lucia.com.br 
Para: jjadvogado@jj.com.br 
Enviada: sexta-feira, 26 de outubro de 2012, 10:26:10 
Excelentíssimo Doutor, 
 
No mês passado, fui demitida da empresa na qual eu trabalhei por três anos e meio e vivia fazendo 
hora-extra até tarde da noite, inclusive nos finais de semana SEM NUNCA TER RECEBIDO POR ESSA 
TAREFA!! UM ABSURDO TOTAL!!! 
 
Por essa razão estou lhe escrevendo porque tenho uma amiga que é sua cliente e ela super elogia o seu 
trabalho e a sua competência nas causas trabalhistas e essa é exatamente a minha necessidade de 
ajuda nesse momento bem difícil da minha vida, em que estou sem emprego e por isso V. Sª me será 
de grande ajuda. 
 
Por isso eu gostaria que o senhor marcasse um horário para que a gente possa conversar sossegado. 
Fico no aguardo do seu retorno. Um grande abraço para o senhor e a todos os seus também. 
 
Muito obrigado, 
 
Maria 
 
Comentários sobre o e-mail: 
 
₪₪ Vocativo inadequado (“excelentíssimo”), porque a remetente dirige-se a um advogado. 
₪₪ Uso de maiúsculas para enfatizar sua opinião. 
₪₪ Uso de pontos de exclamação e de frase comum à linguagem coloquial: “um absurdo total”. 
₪₪ A express~o “super elogia” atenta contra a norma culta, porque não é possível colocar um verbo no 
grau superlativo. 
₪₪ Falta de objetividade: a remetente deveria ter sido mais direta no segundo parágrafo. 
₪₪ Houve mistura de pronomes de tratamento: “Excelentíssimo”, “V. Sª” e “senhor”. A única forma 
adequada é “senhor”. 
₪₪ “Fico no aguardo do seu retorno” – Não existe o substantivo aguardo; portanto, a express~o “no 
aguardo” também n~o. 
₪₪ “Um grande abraço para o senhor e a todos os seus também” – A relação entre a remetente e o 
destinatário é profissional e, além disso, ela não o conhece. Por essa razão, não se justifica o tom 
íntimo da frase. 
₪₪ “Muito obrigado” – A mulher agradece usando a forma feminina do adjetivo: obrigada. 
₪₪ “Maria” – É necessário citar nome e sobrenome na assinatura, porque o e-mail tem caráter 
profissional. 
 
Verifique seu aprendizado 
 
p.169 
 
1. Escreva por extenso os numerais das expressões a seguir: 
a) Rei Felipe II: Segundo 
b) Capítulo VI: Sexto 
c) XII faraó do Egito: Décimo segundo 
d) Rei Luís XV: Quinze 
 
2. (Fundação Valeparaibana-SP)* Indique o item em que os numerais estão corretamente empregados: 
 
a) Ao papa Paulo Seis sucedeu João Paulo Primeiro. 
b) Após o parágrafo décimo, virá o parágrafo onze. 
c) Antes do artigo dez vem o artigo nono. 
d) O artigo vigésimo segundo foi revogado. 
e) Depois do capítulo seis, pulei para o capítulo oito. 
 
3. Indique o item em que se cometeu erro no emprego dos numerais milhão e milhar: 
 
a) os dois milhões de doses de vacina. 
b) os vinte milhões de mulheres. 
c) as três milhares de mudas de árvores. 
d) os cinco milhões de liras. 
e) os dois milhares de crianças. 
 
4. (Ufam)* Assinale o item em que não é correto ler o numeral como vem indicado entre parênteses: 
 
a) Pode-se dizer que, no século IX (nono), o português já existia como língua falada. 
b) Paulo reside na Casa 22 (vinte e dois) do antigo Beco do Alferes, em Aparecida. 
c) Abram o livro, por favor, na página 201 (duzentos e um). 
d) O que procuras está no art. 10 (dez) do código