A Empresa Rural
11 pág.

A Empresa Rural


DisciplinaAdministração Rural285 materiais4.700 seguidores
Pré-visualização2 páginas
1
ProfªProfª Noemi BoninaNoemi Bonina
A Empresa Rural
É a unidade de produção em que são exercidas
atividades que dizem respeito a culturas agrícolas,
criações de gados, e ou culturas florestais, com a
finalidade de renda.
Qualquer tipo de Empresa Rural, seja familiar ou
patronal, é integrada por
conjunto de recursos = fatores da produção
Administração rural
Fatores de Produção:
1. a Terra;
2. o Capital;
3. o Trabalho.
Administração rural
2
Terra
O fator de produção mais importante para a
agropecuária.
Na terra se aplicam os capitais e se trabalha para
obter a produção.
Se a terra estiver fora dos padrões técnicos e
econômicos, dificilmente se produzirão colheitas
abundantes e lucrativas, por mais capital e trabalho de
que disponha o agricultor.
Administração rural
Capital
Representa o conjunto de bens colocados sobre a terra com
objetivo de aumentar sua produtividade ainda facilitar e
melhorar a qualidade do trabalho humano.
Constitui o capital da empresa agropecuária:
1. as benfeitorias (galpões; casas; instalações etc)
2. as máquinas e implementos agrícolas;
3. os animais de produção (bovinos de cria, bovinos de leite,
suínos, aves);
4. os insumos agropecuários (sementes; corretivos;
fertilizantes; defensivos agrícolas e pecuários; alimentação
etc ).
Administração rural
Capital
É importante conhecer exatamente a quantidade e o
valor de cada bem que constitui o capital da
empresa que dirige.
É fácil verificar que os diversos tipos de capital
apresentam características bem diferentes.
Administração rural
3
Ex:
\ufffd Benfeitorias, as máquinas e implementos permanecem em
uso na empresa durante vários anos.
\ufffd Insumos, uma vez utilizados, desaparecem
imediatamente, sendo, portanto, consumidos dentro do
ano agrícola em curso.
Administração rural
O administrador deve ter especial cuidado com a 
conservação daqueles capitais que permanecem 
por vários anos na empresa
Trabalho
É o conjunto de atividades desempenhadas pelo
homem.
A tarefa de administrar é também considerada trabalho,
assim como lavrar a terra, cuidar de animais, construir
cercas etc.
A diferença fundamental entre a administração e a
execução de práticas agrícolas é que para a primeira há
uma exigência de conhecimento maior.
Administração rural
Trabalho
Empresário: deve ter sempre em vista a totalidade
da empresa
Executor de tarefas específicas: necessita apenas
saber fazer aquilo para o que foi designado.
Administração rural
4
Trabalho
Tarefa do empresário:
\ufffd Coordenar a atividade dos demais trabalhadores;
\ufffd Combinar a utilização de todos os fatores de produção,
com a finalidade de obter resultados econômicos
satisfatórios e;
\ufffd Manter elevada a produtividade daqueles fatores.
Administração rural
Trabalho
O empresário deve se preocupar com dois
aspectos:
\ufffda organização e o
\ufffd manejo da empresa agrícola
Administração rural
Trabalho
Organização:
Combinação das atividades desenvolvidas em
função das características dos fatores de produção
disponíveis.
Escolher todas as culturas e criações que serão 
exploradas de modo a aproveitar da melhor maneira 
possível a terra, as benfeitorias, as máquinas e 
implementos e a mão de obra. 
Administração rural
5
TrabalhoTrabalho
Manejo:
É o conjunto de medidas tomadas para que todas as
práticas agropecuárias sejam realizadas a tempo e de
maneira eficiente.
Os insumos (adubos, sementes, vacinas etc) devem ser 
adquiridos com antecedência, para evitar que, por falta 
no mercado, fique prejudicada a produção da empresa. 
O serviço dos trabalhadores deve ser controlado 
permanentemente para impedir que práticas mal 
executadas causem graves prejuízos à empresa
Administração rural
Desempenho da empresa rural
EscalaEscala dede ProduçãoProdução ee TamanhoTamanho
Mudança de escala pressupõe que a proporção dos
fatores de produção permanece constante, enquanto
varia a quantidade usada de cada um deles.
Existe distinção entre escala de produção ou escala de
empresa e tamanho de empresa.
Administração rural
Escala de 
produção
Fatores de 
produçãoMesma 
proporção
Escala:
Pressupõe que a proporção dos fatores de produção da
empresa seja constante, muito embora suas
quantidades possam variar para mais ou para menos.
Tamanho da empresa:
Refere-se às quantidades dos fatores de produção da
mesma empresa, sem levar em consideração suas
proporções.
Ex: Considere-se uma empresa rural que tenha a
composição mostrada no Quadro 1 \u2013 Situação 1:
Administração rural
6
A empresa rural considerada na situação 1 estaria
aumentando sua escala em 100%, através de um
aumento de 100% em todos os fatores de produção.
Assim a composição seria mostrada a seguir, passando
a empresa para a situação 2 (Quadro 2).
Administração rural
Fatores de Produção Proporção (%) Quantidade de Fatores
Terra 20 200 ha
Trabalho 60 5.000 dias/homem
Capital 20 R$ 500.000,00
Quadro 1 \u2013 Composição hipotética de uma empresa rural \u2013 Situação 1
O aumento do tamanho da empresa não incorreria,
obrigatoriamente, em aumentar na mesma proporção
todos os fatores. Assim, a terra pode ser aumentada
em 100%, o trabalho em 80% e o capital em 150%.
Administração rural
Fatores de Produção Proporção (%) Quantidade de Fatores
Terra 20 400 ha
Trabalho 60 10.000 dias/homem
Capital 20 R$ 1.000.000,00
Quadro 2 \u2013 Composição hipotética de uma empresa rural \u2013 Situação 2
Área de Produção
Sistemas de custos de produção
A opção pelo investimento em determinada
exploração agropecuária é determinada pela
tradição familiar ou regional ou por sua
atratividade de mercado.
Administração rural
7
Área de Produção
Sistemas de custos de produção
Para ampliar, reduzir, alternar, adotar outras
práticas ou sistemas de cultivo, o agricultor
carece de ferramentas que lhe permitam investir
de modo a obter:
\ufffd o maior retorno financeiro,
\ufffd o melhor aproveitamento de insumos e
serviços regionais,
\ufffd com o menor impacto ecológico.
Administração rural
Área de Produção
A quantificação de todos os insumos e serviços
componentes de um sistema produtivo constante
de uma planilha de custos é uma dessas
ferramentas.
A correta avaliação do comportamento dos
preços de mercado e do potencial de
comercialização, permite gerenciar de forma
otimizada o empreendimento.
Administração rural
Área de Produção
A planilha de custos de produção é também
subsídio para o estabelecimento de políticas de
preços mínimos de comercialização e base para
financiamentos e seguros, além de ser uma
ferramenta gerencial.
As planilhas são instrumentos para a análise
comparativa na contabilidade dos
empreendimentos instalados.
Administração rural
8
Área de Produção
Utilidade dos sistemas de custos de produção
Conhecer custos referenciais para o cultivo dos
principais produtos agrícolas e as explorações
agropecuárias permite estabelecer parâmetros para a
tomada de decisões
\ufffd Produtor, ou interessado na atividade: identificar o
melhor sistema de produção, considerando os
componentes e coeficientes técnicos mais adequados,
com vistas a obter maior rentabilidade.
Administração rural
Área de Produção
\ufffd Área comercial: o custo de produção (CP) é um
instrumento para a formação inicial do preço do
produto e baliza para as negociações de trabalho.
\ufffd Setor público: os custos de produção podem
orientar a formulação de políticas direcionadas a
produtores específicos.
Administração rural
Área de Produção
\ufffd Agentes financeiros: fornecer informações para
quantificar o volume de crédito necessário ao
custeio das explorações, além de auxiliar na
securitização, e no dimensionamento do prejuízo
dos agricultores em caso de perdas por intempérie.
\ufffd Serviço de assistência técnica rural: é um apoio no
gerenciamento da propriedade rural, fornecendo
parâmetros de rentabilidade dos sistemas, além de
dimensionar a necessidade de recursos para a
implantação da atividade na propriedade.
Administração rural
9
Área de Produção
Conceitos gerais
Unidade de produção:
É o estabelecimento rural cujos recursos são
dedicados à produção agrícola, sem
necessariamente