A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
46 pág.
aspectos_ambientais

Pré-visualização | Página 1 de 20

Aspectos Ambientais de uma Refinaria e Respectivas Formas de Controle
1
CURSO DE FORMAÇÃO DE OPERADORES DE REFINARIA
ASPECTOS AMBIENTAIS DE UMA REFINARIA E RESPECTIVAS
FORMAS DE CONTROLE
2
Aspectos Ambientais de uma Refinaria e Respectivas Formas de Controle
Aspectos Ambientais de uma Refinaria e Respectivas Formas de Controle
3
CURITIBA
2002
ASPECTOS AMBIENTAIS DE UMA REFINARIA
E RESPECTIVAS FORMAS DE CONTROLE
ELOISIA B. A. P. COELHO
Equipe Petrobras
Petrobras / Abastecimento
UN´s: Repar, Regap, Replan, Refap, RPBC, Recap, SIX, Revap
4
Aspectos Ambientais de uma Refinaria e Respectivas Formas de Controle
 333.72 Coelho, Eloisia B. A. P.
 C672 Curso de formação de operadores de refinaria: aspectos ambientais de
 uma refinaria e respectivas formas de controle / Eloisia B. A. P. Coelho. –
 Curitiba : PETROBRAS : UnicenP, 2002.
 46 p. : il. color. ; 30 cm.
 Financiado pelas UN: REPAR, REGAP, REPLAN, REFAP, RPBC,
 RECAP, SIX, REVAP.
 1. Meio ambiente. 2. Refinaria. 3. Resíduos. 4. Controle. I. Título.
Aspectos Ambientais de uma Refinaria e Respectivas Formas de Controle
5
Apresentação
É com grande prazer que a equipe da Petrobras recebe você.
Para continuarmos buscando excelência em resultados, dife-
renciação em serviços e competência tecnológica, precisamos de
você e de seu perfil empreendedor.
Este projeto foi realizado pela parceria estabelecida entre o
Centro Universitário Positivo (UnicenP) e a Petrobras, representada
pela UN-Repar, buscando a construção dos materiais pedagógicos
que auxiliarão os Cursos de Formação de Operadores de Refinaria.
Estes materiais – módulos didáticos, slides de apresentação, planos
de aula, gabaritos de atividades – procuram integrar os saberes téc-
nico-práticos dos operadores com as teorias; desta forma não po-
dem ser tomados como algo pronto e definitivo, mas sim, como um
processo contínuo e permanente de aprimoramento, caracterizado
pela flexibilidade exigida pelo porte e diversidade das unidades da
Petrobras.
Contamos, portanto, com a sua disposição para buscar outras
fontes, colocar questões aos instrutores e à turma, enfim, aprofundar
seu conhecimento, capacitando-se para sua nova profissão na
Petrobras.
Nome:
Cidade:
Estado:
Unidade:
Escreva uma frase para acompanhá-lo durante todo o módulo.
6
Aspectos Ambientais de uma Refinaria e Respectivas Formas de Controle
Sumário
1 ASPECTOS AMBIENTAIS DE UMA REFINARIA DE PETRÓLEO, FORMAS DE
CONTROLE E ATUAÇÃO DO OPERADOR .................................................................... 7
1.1 Introdução ..................................................................................................................... 7
1.2 Evolução dos conceitos sobre proteção ambiental ........................................................ 7
1.3 O Planeta Terra e seus Recursos Ambientais (Naturais) .............................................. 8
1.4 Poluição Ambiental ..................................................................................................... 13
1.4.1 Poluição química .............................................................................................. 13
1.4.2 Poluição Térmica ............................................................................................. 14
1.4.3 Poluição Radiativa ........................................................................................... 14
1.4.4 Poluição Sonora ............................................................................................... 15
1.4.5 Poluição Biológica ........................................................................................... 15
1.5 Legislação Ambiental ................................................................................................. 15
1.6 Monitoramento Ambiental .......................................................................................... 18
1.7 Efluentes Atmosféricos ............................................................................................... 18
1.7.1 Sistema de Contaminação do ar ......................................................................... 18
1.7.2 Contaminantes Atmosféricos ........................................................................... 19
1.7.3 Aspectos atmosféricos da contaminação do ar ................................................ 20
1.7.4 Os efeitos da contaminação do ar .................................................................... 22
1.8 Efluentes Hídricos....................................................................................................... 24
1.8.1 Principais fontes de poluição hídrica em uma refinaria ................................... 24
1.8.2 Principais contaminantes encontrados nos efluentes hídricos
de uma refinaria ............................................................................................... 25
1.8.3 Segregação de efluentes hídricos ..................................................................... 26
1.8.4 Tratamentos Localizados ................................................................................. 26
1.8.5 Estação de Tratamento de Efluentes Hídricos – ETEH ................................... 27
1.8.6 Tratamentos Secundários/Terciários ................................................................ 29
1.9 Resíduos Sólidos ......................................................................................................... 32
1.9.1 Introdução ........................................................................................................ 32
1.9.2 Resíduos Sólidos .............................................................................................. 33
1.9.3 Gerenciamento de resíduos sólidos .................................................................. 33
1.9.4 Alternativas de Disposição .............................................................................. 34
1.10 Atuação do Operador .................................................................................................. 40
Aspectos Ambientais de uma Refinaria e Respectivas Formas de Controle
7
1Aspectos Ambientais de umaRefinaria de Petróleo, Formasde Controle e Atuação doOperador
1.1 Introdução
O homem, hoje, mais do que nunca, deve
estar atento às alterações por ele provocadas
no meio ambiente. Deve preocupar-se efeti-
vamente, quando constatar qualquer rompi-
mento, do equilíbrio, com a natureza, perse-
guindo, então, soluções criativas e exeqüíveis.
Assim é necessário ter sempre em mente que
toda ação inteligente deve ser pensada e pla-
nejada antes de ser praticada. Toda atividade
humana deve, portanto, buscar, como finali-
dade, o bem estar da comunidade, e, desta for-
ma, torna-se óbvio que o conhecimento minu-
cioso do ambiente em que vivemos constitui
matéria de relevante interesse. Surge, então, à
necessidade do respeito e culto à Ecologia, que
deve ser posta entre as primeiras áreas no ramo
das ciências.
A Ecologia estuda, entre outros assuntos,
a estrutura e o desenvolvimento das comuni-
dades em suas relações com o meio ambiente
e sua conseqüente adaptação a ele. Estuda, ain-
da, os aspectos a partir dos quais os processos
tecnológicos ou os sistemas de organização
social interagem com as condições de vida do
homem.
A experiência constatou que a capacidade
do homem em prever as conseqüências de um
empreendimento em relação ao meio ambien-
te, até há pouco tempo, era muito limitada. Al-
gumas vezes, esta preocupação era relegada a
um plano secundário. Como conseqüência, o
avanço tecnológico, sem preocupação ecoló-
gica provocou, muito freqüentemente, a alte-
ração dos elementos naturais, atingindo, por
vezes, situações irreversíveis, aniquilando-
se bens essenciais