A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
914 pág.
Manual de Licitações e Contratos do TCU - 4 Edição - 2011

Pré-visualização | Página 21 de 50

a análise da 
Tribunal de Contas da União
80
pertinência das alíquotas inseridas nas Planilhas de Custo e Formação de 
Preços, ou outro instrumento equivalente
Atente, nas licitações em geral, tanto na fase de orçamentação, quanto na fase 
de análise das propostas, para a possibilidade de que as alíquotas referentes 
ao PIS e à COFINS, no que se refere às licitantes que sejam tributadas pelo 
Lucro Real, sejam diferentes do percentual limite previsto em lei, devido às 
possibilidades de descontos e/ou compensações previstas, devendo exigir, se 
for o caso, que as alíquotas indicadas, nominais ou efetivas reduzidas, sejam 
por elas justificadas, em adendo à Planilha de Custo ou Formação de Preços, 
ou outro instrumento equivalente.
Acórdão 1619/2008 Plenário (Sumário)
A composição dos custos unitários expressos em planilha orçamentária é 
indispensável, nos termos do art. 7º, § 2º, da Lei nº 8.666/1993.
Acórdão 1240/2008 Plenário (Sumário)
Na licitação na modalidade pregão, o orçamento estimado em planilhas de 
quantitativos e preços unitários deverá constar obrigatoriamente do Termo 
de Referência, ficando a critério do gestor, no caso concreto, a avaliação da 
oportunidade e conveniência de incluir tal Termo de Referência ou o próprio 
orçamento no edital ou de informar, no ato convocatório, a disponibilidade 
do orçamento aos interessados e os meios para obtê-lo.
Acórdão 1925/2006 Plenário (Sumário)
Tome as precauções necessárias para que o orçamento detalhado da obra, 
previsto no art. 7º, § 2º, inciso II, da Lei nº 8.666/1993, não contenha sobrepreço 
em relação aos preços médios de mercado, duplicidade de orçamentação 
ou serviços cujos quantitativos não correspondam às previsões reais do 
projeto básico.
Acórdão 331/2009 Plenário
Atente para que os orçamentos que sirvam de base para decisão em certame 
licitatório contenham elementos que permitam avaliar se a proposta vencedora 
é de fato a mais vantajosa para a Entidade, considerando a composição dos 
custos unitários e sua compatibilidade com os preços de mercado.
Acórdão 324/2009 Plenário
Faça constar dos futuros processos licitatórios o orçamento detalhado em 
planilhas que expressem a composição de todos os seus custos unitários, a 
fim de dar cumprimento ao art. 7º, § 2º, inciso II, da Lei nº 8.666/1993.
Acórdão 2444/2008 Plenário
81
Licitações e Contratos - Orientações e Jurisprudência do TCU
Exija da empresa ou pessoa contratada, para fins de cotejo com os preços 
de mercado, a apresentação de sua planilha detalhada de custos, em 
atendimentos aos arts. 6º, inciso Ix, alínea “f”; 7º, § 2º, inciso II; e 40, § 2º, inciso 
II, da Lei nº 8.666/1993.
Acórdão 2314/2008 Plenário
Anexe, nos procedimentos licitatórios para aquisição de produtos e 
contratação de serviços de informática, aos instrumentos convocatórios 
o orçamento estimado em planilhas de quantitativos e preços unitários, 
ressalvada a modalidade pregão.
Acórdão 2183/2008 Plenário
Inclua nas licitações, como anexo dos editais, demonstrativo do orçamento 
estimado para o serviço ou obra, conforme previsto no art. 40, § 2°, inciso II, 
da Lei nº 8.666/1993.
Acórdão 1084/2007 Plenário
Inclua orçamentos estimados em planilhas de quantitativos e preços unitários 
de todos os serviços a ser prestados, de acordo com o previsto no § 2º, inciso 
II, do art. 40 da Lei nº 8.666/1993.
Acórdão 889/2007 Plenário
Faça constar nos termos de referências ou projetos básicos de suas licitações, 
referentes a serviços para realização de eventos, discriminação detalhada 
do objeto a ser licitado, em especial quanto ao item “mobilização de 
convidados”.
Acórdão 645/2007 Plenário
Anexe aos instrumentos convocatórios para aquisição de produtos e 
contratação de serviços o orçamento estimado em planilhas de quantitativos 
e preços unitários, ressalvada a modalidade pregão, cujo orçamento deverá 
constar obrigatoriamente do termo de referência, ficando a critério do gestor, 
no caso concreto, a avaliação da oportunidade e conveniência de incluir tal 
termo de referência ou o próprio orçamento no edital ou de informar, nesse 
mesmo edital, a disponibilidade do orçamento aos interessados e os meios 
para obtê-los.
Defina o objeto de forma precisa, suficiente e clara, não se admitindo 
discrepância entre os termos do edital, do termo de referência e da minuta 
de contrato, sob pena de comprometer o caráter competitivo do certame, em 
atendimento aos arts. 3º, inciso II, e 4º, inciso III, da Lei nº 10.520/2002 c/c art. 
8º, inciso I, do Decreto nº 3.555/2000.
Acórdão 531/2007 Plenário
Tribunal de Contas da União
82
Atente para o disposto nos artigos 3º, 6º, inciso Ix, e 12 da Lei nº 8.666/1993, 
e 8º do Decreto nº 3.555/2000, fazendo constar dos projetos básicos e termo 
de referência atinentes licitações que objetivem a locações de equipamentos, 
em especial os de informática, informações detalhadas a respeito da 
economicidade de se efetuar tais locações em comparação com a possibilidade 
de aquisição desses bens.
Acórdão 481/2007 Plenário
Realize o termo de referência contendo valor estimativo em planilhas de 
acordo com o preço de mercado, nos termos do art. 9º, § 2º, do Decreto nº 
5.450/2005.
Acórdão 233/2007 Plenário
Observe o disposto no art. 8º, inciso II, do Decreto nº 3.555/2000, quanto à 
elaboração do termo de referência, o qual deverá conter elementos capazes 
de propiciar a avaliação do custo pela Administração, diante de orçamento 
detalhado, ao adotar a modalidade de pregão na contratação de serviços de 
agenciamento de viagens.
Acórdão 112/2007 Plenário
Na fase preparatória dos pregões, atente para a útil elaboração do termo de 
referência de que trata o art. 8º do Decreto nº 3.555/2000, de modo que o 
documento expresse a adequação do objeto licitado aos preços praticados 
no mercado.
Acórdão 2947/2004 Primeira Câmara
Defina de forma precisa os elementos necessários e suficientes que 
caracterizem a prestação de serviço ou a execução da obra pretendida 
por ocasião da elaboração dos projetos básicos e termos de referência das 
licitações, conforme regulamenta o art. 6º, inciso Ix, e art. 40, § 2º, da Lei 
8.666/1993.
Acórdão 428//2010 Segunda Câmara
Providencie, nas licitações na modalidade pregão, orçamento atualizado e 
detalhado que possa subsidiar o preço de referência e assegurar, desta forma, 
o princípio da economicidade, nos termos do art. 8°, inciso II, do Decreto 
nº 3.555/2000.
Acórdão 845/2005 Segunda Câmara
Consulte também a Decisão: Plenário: 300/2002; os Acórdãos: Plenário: 2406/2006, 
2401/2006, 1925/2006, 1675/2006, 1512/2006, 93/2004, 1656/2003; Segunda Câmara: 
374/2009, 818/2008, 591/2006, 90/2004, 64/2004.
83
Licitações e Contratos - Orientações e Jurisprudência do TCU
CotAção eletrôniCA
Cotação eletrônica é forma de obtenção de propostas para aquisições de 
pequeno valor, cujas despesas enquadrem-se na modalidade dispensa de licitação, 
fundamentada no inciso II do art. 24 da Lei nº 8.666/1993. Foi implantada pelo Sistema 
de Cotação Eletrônica, mediante a Portaria nº 306, de 13 de dezembro de 2001, do 
Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão.
Funciona por meio de sistema que promova a comunicação na internet, a exemplo 
de pregão eletrônico. Os atos procedimentais decorrentes desse tipo de contratação 
subordinam-se ao disposto na citada portaria, dentre os quais destacam-se: forma 
de condução, participação de empresas, horário, credenciamento, julgamento de 
propostas.
Podem participar de aquisições realizadas pelo sistema quaisquer pessoas 
jurídicas, previamente cadastradas no Portal Comprasnet.
Aquisições de pequeno valor são aquelas de até 
R$ 8.000,00, que não se refiram