A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
141 pág.
Apostila Verbas

Pré-visualização | Página 49 de 50

serão rateadas, dividindo-se seu valor pelo número de meses do período 
indicado na sentença ou no acordo, ou, na falta desta indicação, do período indicado pelo 
reclamante na inicial, respeitados os termos inicial e final do vínculo empregatício anotado 
em CTPS ou judicialmente reconhecido na reclamatória trabalhista. 
Art. 142. Serão adotadas as alíquotas, critérios de atualização monetária, taxas de juros de 
mora e valores de multas vigentes à época das competências apuradas na forma do art. 
141. 
 
 
Destaca-se os artigos 141 e 142 revogados, compreende ao momento em que 
Previdência sinaliza para inclusão a créscimos de juros e multas contados a partir da 
competência. 
 
_________________________________________________________________________________ Verbas Trabalhistas _____ Verbas Trabalhistas _____ Verbas Trabalhistas _____ Verbas Trabalhistas ---- Dr. Francisco Ferreira Jorge NetoDr. Francisco Ferreira Jorge NetoDr. Francisco Ferreira Jorge NetoDr. Francisco Ferreira Jorge Neto 
Apostila de verbas trabalhistas v. 01.2014 
11.1.5 Instrução normativa MPS/SRP nº 3 – DOU 15/07/05 
 
 
Sua vigência ocorreu a parir de 16.07.05 (art. 761), e, através dos artigos 126º ao 
135º fixa procedimentos a serem utilizados, que em sua essência manteve os parâmetros de 
apuração do INSS anteriormente vigente. 
Destaca para o artigo 133 que menciona: 
 
 
Serão adotadas as alíquotas, critérios de atualização monetária, taxas de juros de mora e 
valores de multas vigentes à época das competências apuradas na forma do art. 132. 
 
O artigo 132 refere-se: 
 
 
Serão adotadas as competências dos meses em que foram prestados os serviços pelos 
quais a remuneração é devida, ou dos abrangidos pelo reconhecimento do vínculo 
empregatício, quando consignados nos cálculos de liquidação ou nos termos do acordo. 
 
 
A retro exposto, identifica-se a inclusão de juros e multa a partir da competência, 
contudo, referida mudança ocorreu na esfera administrativa não modificando legislação, sobretudo, 
não alterou o artigo 276 do Decreto 3048/99. 
 
11.1.6 Lei 11.941 – DOU 28/05/2009 
 
 
Inseriu significativas alterações no artigo 43 da Lei 8212/91, os quais corresponderam: 
 
 
Art. 43. Nas ações trabalhistas de que resultar o pagamento de direitos sujeitos à incidência 
de contribuição previdenciária, o juiz, sob pena de responsabilidade, determinará o imediato 
recolhimento das importâncias devidas à Seguridade Social. 
 
Alterações Provenientes Lei 11941/99 (ao artigo 43 da Lei 8212/91): 
 
 
§1º. Nas sentenças judiciais ou nos acordos homologados em que não figurarem, 
discriminadamente, as parcelas legais relativas às contribuições sociais, estas incidirão 
sobre o valor total apurado em liquidação de sentença ou sobre o valor do acordo 
homologado. 
 
2º Considera-se ocorrido o fato gerador das contribuições sociais na data da prestação do 
serviço. 
3º As contribuições sociais serão apuradas mês a mês, com referência ao período da 
prestação de serviços, mediante a aplicação de alíquotas, limites máximos do salário-de-
contribuição e acréscimos legais moratórios vigentes relativamente a cada uma das 
competências abrangidas, devendo o recolhimento ser efetuado no mesmo prazo em que 
devam ser pagos os créditos encontrados em liquidação de sentença ou em acordo 
homologado, sendo que nesse último caso o recolhimento será feito em tantas parcelas 
quantas as previstas no acordo, nas mesmas datas em que sejam exigíveis e 
proporcionalmente a cada uma delas. 
4º No caso de reconhecimento judicial da prestação de serviços em condições que 
permitam a aposentadoria especial após 15 (quinze), 20 (vinte) ou 25 (vinte e cinco) anos de 
contribuição, serão devidos os acréscimos de contribuição de que trata o § 6o do art. 57 da 
Lei no 8.213, de 24 de julho de 1991. 
_________________________________________________________________________________ Verbas Trabalhistas _____ Verbas Trabalhistas _____ Verbas Trabalhistas _____ Verbas Trabalhistas ---- Dr. Francisco Ferreira Jorge NetoDr. Francisco Ferreira Jorge NetoDr. Francisco Ferreira Jorge NetoDr. Francisco Ferreira Jorge Neto 
Apostila de verbas trabalhistas v. 01.2014 
§5º Na hipótese de acordo celebrado após ter sido proferida decisão de mérito, a 
contribuição será calculada com base no valor do acordo. 
 
11.1.7 Instrução normativa RFB nº 971 – DOU 17/11/2009 
 
 
O teor da IN/RFB 971/2009 contém a inclusão das alterações promovidas pela Lei 
11941/2009, e, a seguir quadro contendo reprodução da íntegra dos artigos atualmente vigentes, 
comparando com a Instrução Normativa anterior (003/2005): 
 
CAPÍTULO VII CAPÍTULO VI 
RECLAMATÓRIA E DISSÍDIO TRABALHISTA RECLAMATÓRIA E DISSÍDIO TRABALHISTA 
Seção I - Reclamatória Trabalhista Seção I - Reclamatória Trabalhista 
(Anterior: IN. MPS/SRP nº 3/2005) (Atual : IN. RFB nº 971 de 17.11.2009) 
Art. 126. A reclamatória trabalhista é a ação 
judicial que visa a resgatar direitos decorrentes 
de contrato de trabalho, expressa ou 
tacitamente celebrado entre duas ou mais 
partes, e se inicia com a formalização do 
processo na Justiça do Trabalho, movido pelo 
trabalhador contra a empresa ou equiparado à 
empresa ou empregador doméstico a quem haja 
prestado serviços. 
Art. 127. Decorrem créditos previdenciários das 
decisões proferidas pelos Juízes e Tribunais do 
Trabalho que: 
Art. 100. Decorrem créditos previdenciários 
das decisões proferidas pelos Juízes e 
Tribunais do Trabalho que: 
I - condenem o empregador ou tomador de 
serviços ao pagamento de remunerações 
devidas ao trabalhador, por direito decorrente 
dos serviços prestados ou de disposição 
especial de lei; 
I - condenem o empregador ou tomador de 
serviços ao pagamento de remunerações 
devidas ao trabalhador, por direito decorrente 
dos serviços prestados ou de disposição 
especial de lei; 
II - reconheçam a existência de vínculo 
empregatício entre as partes, declarando a 
prestação de serviços de natureza não eventual, 
pelo empregado ao empregador, sob a 
dependência deste e mediante remuneração 
devida, ainda que já paga à época, no todo ou 
em parte, e determinando o respectivo registro 
em CTPS; 
II - reconheçam a existência de vínculo 
empregatício entre as partes, declarando a 
prestação de serviços de natureza não 
eventual, pelo empregado ao empregador, sob 
a dependência deste e mediante remuneração 
devida, ainda que já paga à época, no todo ou 
em parte, e determinando o respectivo 
registro em CTPS; 
III - homologuem acordo celebrado entre as 
partes antes do julgamento da reclamatória 
trabalhista, pelo qual fique convencionado o 
pagamento de parcelas com incidência de 
contribuições sociais para quitação dos pedidos 
que a originaram, ou o reconhecimento de 
vínculo empregatício em período determinado, 
com anotação do mesmo em CTPS; 
III - homologuem acordo celebrado entre as 
partes antes do julgamento da reclamatória 
trabalhista, pelo qual fique convencionado o 
pagamento de parcelas com incidência de 
contribuições sociais para quitação dos 
pedidos que a originaram, ou o 
reconhecimento de vínculo empregatício em 
período determinado, com anotação do 
mesmo em CTPS; 
_________________________________________________________________________________ Verbas Trabalhistas _____ Verbas Trabalhistas _____ Verbas Trabalhistas _____ Verbas Trabalhistas ---- Dr. Francisco Ferreira Jorge NetoDr. Francisco Ferreira Jorge NetoDr. Francisco Ferreira Jorge NetoDr. Francisco Ferreira Jorge Neto 
Apostila de verbas trabalhistas v. 01.2014 
IV - reconheçam a existência de remunerações 
pagas no curso da relação de trabalho, ainda 
que não determinem o registro em CTPS ou o 
lançamento em folha de pagamento. 
IV - reconheçam a existência de remunerações 
pagas