A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
151 pág.
Ítalo Romano Eduardo - Pacote de 275 Questões Comentadas

Pré-visualização | Página 32 de 46

alterar o enquadramento de empresa, diminuindo a alíquota RAT, que demonstre a 
melhoria das condições do trabalho, com redução dos agravos à saúde do trabalhador, obtida através 
de investimentos em prevenção e em sistemas gerenciais de risco como também poderá aumentar a 
alíquota RAT para aquelas empresas que de forma diversa não demonstre melhoria nas condições 
ambientais do trabalho. A operacionalização dessa redução ou majoração da alíquota RAT se dará 
por intermédio do FAP – Fator Acidentário de Prevenção, conforme dispõe o art. 202-A, parágrafos 
2° e 3° do Decreto 3.048/99. (Assertiva correta). 
 
www.concurseirosocial.com.br
 275 Questões de Concursos Anteriores - Comentadas 
Preparação Concurso INSS – Prof. Ítalo Romano Eduardo 
 
Preparação para o concurso INSS – Uso individual!!!! Página 101 
 
188. (Analista INSS/2003) INSS é o órgão competente para instituir, arrecadar e fiscalizar o 
recolhimento das contribuições sociais, entre outras, devidas pelas empresas e incidentes sobre 
a remuneração paga, devida ou creditada aos segurados e demais pessoas físicas a seu serviço, 
com ou sem vínculo empregatício. ( ) 
 
Comentário: O órgão competente para instituir, arrecadar e fiscalizar o recolhimento das 
contribuições sociais, entre outras, devidas pelas empresas e incidentes sobre a remuneração paga, 
devida ou creditada aos segurados e demais pessoas físicas a seu serviço, com ou sem vínculo 
empregatício é a Secretaria da Receita Federal do Brasil – SRFB. Ainda é necessário atualizar o art. 
229 do Regulamento da Previdência Social que dispõe que essas atribuições pertencem à 
competência do INSS. (A época era correta, entretanto, hoje a assertiva está incorreta). 
 
189. (Analista INSS/2003) A inscrição de dependente na previdência social não pode ser feita 
antes do requerimento do benefício a que tiver direito. ( ) 
 
Comentário: A inscrição do dependente do segurado será promovida quando do requerimento do 
benefício a que tiver direito, em concordância com o disposto no art. 22 do Regulamento da 
Previdência Social. Em outras palavras, não existe inscrição de dependentes com fim meramente 
declaratório. (Assertiva correta). 
 
 Art. 22. A inscrição do dependente do segurado será promovida quando do requerimento do 
benefício a que tiver direito, mediante a apresentação dos seguintes documentos: (grifo nosso) 
 
190. (Analista INSS/2003 - Adaptada) O médico residente, contratado na forma da Lei n.º 
6.932/1981, e o estagiário que presta serviços a empresa em desacordo com a Lei no 11.788, de 
25 de setembro de 2008 são segurados obrigatórios como empregados. ( ) 
 
Comentário: O médico residente, contratado na forma da Lei n.º 6.932/1981 está enquadrado como 
contribuinte individual, em conformidade com o art.9°, parágrafo 15, inciso X do Decreto n° 
3.048/99 e não como segurado empregado. Já o estagiário que presta serviços a empresa em 
desacordo com a Lei no 11.788, de 25 de setembro de 2008 é segurado obrigatório do Regime Geral 
de Previdência Social – RGPS na condição de empregado, em consonância com o art.9°, inciso I, 
alínea h do retromencionado diploma legal. 
 
www.concurseirosocial.com.br
 275 Questões de Concursos Anteriores - Comentadas 
Preparação Concurso INSS – Prof. Ítalo Romano Eduardo 
 
Preparação para o concurso INSS – Uso individual!!!! Página 102 
 
Vale complementar com a informação adicional sobre o estagiário contratado de acordo com a Lei no 
11.788, de 25 de setembro de 2008, nesse caso ele não é considerado segurado empregado e sim 
facultativo, ou seja, contribui por opção, por ato volitivo e não por obrigação para o RGPS. (Está 
incorreta). 
 
191. (Analista INSS/2003) O contribuinte individual pode, desde que provado o exercício da 
atividade, recolher contribuições relativas a competências anteriores à sua primeira 
contribuição, que serão computadas inclusive para efeito de carência. ( ) 
 
Comentário: Para que uma contribuição mensal possa contar para efeitos de carência em relação ao 
contribuinte individual, deve ser feita no prazo após a inscrição do segurado, conforme o art. 28, 
inciso II do Regulamento da Previdência Social que ordena que: “O período de carência é contado 
para o segurado empregado doméstico, contribuinte individual, observado o disposto no § 4o do art. 
26, e facultativo, inclusive o segurado especial que contribui na forma do § 2o do art. 200, da data 
do efetivo recolhimento da primeira contribuição sem atraso, não sendo consideradas para esse fim 
as contribuições recolhidas com atraso referentes a competências anteriores, ...” (Assertiva errada). 
 
192. (Analista INSS/2003) Para os segurados facultativos, a filiação – vínculo que se estabelece 
entre a previdência social e a pessoa que para ele contribui – decorre da inscrição formalizada 
e do pagamento da primeira contribuição. ( ) 
 
Comentário: Para os segurados facultativos, a filiação – vínculo que se estabelece entre a previdência 
social e a pessoa que para ele contribui – decorre da inscrição formalizada e do pagamento da 
primeira contribuição sem atraso, conforme o art. 28, inciso II do Regulamento da Previdência 
Social. Originalmente está questão foi considerada correta, entretanto o gabarito definitivo foi 
alterado para errada, pois a assertiva está incompleta, faltou a informação que a contribuição foi sem 
atraso. (Assertiva considerada errada – uma maldade!!!!) 
 
Joaquina, dona de casa, segurada facultativa da previdência social, emprega, em sua 
residência, Maria, como empregada doméstica. Após conhecer os dotes culinários de Maria, 
Joaquina passou a utilizar-se dos seus serviços para preparar biscoitos e doces que são 
vendidos em uma feira. 
 
193. (Analista INSS/2003) Joaquina poderá continuar a recolher à previdência social suas 
contribuições como segurada facultativa. ( ) 
www.concurseirosocial.com.br
 275 Questões de Concursos Anteriores - Comentadas 
Preparação Concurso INSS – Prof. Ítalo Romano Eduardo 
 
Preparação para o concurso INSS – Uso individual!!!! Página 103 
 
 
Comentários: A partir do momento em que o indivíduo inicia o exercício de atividade remunerada, 
ele passará a ser segurado obrigatório da previdência, em conformidade com o ordenamento 
constante no parágrafo único do art.20 do Decreto n° 3.048/99 transcrito a seguir: “A filiação à 
previdência social decorre automaticamente do exercício de atividade remunerada para os 
segurados obrigatórios e da inscrição formalizada com o pagamento da primeira contribuição para 
o segurado facultativo”. Assim, Joaquina vendendo os biscoitos preparados em sua residência está 
exercendo atividade remunerada e, portanto, perde a condição de segurado facultativo passando a ser 
segurado obrigatório contribuinte individual. (Assertiva incorreta) 
 
194. (Analista INSS/2003) Em razão das atividades desenvolvidas, as contribuições relativas à 
remuneração de Maria devem ser recolhidas como segurada empregada. ( ) 
 
Comentário: Não será mais possível recolher as contribuições relativas à remuneração de Maria na 
condição de empregada doméstica, pois o empregado doméstico é aquele que presta serviço de 
natureza contínua, mediante remuneração, a pessoa ou família, no âmbito residencial desta, em 
atividade sem fins lucrativos, conforme definição constante no art. 9°, inciso II do Regulamento da 
Previdência Social. Dessa forma, como Maria está laborando confeccionando biscoitos para vender, 
ficará vinculada ao Regime Geral da Previdência Social – RGPS como empregada e Joaquina 
equiparada a empresa em relação à Maria que lhe presta serviço conforme art. 12 do Decreto 
3.048/99. (Assertiva correta). 
 
 Art. 9º São segurados obrigatórios da previdência social as seguintes pessoas físicas: 
................................... 
 II - como empregado