A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
151 pág.
Ítalo Romano Eduardo - Pacote de 275 Questões Comentadas

Pré-visualização | Página 34 de 46

Preparação Concurso INSS – Prof. Ítalo Romano Eduardo 
 
Preparação para o concurso INSS – Uso individual!!!! Página 107 
 
II - sessenta e cinco anos de idade, se homem, e sessenta anos de idade, se mulher, reduzido 
em cinco anos o limite para os trabalhadores rurais de ambos os sexos e para os que exerçam 
suas atividades em regime de economia familiar, nestes incluídos o produtor rural, o 
garimpeiro e o pescador artesanal.” 
(Está correta). 
 
199. (Analista INSS/2003) Suponha que Mariana, com 65 anos de idade, seja segurada 
empregada, e já conte com 190 contribuições mensais à previdência social. Nesse caso, a 
empresa em que ela trabalha poderá, independente da vontade de Mariana, requerer a sua 
aposentadoria compulsória. ( ) 
 
Comentário: A aposentadoria por idade pode ser requerida pela empresa, desde que o segurado tenha 
cumprido a carência, quando este completar setenta anos de idade, se do sexo masculino, ou sessenta 
e cinco, se do sexo feminino, e será compulsória, é assim que determina o art. 54 do Regulamento da 
Previdência Social. Atente que somente pode ser requerida a aposentadoria compulsória se o 
segurado já tenha observada a carência, caso contrário, mesmo o segurado tendo atingido a idade, 70 
anos homem e 65 a mulher, a compulsória não pode ocorrer. (Está correta). 
 
 Art. 54. A aposentadoria por idade pode ser requerida pela empresa, desde que o segurado 
tenha cumprido a carência, quando este completar setenta anos de idade, se do sexo masculino, ou 
sessenta e cinco, se do sexo feminino, sendo compulsória, caso em que será garantida ao empregado 
a indenização prevista na legislação trabalhista, considerada como data da rescisão do contrato de 
trabalho a imediatamente anterior à do início da aposentadoria. 
 
200. (Analista INSS/2003) O auxílio-acidente será devido ao segurado da previdência social em 
gozo de auxílio-doença ou aposentadoria por invalidez decorrente de acidente de qualquer 
natureza do qual resulte sequela definitiva. ( ) 
 
Comentário: O auxílio-acidente é um benefício concedido, como indenização, ao segurado 
empregado, ao trabalhador avulso e ao segurado especial quando, após a consolidação das lesões 
decorrentes de acidente de qualquer natureza, resultar seqüela definitiva, que implique na redução da 
capacidade para o trabalho que o segurado habitualmente exercia ou ainda que ocorra 
a impossibilidade de desempenho da atividade que exerciam à época do acidente, porém permita o 
desempenho de outra, após processo de reabilitação profissional, nos casos indicados pela perícia 
médica do Instituto Nacional do Seguro Social. É assim que determina o art. 104 do Regulamento da 
www.concurseirosocial.com.br
 275 Questões de Concursos Anteriores - Comentadas 
Preparação Concurso INSS – Prof. Ítalo Romano Eduardo 
 
Preparação para o concurso INSS – Uso individual!!!! Página 108 
 
Previdência Social. A questão tenta confundir o candidato, pois este benefício é concedido quando 
cessa o auxílio-doença e não conjuntamente. (Está errada). 
 
201. (Analista INSS/2003) A renda mensal dos dependentes relativa à pensão por morte do 
segurado que falecer em atividade corresponderá a 100% do valor da aposentadoria a que esse 
segurado teria direito, caso se aposentasse por invalidez. ( ) 
 
Comentário: O valor mensal da pensão por morte será de 100% do valor da aposentadoria a que o 
segurado em atividade teria direito se estivesse aposentado por invalidez na data de seu falecimento 
é o que dita o art. 39, parágrafo 3° do Regulamento da Previdência Social. Leia o dispositivo legal 
mencionado na íntegra a seguir: 
 
“Art. 39 .......... 
........................ 
 
§ 3º O valor mensal da pensão por morte ou do auxílio-reclusão será de cem por cento do 
valor da aposentadoria que o segurado recebia ou daquela a que teria direito se estivesse 
aposentado por invalidez na data de seu falecimento.” 
(Está correta). 
 
202. (Analista INSS/2003 - Adaptada) O salário-maternidade é devido à segurada empregada 
somente enquanto existir a relação de emprego. ( ) 
 
Comentário: Entretanto, com a recente publicação do Decreto n° 6.122/2007, atualmente o benefício 
salário-maternidade passa a ser devido também às seguradas desempregadas, enquanto estas 
estiverem no período de graça. O período de graça é aquele em que não ocorre a perda da qualidade 
de segurada. Veja o que dispõe o art. 236, § 1º da IN 20: 
 
“O salário-maternidade é devido à segurada desempregada (empregada, trabalhadora 
avulsa e doméstica), para a que cessou as contribuições (contribuinte individual ou 
facultativa) e segurada especial, desde que mantida a qualidade de segurada, observando 
que: 
a) o nascimento da criança, inclusive em caso de natimorto ou a guarda judicial para fins 
de adoção ou a adoção ou aborto espontâneo, deverá ocorrer dentro do período de graça; 
www.concurseirosocial.com.br
 275 Questões de Concursos Anteriores - Comentadas 
Preparação Concurso INSS – Prof. Ítalo Romano Eduardo 
 
Preparação para o concurso INSS – Uso individual!!!! Página 109 
 
b) o evento seja igual ou posterior a 14 de junho de 2007, data da publicação do Decreto nº 
6.122” 
(A questão estava correta à época da realização deste concurso. Hoje a assertiva é incorreta). 
 
203. (Analista INSS/2003) Considere a seguinte situação hipotética: 
Adalgisa exerceu, por conta própria, atividade econômica de natureza urbana até dezembro de 
1999, quando suspendeu os recolhimentos à previdência social, após tê-los feito ao longo de 180 
meses, pois deixou de exercer atividade remunerada. Em fevereiro de 2003, aos 66 anos de 
idade, Adalgisa faleceu. Nessa situação, embora Adalgisa já contasse com 180 contribuições 
mensais à previdência social, seus dependentes não farão jus à pensão, pois ocorreu a perda da 
qualidade de segurada. ( ) 
 
Comentário: Adalgisa perdeu a qualidade de segurada, entretanto é garantida a concessão da pensão 
por morte aos dependentes do segurado que falecer após a perda desta qualidade, caso tenham sido 
preenchidos os requisitos a para a concessão de aposentadoria. Dessa forma ordena o art. 180, 
parágrafo 2° do Regulamento da Previdência Social. No caso dessa questão, a segurada já tinha 
cumprido a carência para obtenção do benefício de aposentadoria que é de 180 contribuições 
mensais. (Assertiva incorreta). 
 
 Art. 180. 
............................................................. 
 
 § 2º Não será concedida pensão por morte aos dependentes do segurado que falecer após a 
perda desta qualidade, nos termos dos arts. 13 a 15, salvo se preenchidos os requisitos para 
obtenção de aposentadoria .................... (grifo nosso). 
 
204. (Analista INSS 2009) A saúde é de relevância pública e sua organização obedecerá a 
princípios e diretrizes, na forma da Lei 8.212/91. Assinale a alternativa correta no que se refere 
a esses princípios e diretrizes. 
a) Participação da iniciativa privada na assistência à saúde, obedecidos os preceitos constitucionais. 
b) Centralização, com direção única na esfera do Governo Federal. 
c) Participação da comunidade na gestão, no acompanhamento e não na fiscalização das ações e 
serviços de saúde. 
d) Provimento das ações e serviços através de rede nacional e hierarquizada, integrados em sistema 
único. 
www.concurseirosocial.com.br
 275 Questões de Concursos Anteriores - Comentadas 
Preparação Concurso INSS – Prof. Ítalo Romano Eduardo 
 
Preparação para o concurso INSS – Uso individual!!!! Página 110 
 
e) Atendimento seletivo e parcial, com prioridade para as atividades preventivas. 
 
Comentário: Para responder esta questão, o candidato deve fazer a leitura do art. 2 do Decreto 
3.048/99: 
 Art. 2º A saúde é direito de todos e dever do Estado, garantido mediante políticas