A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
163 pág.
Patricia Vianna Meirelles Freire e Silva - Princípios no Processo Administrativo Previdenciário - Ano 2007

Pré-visualização | Página 40 de 41

Disciplinar, São Paulo: Max Limonad, 1998.
BALERA, Wagner. Processo Administrativo Previdenciário: Benefícios,
São Paulo: Ed. LTr, 1999.
BARCELLOS, Ana Paula. Eficácia Jurídica dos Princípios Constitucionais:
O Princípio da Dignidade da Pessoa Humana. Rio de Janeiro: Ed.
Renovar, 2002.
BARROS, Wellington Pacheco. Curso de Processo Administrativo, Porto
Alegre: Ed. Livraria do Advogado, 2005.
BARROSO, Luís Roberto. Interpretação e Aplicação da Constituição,
3ªed., São Paulo: Ed. Saraiva, 1999.
 . O Direito Constitucional e a Efetividade de suas normas -
Limites e Possibilidades da Constituição Brasileira, 2ª edição, Rio de
Janeiro: Ed. Renovar, 1993.
 .Princípio da Legalidade. Boletim de Direito Administrativo,
Editora NDJ, São Paulo, Ano XIII, v. 01, p. 15-28, Janeiro de 1997.
149
BASTOS, Celso Ribeiro. Hermenêutica e Interpretação Constitucional,
3ªed., São Paulo: Celso Bastos Editor, 2002.
 . e Martins, Ives Gandra. Comentários à Constituição do Brasil,
V.1, São Paulo: Ed. Saraiva, 1988.
BEDAQUE, José Roberto dos Santos. Garantia da amplitude da produção
probatória in Cruz e Tucci, José Rogério (coord.). Garantias
Constitucionais do Processo Civil. São Paulo, Ed. Revista dos
Tribunais, 1999.
BERARDI, Luciana Andrea Accorsi . Devido Processo Legal: Do processo
devido à garantia constitucional. Disponível em:
http://www.direitonet.com.br/textos. Acesso em 03 de dezembro de
2006.
BERTONCINI, Mateus Eduardo Siqueira Nunes. Princípios de Direito
Administrativo Brasileiro, São Paulo: Malheiros Editores, 2002.
BONAVIDES, Paulo. Curso de Direito Constitucional, 13ª ed., São Paulo:
Malheiros Editores, 2003.
 . Do Estado Liberal ao Estado Social. 6ª. Ed. São Paulo:
Editora Malheiros, 1996.
BREWER-CARIAS, Allan R. Princípios del Procedimiento Administrativo,
Madri: Editorial Civitas S.A., 1990.
CÂMARA, Alexandre Freitas. Lições de Direito Processual Civil, Vol. I,
2ªed., Rio de Janeiro: Ed. Lúmen Júris, 1999.
CANOTILHO, José Joaquim Gomes. Direito Constitucional e Teoria da
Constituição, Coimbra: Livraria Almedina, 1998.
CARVALHO FILHO, José dos Santos. Manual de Direito Administrativo,
Rio de Janeiro: Ed. Lúmen Júris, 1999.
COELHO, Paulo Magalhães da Costa. O Controle Jurisdicional -
Constitucional da Administração Pública, Dissertação de Mestrado
apresentada à Pontifícia Universidade Católica de São Paulo: 2001.
COSTA, Nelson Nery. Processo Administrativo e Suas Espécies, 4ª ed.,
Rio de Janeiro: 2005.
150
COSTODIO FILHO, Ubirajara. A Emenda Constitucional 19/98 e o
Princípio da Eficiência na Administração Pública. In : Cadernos de
Direito Constitucional e Ciência Política, São Paulo : Revista dos
Tribunais, n. 27, p. 210-217, abr./jul. 1999.
CRETELLA JÚNIOR, José. Controle jurisdicional do ato administrativo, 4ª
ed., Rio de Janeiro: Ed. Forense, 2001. 
CRETELA Neto, José. Fundamentos Principiológicos do Processo Civil.
Rio de janeiro: Ed. Forense, 2002.
CRISFULLI, Vezio. La Costituzione e le sue disposizione di principio.
Milano: Giuffrè, 1952, p. 15.
CUNHA, Sérgio Sérvulo. Princípios Constitucionais, São Paulo: Ed.
Saraiva, 2006.
DIDIER JUNIOR, Fredie. Direito Processual Civil, 5ªed., Salvador: Ed. Jus
Podivm, 2005.
DINIZ, Maria Helena. Norma Constitucional e Seus Efeitos, São Paulo:
Ed. Saraiva, 1989.
DROMI, José Roberto. Instituciones de Derecho Administrativo, Editorial
Astrea de Rodolfo Depalma y Hnos: Buenos Aires :1973
ECO, Umberto. Como se faz uma tese, 19ªed., São Paulo: Ed.
Perspectiva, 2004.
ESPÍNDOLA, Ruy Samuel. Conceito de Princípios Jurídicos
Constitucionais, 2ª ed., São Paulo: Ed. RT, 2002.
FERRAZ, Sérgio e Dallari, Adilson Abreu. Processo Administrativo, São
Paulo: Malheiros Editores, 2001.
FERRAZ JUNIOR, Tércio Sampaio. Introdução ao Estudo do Direito, 4ª
ed., São Paulo: Ed. Atlas, 2003.
FIGUEIREDO, Lucia Valle. Processo Administrativo Tributário e
Previdenciário, São Paulo: Max Limonad.
 . Curso de Direito Administrativo, 8ªed., São Paulo: Malheiros
Editores, 2006.
151
 . Procedimento Administrativo. Revista da AASP (Associação
dos Advogados de São Paulo), nº34, p.62-68, São Paulo: Julho de
1991.
FREITAS, Juarez. O controle dos atos administrativos e os princípios
fundamentais. São Paulo: Malheiros Editores, 1997.
GABARDO, Emerson. Princípio Constitucional da Eficiência
Administrativa, São Paulo: Ed. Dialética, 2002.
GOMES, José Osvaldo. Fundamentação do Acto Administrativo, 2ªed.,
Coimbra: 1981.
GORDILLO, Augustín. Tratado de Derecho Administrativo, 7ªed., Belo
Horizonte: Ed. Dey Rey, 2003.
GRAU, Eros Roberto. A Interpretação Econômica da Constituição de
1988, 3ªed., São Paulo: Malheiros Editores, 1997.
 . A Ordem Econômica na Constituição de 1988, 3ªed., São
Paulo: Malheiros Editores, 1997.
GRINOVER, Ada Pellegrini. O Processo Constitucional em Marcha, São
Paulo: Max, Limonad, 1985.
 . Novas tendências do direito processual, Rio de Janeiro: Ed.
Forense Universitária, 1990.
 ; CINTRA, Antonio Carlos de Araújo; GRINOVER e
DINAMARCO, Cândido Rangel. Teoria Geral do Processo, 12ªed.,
São Paulo: Malheiros Editores, 1995.
GUSMÃO, Paulo Dourado. Introdução ao Estudo do Direito, Rio de
Janeiro: Ed. Forense, 1982.
HARGER, Marcelo. Princípios Constitucionais do Processo Administrativo,
Rio de Janeiro: Ed. Forense, 2001.
IBRAHIM, Fábio Zambitte. Curso de Direito Previdenciário, 6ª ed., Niterói,
Rio de Janeiro: Editora Impetus,2005.
JUNGSTEDF, Luiz Oliveira Castro. Direito Administrativo: Legislação, Rio
de Janeiro: Thex Editora, 2002.
152
JUSTEN FILHO, Marçal. Curso de Direito Administrativo, São Paulo: Ed.
Saraiva, 2005.
KELSEN, Hans. Teoria Pura do Direito, 4ªed., São Paulo: Ed. Martins
Fontes,1995,
LARENZ, Karl. Derecho justo: fundamentos de etica juridica. Trad. Luis
Díez-Picazo. Madrid: Civitas, 1993.
LEITE, George Salomão (coord.). Dos Princípios Constitucionais:
Considerações em torno das normas principiológicas da
Constituição, São Paulo: Malheiros Editores, 2003.
LIEBMAN, Enrico Tullio. Manual de Direito Processual Civil, 2ªed., Vol. I,
trad. Cândido Rangel Dinamarco, São Paulo: Ed. Saraiva, 1985.
LIMA, George Marmelstein. As funções dos princípios constitucionais.
Disponível em: <http://www. neofito.com.br/artigos>. Acesso em: 18
de novembro de 2006.
LIMA, Ruy Cirne. Princípios de Direito Administrativo, 5ªed., São Paulo:
Ed. Ltr, 1982.
LOPES, Maurício Antônio Ribeiro. Comentários à Reforma Administrativa:
de acordo com as Emendas Constitucionais 18, de 05.02.1998, e 19,
de 04.06.1998. São Paulo: Ed. Revista dos Tribunais, 1998.
MARTINS JÚNIOR, Wallace Paiva. Probidade Administrativa. São Paulo:
Ed.Saraiva, 2001.
MARTINS, Sergio Pinto. Direito da seguridade social, São Paulo: Ed.
Atlas, 2004.
MEDAUAR, Odete. A Processualidade no Direito Administrativo, São
Paulo: Ed. Revista dos Tribunais, 1993.
MEIRELLES, Hely Lopes. Direito Administrativo Brasileiro, 23ªed., São
Paulo: Malheiros Editores, 1998.
MELLO, Celso Antônio Bandeira. Curso de Direito Administrativo, 16ª ed.,
São Paulo: Malheiros Editores, 2003.
 . Elementos de Direito Administrativo, São Paulo: Ed. RT, 1980.
 .Conteúdo Jurídico do Princípio da Igualdade, 3ª ed., São
Paulo: Ed. Saraiva, 2001.
153
 . Princípio da Isonomia: Desequiparações Proibidas e
Desequiparações Permitidas, Revista Trimestral de Direito Público,
1/1993.
MENDES, Gilmar Ferreira, Controle de constitucionalidade, São Paulo:
Celso Bastos Editor 1990.
MIRANDA, Jorge. Manual de Direito Constitucional. Constituição e
Inconstitucionalidade, 3ªed., tomo II, Coimbra: 1996.
MODESTO, Paulo. Função Administrativa. Revista Diálogo Jurídico, v. I,
nº. 4, julho,