A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
22 pág.
Aula_05

Pré-visualização | Página 1 de 1

*
*
Conteúdo, Metodologia e Prática de Ensino de Ciências e Educação Ambiental
PEDAGOGIA – PROF. MARCOS VINICIUS M. ANDRADE
Rio de Janeiro 
2011
*
*
Aula 5 – A EDUCAÇÃO AMBIENTAL NO AMBIENTE ESCOLAR  
Traçar um panorama sobre o histórico da Educação Ambiental, a evolução das legislações e os principais eventos que levaram à criação do Programa Nacional de Educação Ambiental (ProNEA). 
Contextualizar a Educação Ambiental enquanto política pública. 
Demonstrar os principais fatos que levaram à inclusão da Educação Ambiental de modo organizado e oficial no sistema escolar brasileiro. 
Reconhecer algumas possibilidades e necessidades do Ensino de Ciências e da Educação Ambiental.
*
*
PARA O INÍCIO DA CONVERSA...
EDUCAÇÃO AMBIENTAL http://www.youtube.com/watch?v=xHnah0YagqQ 
*
*
A EDUCAÇÃO AMBIENTAL ENQUANTO POLÍTICA PÚBLICA
No início dos anos 80, com a promulgação da Lei 6.938/81, institucionalizou-se, de fato, no Brasil, a Política Nacional de Meio Ambiente (PNMA). 
Essa foi a primeira Lei a assegurar um tratamento abrangente, sistemático e instrumentalizado para a proteção do Meio Ambiente em todo o território nacional. 
*
*
POLÍTICA NACIONAL DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL
Lei nº 9.795/99 – regulamentada pelo Decreto 4.281/2002 
Define EA como “uma prática educativa integrada, contínua e permanente em todos os níveis e modalidades do ensino formal”
Propiciou a legitimação da Educação Ambiental como política pública nos sistemas de ensino, sendo o Brasil, o único país da América Latina a ter uma política nacional específica para Educação Ambiental
*
*
POLÍTICA NACIONAL DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL LEI Nº 9.795/99 
Permitiu a estruturação e o fortalecimento da Coordenação Geral de Educação Ambiental – CGEA
Consolidou os princípios da Educação Ambiental discutidos nos fóruns internacionais e nacionais anteriores - tornando-os legais e objetos de políticas públicas, fornecendo à sociedade um instrumento de cobrança para a promoção da Educação Ambiental
Estendeu a obrigatoriedade da Educação Ambiental para uma variedade de instituições - instituições educacionais públicas e privadas dos sistemas de ensino
*
*
NESTE CONTEXTO A PNMA...
Introduziu um conceito mais preciso de meio ambiente
definiu poluição
impôs a responsabilidade objetiva para o poluidor
reorientou a gestão ambiental.
Institucionalizou a educação ambiental a todos os níveis de ensino, inclusive a educação da comunidade, objetivando capacitá-la para participação ativa na defesa do meio ambiente. 
*
*
ProNEA - ANTECEDENTES
O princípio básico de preservação ambiental está expresso em artigo da Constituição Brasileira. 
*
*
AGENDA 21 – Programa recomendado aos governos, agências de desenvolvimento, órgãos das Nações Unidas, organizações não governamentais e sociedade civil de um modo geral, para ser colocado em prática ao longo do século 21
ProNEA - ANTECEDENTES
*
*
O PROGRAMA NACIONAL DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL (PRONEA)
Em cumprimento às recomendações da Agenda 21 e aos preceitos constitucionais, é aprovado no Brasil o Programa Nacional de Educação Ambiental (PRONEA), em 1994.
Assegurar, no âmbito educativo, a interação e a integração equilibradas das múltiplas dimensões da sustentabilidade ambiental
*
*
PRONEA – ALGUNS OBJETIVOS
Promover processos de educação ambiental voltados para valores humanistas, conhecimentos, habilidades, atitudes e competências que contribuam para a participação cidadã na construção de sociedades sustentáveis.
Fomentar processos de formação continuada em educação ambiental, formal e não-formal, dando condições para a atuação nos diversos setores da sociedade, dentre outros.
*
*
PRONEA – ALGUMAS CARACTERÍSTICAS
Incentivar as relações entre cultura, memória e paisagem, e a interação entre os saberes tradicionais e populares e os conhecimentos técnico-científicos. 
Criar espaços de debate das realidades locais para o desenvolvimento de mecanismos de articulação social, fortalecendo as práticas comunitárias sustentáveis
*
*
O enfoque sistêmico da questão ambiental enfatiza uma preocupação em relação a participação de um maior número de agentes sociais na elaboração.
redes públicas de ensino, 
unidades de conservação
prefeituras municipais
Empresas
Sindicatos
movimentos sociais
organizações da sociedade civil
consórcios e comitês de bacia hidrográfica
assentamentos de reforma agrária, dentre outros parceiros. 
 
PRONEA – O ENFOQUE SISTÊMICO
*
*
PRONEA – O ENFOQUE SISTÊMICO
Coordenação-Geral de Educação Ambiental
Departamento de Educação Ambiental do Min. do Meio Ambiente
MEC / Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão
*
*
Construir um processo permanente de educação ambiental que promova um círculo virtuoso de busca de conhecimento, pesquisa e geração de saber, com uma ação transformadora nas comunidades locais
 
CÍRCULO VIRTUOSO DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL
*
*
A EDUCAÇÃO AMBIENTAL E O CONTEXTO ESCOLAR
processo contínuo e permanente
atingir todas as fases do ensino formal e não formal
examinar as questões ambientais âmbito local, regional, nacional e internacional
democratizar o conhecimento novos valores desenvolvimento sustentável
*
*
A EDUCAÇÃO AMBIENTAL E O CONTEXTO ESCOLAR
Há diferentes formas de incluir a temática ambiental nos currículos escolares
Atividades artísticas
Experiências práticas
Atividades externas
Produção de materiais
Produção de materiais
Projetos diversos
*
*
A EDUCAÇÃO AMBIENTAL E O CONTEXTO ESCOLAR
Promover a prática interdisciplinar, proporem novas metodologias que favoreçam a implementação da Educação Ambiental, sempre considerando o ambiente imediato, relacionado a exemplos de problemas atualizados (SATO, 2003)
Cabe ao professor
*
*
Ética, estética, respeito e cidadania planetária devem ser rotina
EA permeia todas as relações e atividades escolares
Interdisciplinar, conforme preconiza o Plano Nacional de Educação Ambiental - Lei 9795/99
O COTIDIANO NA SALA DE AULA
*
*
A Educação Ambiental precisa ser entendida como uma importante aliada do currículo escolar na busca de um conhecimento integrado que supere a fragmentação tendo em vista o conhecimento emancipação. 
Uma vez que, segundo Sato(2002), a EA “sustenta todas as atividades e impulsiona os aspectos físicos, biológicos, sociais e culturais dos seres humanos”. Sendo assim, apresenta-se como uma peça importante no currículo escolar.
FINALIZANDO
*
*
Explorando espaços formadores no ensino de Ciências http://www.youtube.com/watch?v=2SuhdRxbcrc
*
*
Muito obrigado!!!

*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*