A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
24 pág.
1º Simulado para o XIX exame da OAB

Pré-visualização | Página 5 de 10

íso do Alto. A área é dotada de rede de abasteci-
mento de água, rede de iluminação pública e es-
gotamento mantidas pelo município, embora não 
existam próximos quer escola, quer hospitais pú-
blicos. Neste caso, Semprônio deve pagar o se-
guinte imposto:
A) O IPTU, por ser área de expansão urbana, dotada 
de melhoramentos.
B) O ITR, por ser sítio de recreio, não inserido em área 
urbana.
C) O IPTU, por ser sítio, explorado para fins 
empresariais.
D) O ITR, por não haver escola ou hospital próximos a 
menos de 3 km do imóvel.
28. De acordo com o Código Tributário Nacional, apli-
case retroativamente a lei tributária na hipótese de:
A) Analogia, quando esta favorecer o contribuinte.
B) Extinção do tributo, ainda não definitivamente 
constituído.
C) Graduação quanto à natureza de tributo aplicável, 
desde que não seja hipótese de crime.
D) Ato não definitivamente julgado, quando a lei nova 
lhe comine penalidade menos severa que a prevista 
na lei vigente ao tempo de sua prática.
DIREITO ADMINISTRATIVO
MATHEUS CARVALHO
29. Com relação às autarquias e às empresas pú-
blicas, assinale a opção correta.
A) A relação entre uma autarquia e o ente que a criou 
é de subordinação.
B) A criação de uma empresa pública é feita por lei 
específica.
C) O dirigente de autarquia não pode figurar como au-
toridade coatora em mandado de segurança.
D) Uma autarquia municipal e uma empresa públi-
ca municipal pode litigar em juízo contra o município 
que a criou.
30. No que diz respeito aos meios de atuação do 
poder de polícia, julgue os próximos itens.
 I - Segundo entendimento majoritário na doutrina 
e na jurisprudência, admite-se a delegação do po-
der de polícia a pessoa da iniciativa privada pres-
tadora de serviços de titularidade do estado.
II - A autorização é o ato administrativo discricio-
nário e precário pelo qual a administração reco-
nhece que o particular detentor de um direito sub-
jetivo preenche as condições de seu gozo.
III - A licença não pode ser negada quando o re-
querente satisfaça os requisitos legais para sua 
obtenção.
IV - O poder de polícia somente se manifesta por 
atos discricionários.
Estão certos apenas os itens:
A) I e II.
B) I e III.
C) I e IV.
D) II e III.
31. Acerca da responsabilidade civil do Estado e 
dos prestadores de serviços públicos, assinale a 
opção correta.
A) É firme e atual o entendimento do STF de que a 
responsabilidade civil das pessoas jurídicas de direi-
to privado prestadoras de serviço público é objetiva 
relativamente aos usuários do serviço, se estenden-
do a pessoas outras que não ostentem a condição 
de usuário.
B) Resta caracterizada a responsabilidade civil obje-
tiva do Estado se um policial militar, em seu período 
de folga e em trajes civis, efetua disparo com arma de 
fogo pertencente à sua família e atinge pessoa ino-
cente, provocando-lhe danos, em virtude de desaven-
ça pessoal.
C) O Estado responde objetivamente pela omissão de 
seus agentes.
D) A responsabilidade civil pelos atos causados pe-
los agentes das empresas públicas e sociedades de 
economia mista prestadoras de atividade econômi-
ca é objetiva.
32. Quanto à acumulação de cargos públicos, ha-
vendo compatibilidade de horários e desde que 
respeitado o teto constitucional, analise as afir-
mativas abaixo.
I – Um servidor aposentado no cargo efetivo de 
professor Federal pode acumular os proven-
tos com o subsídio do cargo eletivo de Deputado 
Estadual.
www.cers.com.br
1o SIMULADO OAB XIX - 1a FASE
14
II – É vedada a acumulação remunerada de um car-
go efetivo de fisioterapeuta em autarquiafederal 
com o de fisioterapeuta na Administração Direta 
municipal.
III – O cargo efetivo de professor de ensino médio 
é acumulável com o emprego público deadvogado 
em sociedade de economia mista.
É CORRETO o que se afirma em:
A) I, apenas.
B) I e II.
C) II e III.
D) I e III.
33. Sobre os atos administrativos, assinale a alter-
nativa CORRETA:
A) Somente a Administração Pública pode revogar os 
próprios atos e somente o Poder Judiciário pode anu-
lar os atos administrativos.
B) A anulação de ato administrativo pode ser feita 
pelo Poder Judiciário ou pela própria Administração 
Pública, quando existente vício de legalidade, sempre 
com efeitos ex nunc.
C) A anulação depende de motivo de conveniência e 
oportunidade para ser realizada.
D) A revogação de um ato administrativo por motivo de 
oportunidade e conveniência não retroage á data de edi-
ção do ato, produzindo efeitos, somente, prospectivos.
34. A lei permite a remoção ex officio de um funcio-
nário para atender a necessidade do serviço públi-
co. Mauro, servidor público, praticou determinada 
infração e a Administração Pública utilizou a re-
moção como forma de punição. Nesse caso,
A) há violação à finalidade do ato administrativo.
B) inexiste vício de finalidade no ato administrativo.
C) há vício de competência no ato administrativo.
D) há vício no motivo do ato administrativo.
DIREITO AMBEINTAL
FREDERICO AMADO
35. Sobre as UNIDADES DE CONSERVAÇÃO, assina-
le a alternativa que traz apenas unidades do GRU-
PO DE PROTEÇÃO INTEGRAL:
A) Estação ecológica e reserva biológica.
B) Área de proteção ambiental e reserva particular do 
patrimônio natural.
C) Parque nacional e reserva extrativista.
D) Área de relevante interesse ecológico e momento 
natural.
36. Sobre a jurisprudência do STF a respeito dos cri-
mes ambientais, assinale a alternativa CORRETA:
A) É necessária a denúncia conjunta com pessoa na-
tural para que pessoa jurídica possa responder por 
crime ambiental.
B) A responsabilidade das pessoas jurídicas exclui a 
das pessoas físicas, autoras, co autoras ou partícipes 
do mesmo fato.
C) É possível que a pessoa jurídica isoladamente res-
ponda pelo crime ambiental
D) A responsabilidade penal da pessoa jurídica por 
crime ambiental é objetiva.
DIREITO CIVIL
LUCIANO FIGUEIREDO
37. Assinale a alternativa correta:
A) No direito nacional é possível a disposição, gratuita 
ou onerosa, do próprio corpo, no todo ou em parte, 
para após a morte, objetivando finalidade científica 
ou altruísta.
B) Segundo o Código Civil, os direitos da personalida-
de são intransmissíveis e irrenunciáveis, mas o seu 
exercício admite limitação voluntária.
C) A prescrição e a decadência não correrá em face 
dos absolutamente incapazes.
D) Admite-se a renúncia à decadência legal. Todavia, é 
nula a renúncia à prescrição.
38. Sobre o direito das famílias, assinale a alterna-
tiva correta:
A) O pacto antenupcial é o mecanismo jurídico para 
escolha do regime de bens. Este ato pode ser reali-
zado por instrumento público ou particular e apenas 
produzirá seus efeitos após o casamento.
B) O desrespeito às causas suspensivas do casamento 
ocasionam a incidência do regime de separação obri-
gatória de bens.
C) Os impedimentos matrimoniais apenas poderão 
ser arguidos por parentes dos nubentes, sejam con-
sanguíneos ou afins. Sua consequência é a anulação 
do casamento.
D) O casamento, o concubinato e a união estável do deve-
dor de alimentos gera a extinção da obrigação alimentar.
39. João é casado com Maria. Não tiveram filhos e 
não elegeram regime de bens no casamento. Ma-
ria tem seus pais vivos, Caio e Ana. Conhecedor do 
www.cers.com.br
1o SIMULADO OAB XIX - 1a FASE
15
fato de que Maria faleceu e deixou como patrimô-
nio R$ 600.000,00 (seiscentos mil reais), o qual foi 
integralmente adquirido na constância do casa-
mento, assinale a assertiva que revela a correta 
divisão sucessória:
A) Haja vista a ausência de escolha do regime de bens, 
aplicar-se-á a comunhão parcial. Assim, João receberá 
R$ 300.000,00 (trezentos mil reais) à título de meação. 
O restante do patrimônio haverá de ser igualmente