ATPS Fundamentos

@fundamentos-historicos-e-teorico-metodologicos-do-servico-social UNIDERP - ANHANGUERA

Pré-visualização

de nobreza e riqueza como dos príncipes e reis da Índia, a realidade é muito diferente nessa cidade, o nome se deve a um fruto cultivado na região, a cidade fica num belo vale de serra cercado por palmeiras de marajá, esse belo cenário não acompanha a triste realidade da cidade e de seus habitantes.
Conclusão												A emergência e institucionalização do Serviço Social como especialização do trabalho sob influência católica europeia. Com ênfase nas ideias de Mary Richmond e nos fundamentos do Serviço Social de Caso, a técnica estava a serviço da doutrina social da Igreja. O Serviço Social brasileiro recebe influência norte-americana. Marcado pelo tecnicismo e da psicanálise, bem como da sociologia de base positivista e funcionalista/sistêmica. Sua ênfase está na ideia de ajustamento e de ajuda psico-social. Práticas de Organização e Desenvolvimento de Comunidade, além do desenvolvimento das peculiares abordagens individuais e grupais. Com supervalorização da técnica, considerada autônoma e como um fim em si mesmo, e com base na defesa da neutralidade científica, a profissão se desenvolve através do “Serviço Social de Caso”, “Serviço Social de Grupo” e “Serviço Social de Comunidade”. O profissional amplia sua atuação para as áreas de pesquisa, administração, planejamento, acompanhamento e avaliação de programas sociais, além das atividades de execução e desenvolvimento de ações de assessoria aos setores populares. E se intensifica o questionamento da perspectiva técnico-burocrática, por ser esta considerada como instrumento de dominação de classe, a serviço dos interesses capitalistas.	É uma profissão de caráter sócio-político, crítico e interventivo, que se utiliza de instrumental científico multidisciplinar das Ciências Humanas e Sociais para análise e intervenção nas diversas refrações da "questão social", isto é, no conjunto de desigualdades que se originam do antagonismo entre a socialização da produção e a apropriação privada dos frutos do trabalho. Inserido nas mais diversas áreas (saúde, previdência, educação, habitação, lazer, assistência social, justiça, etc.) com papel de planejar, gerenciar, administrar, executar e assessorar políticas, programas e serviços sociais, o assistente social efetiva sua intervenção nas relações entre os homens no cotidiano da vida social, por meio de uma ação global de cunho sócio-educativo e de prestação de serviços.			É uma das poucas profissões que possui um projeto profissional coletivo e hegemônico, denominado projeto ético – político, que foi construído pela categoria a partir das décadas de 1970 –1980 e que expressa o compromisso da categoria com a construção de uma nova ordem societária, mais justa, democrática e garantidora de direitos universais. Tal projeto tem seus contornos claramente expressos na Lei 8662 – 93, no código de Ética Profissional – 1993 e nas Diretrizes Curriculares.	Em virtude das mudanças ocorridas na sociedade e no seio da categoria um novo aparato jurídico se fez necessário de forma a expressar os avanços da profissão e o rompimento com a perspectiva conservadora. Hoje a profissão encontra-se regulamentada pela Lei 8662 de 07 de junho de 1993 que legitima o Conselho Federal de Serviço Social e Conselhos Regionais. E, fundamentalmente, definem em seus artigos 4º e 5º, respectivamente, competência e atribuições privativas do assistente social. Além da Lei, contamos também com o Código de Ética Profissional que veio se atualizando ao longo da trajetória profissional. Em 1993, após um rico debate com o conjunto da categoria em todo o país, foi aprovada a quinta versão do Código de Ética Profissional, instituída pela Resolução 273/93 do CFESS.					O Código representa a dimensão ética da profissão, tendo caráter normativo e jurídico, delineia parâmetros para o exercício profissional, definem direitos e deveres dos assistentes sociais, buscando a legitimação social da profissão e a garantia da qualidade dos serviços prestados. Ele expressa a renovação e o amadurecimento teórico-político do Serviço Social e evidencia em seus princípios fundamentais o compromisso ético-político assumido pela categoria.										A questão social que desde a constituição e consolidação do Serviço Social foi sempre uma base sólida de estudos voltados a reflexão. A prática do assistente social no viés assistencialista em seus primórdios e o amadurecimento do processo organizativo da profissão. A renovação da assistência Social com uma visão social capaz de entender que a população tem necessidades, mas também possibilidades ou capacidades que devem ser desenvolvidas como desejo de superar a situação atual. Entendemos que a justiça social deve ser implantada antes mesmo da caridade, pois é direito do cidadão e dever do Estado.












Referências Bibliográficas: 								
As Questões Sociais decorrentes da Revolução Industrial.
As formas de enfrentamento da questão social: Nas décadas de 30 e 40.			Disponível em: http://nusocial.wordpress.com/category/as-formas-de-enfrentamento-da-questao-social-nas-decadas-de-30-e-40/																		     A História da Revolução Industrial. Disponível em: 	http://revolucao-industrial.info/mos/view/A_hist%C3%B3ria_da_Revolu%C3%A7%C3%A3o_Industrial/
O processo de afirmação da assistência social como política social. 			Disponível em: http://www.uel.br/revistas/ssrevista/c-v8n2_sonia.htm		
Serviço Social – Wikipédia	                                                                                      	Disponível em: http://pt.wikipedia.org/wiki/Servi%C3%A7o_social			
Serviço Social e Assistência Social no Brasil. Disponível em: 				 http://www2.dbd.puc-rio.br/pergamum/tesesabertas/0510670_07_cap_03.pdf 
O Serviço Social no Brasil e sua evolução histórica:
	Disponível em: http://www.construindoahistoria.com/2010/08/historia-social.html

Martinelli, Maria Lúcia. Serviço Social: A ilusão de servir. In: Serviço Social: Identidade e alienação 
Surgimento do Serviço Social. 
Assistência Social. Disponível em: 									http://pt.wikipedia.org/wiki/Assist%C3%AAncia_social
Atitude Positiva. Disponível em: 			http://www.maisde50.com.br/editoria_conteudo2.asp?conteudo_id=8459O primeiro, desencadeado na segunda metadedos anos 1960, oi marcado pelos seminários de te-orização do Serviço Social, promovidos pelo CentroBrasileiro de Cooperação e Intercâmbio de ServiçosSociais (CBCISS).
8
O segundo momento, além do CBCISS, que semaniestou na década de 1970, incorporou as pro-duçes teóricas dos cursos de pós-graduação.
9
O terceiro, que se desencadeou no início dos anosde 1980, agregou aos dois anteriores a AssociaçãoBrasileira de Ensino de Serviço Social (ABESS)ligada às agências de ormação, e entidades ligadasà categoria, como as associaçes prossionais, ossindicatos, entre outros.É possível dizer que, no Brasil, atores como a lutados subalternos contra a exploração e as maniesta-çes pela democracia, ocorridas no período de 1960a 1964, bem como o golpe militar de 1964 e a aber-
O primeiro, desencadeado na segunda metadedos anos 1960, oi marcado pelos seminários de te-orização do Serviço Social, promovidos pelo CentroBrasileiro de Cooperação e Intercâmbio de ServiçosSociais (CBCISS).
8
O segundo momento, além do CBCISS, que semaniestou na década de 1970, incorporou as pro-duçes teóricas dos cursos de pós-graduação.
9
O terceiro, que se desencadeou no início dos anosde 1980, agregou aos dois anteriores a AssociaçãoBrasileira de Ensino de Serviço Social (ABESS)ligada às agências de ormação, e entidades ligadasà categoria, como as associaçes prossionais, ossindicatos, entre outros.É possível dizer que, no Brasil, atores como a lutados subalternos contra a exploração e as maniesta-çes pela democracia, ocorridas no período de 1960a 1964, bem como o golpe militar de 1964 e a aber-

Fundamentos Histórico e Metodológico do Serviço Social. Disponível em:			http://pt.scribd.com/doc/48735318/Fundamentos-Historicos-Teoricos-e-Metodologicos-do-Servico-Social
Serviço Social	. Disponível em:		 	http://servicosocialunipacudi.blogspot.com.br/2011/03/quando-surgiu-o-servico-social-no.html

Ainda não temos comentários aqui
Seja o primeiro!