UAI
3 pág.

UAI


DisciplinaProdução Publicitária On-line21 materiais75 seguidores
Pré-visualização1 página
Conceito de Usabilidade 
 
É a medida de qualidade e eficiência da experiência do usuário com 
um determinado produto, que pode ser desde um rádio-relógio até 
uma página da internet. No conceito Web, define-se por um design 
que ajuda o internauta a encontrar informações, serviços e produtos. 
Na Interação Humano-computador e na Ciência da Computação, 
usabilidade normalmente se refere à simplicidade e facilidade com 
que uma interface, um programa de computador ou um website pode 
ser utilizado. O Termo também é utilizado em contexto de produtos 
como aparelhos eletrônicos, em áreas da comunicação e produtos de 
transferência de conhecimento, como manuais, documentos e ajudas 
online. Também pode se referir a eficiência do design de objetos 
como uma maçaneta ou um martelo. 
 
Sites com boa usabilidade: 
 
www.buscape.com.br 
www.yahoo.com.br 
www.google.com.br 
www.colombo.com.br 
 
 
Sites com usabilidade abaixo da média: 
 
www.taco.com.br 
www.casasbahia.com.br 
www.rioverdegoias.com.br 
 
 
 
 
Conceito de Acessibilidade 
 
Acessibilidade significa não apenas permitir que pessoas com 
deficiências participem de atividades que incluem o uso de produtos, 
serviços e informação, mas a inclusão e extensão do uso destes por 
todas as parcelas presentes em uma determinada população. 
Em informática, programas que provêm acessibilidade são 
ferramentas ou conjuntos de ferramentas que permitem que 
portadores de deficiências (as mais variadas) se utilizem dos recursos 
que o computador oferece. Essas ferramentas podem constituir 
leitores de ecrã para deficientes visuais, teclados virtuais para 
portadores de deficiência motora ou com dificuldades de coordenação 
motora, e sintetizadores de voz para pessoas com problemas de fala. 
Na Internet o termo acessibilidade refere-se também a 
recomendações do W3C, que visam permitir que todos possam ter 
acesso aos websites, independente de terem alguma deficiência ou 
não. As recomendações abordam desde o tipo de fonte a ser usado, 
bem como seu tamanho e cor, de acordo com as necessidades do 
usuário, até a recomendações relativas ao código (HTML e CSS, por 
exemplo). 
 
W3C 
O World Wide Web Consortium é um consórcio de empresas de 
tecnologia, atualmente com cerca de 500 membros. Fundado por Tim 
Berners-Lee em 1994 para levar a Web ao seu potencial máximo, por 
meio do desenvolvimento de protocolos comuns e fóruns abertos que 
promovem sua evolução e asseguram a sua interoperabilidade. O 
W3C desenvolve padrões para a criação e a interpretação dos 
conteúdos para a Web. Sites desenvolvidos segundo esses padrões 
podem ser acessados e visualizados por qualquer pessoa ou 
tecnologia, independente de hardware ou software utilizados, como 
celulares, de maneira rápida e compatível com os novos padrões e 
tecnologias que possam surgir com a evolução da internet. 
Para alcançar seus objetivos, a W3C possui diversos comitês que 
estudam as tecnologias existentes para a apresentação de conteúdo 
na Internet e criam padrões de recomendação para utilizar essas 
tecnologias. Com a padronização, os programas conseguem acessar 
facilmente os códigos e entender onde deve ser aplicado cada 
conhecimento expresso no documento. 
Padrões seus como HTML, XHTML e CSS são muito populares, 
contudo, em muitos casos são usados de forma errônea devido ao 
desconhecimento da especificação. 
 
É um dever de todo desenvolvedor Web respeitar e seguir os padrões 
de acessibilidade do W3C, pois de outro modo poderá impor barreiras 
tecnológicas a diversas pessoas, desestimulando e até mesmo 
impedindo o acesso a suas páginas. 
 
Sites com acessibilidade: 
 
http://www.acessibilidade.net/ 
http://intervox.nce.ufrj.br/ 
 
 
 
Interatividade 
Transferência de informações pelo mesmo meio, bidirecionalmente, 
em tempo real e on line. Possibilidade de o usuário interferir na 
informação transmitida. 
O termo interatividade surgiu no contexto das Novas Tecnologias de 
Informação e Comunicação, com a denominada geração digital. A 
interatividade está na "disposição ou predisposição para mais 
interação, para uma hiper-interação, para bidirecionalidade - fusão 
emissão-recepção -, para participação e intervenção". Portanto, não é 
apenas um ato de troca, nem se limita à interação digital, é a 
abertura para mais e mais comunicação, mais e mais trocas, mais e 
mais participação. 
 
 
Sites com interatividade: 
 
Blogs em geral 
www.estadao.com.br 
www.youtube.com