Raciocínio Lógico 2016 Estratégia Aula 6
41 pág.

Raciocínio Lógico 2016 Estratégia Aula 6


DisciplinaLógica I8.947 materiais138.520 seguidores
Pré-visualização8 páginas
julgamento na Câmara Y. Assim, se houvesse 
200 processos na câmara X, haveriam 300 processos na câmara Y. 
Em setembro, o número de processos pendentes de julgamento na Câmara X 
aumentou 20%, passando a ser de 200 x (1 + 20%) = 200 x 1,20 = 240 processos. 
E o número de processos pendentes de julgamento na Câmara Y diminuiu 20%, 
passando a ser de 300 x (1 - 20%) = 300 x 0,80 = 240 processos. Portanto, repare 
que as quantidades de processos das duas câmaras se igualou em setembro. 
Isto é, para cada processo pendente de julgamento na Câmara X, houve um 
processo pendente de julgamento na Câmara Y. 
Resposta: A 
 
20. FGV ± SUDENE/PE ± 2013) Os números naturais foram colocados em um 
quadro de sete linhas e arrumados como mostra a figura a seguir: 
Linha I 1 14 15 ... ... 
Linha II 2 13 16 ... ... 
Linha III 3 12 17 ... ... 
Linha IV 4 11 18 25 Etc. 
Linha V 5 10 19 24 
Linha VI 6 9 20 23 
Linha VII 7 8 21 22 
 
O número 2013 está na linha: 
(A) II 
40718706056
RACIOCÍNIO LÓGICO P/ SENADO 
TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS 
Prof. Arthur Lima \u374 Aula 06 
 
 
 
Prof. Arthur Lima www.estrategiaconcursos.com.br 17 
(B) III 
(C) IV 
(D) V 
(E) VI 
RESOLUÇÃO: 
 Dividindo 2013 por 7, temos quociente 287 e resto igual a 4. Assim, até 
chegar no 2013 temos que preencher 287 colunas com 7 números cada, e ainda 
preencher mais 4 números na 288ª coluna. Repare que, nas colunas pares (a 
segunda, a quarta etc), começamos preenchendo de baixo para cima, ou seja, da 
linha VII para a linha I. Portanto, devemos preencher 4 posições na 288ª coluna 
para chegar na posição do 2013. São elas: linha VII, linha VI, linha V e linha IV. 
Portanto, o 2013 está na linha IV. 
Resposta: C 
 
21. FGV ± ASSEMBLEIA LEGISLATIVA/MA ± 2013) Em um supermercado havia a 
VHJXLQWH\ufffdSURPRomR\ufffdGH\ufffdXPD\ufffdFRQKHFLGD\ufffdPDUFD\ufffdGH\ufffdD]HLWH\ufffdH[WUD\ufffdYLUJHP\ufffd\ufffd³\ufffd\ufffd\ufffd\ufffdD\ufffdPDLV\ufffd\ufffd
JUiWLV\ufffd\ufffdOHYH\ufffd\ufffd\ufffd\ufffd\ufffdP/\ufffdH\ufffdSDJXH\ufffdDSHQDV\ufffd\ufffd\ufffd\ufffd\ufffdP/´\ufffd\ufffd3HGUR\ufffd\ufffdTXH\ufffdFRVWXPD\ufffdFRPSUDU\ufffdR\ufffdD]HLWH\ufffd
da marca em questão, aproveitou a promoção e comprou seis garrafas de 750 mL. 
Em relação ao custo total das seis garrafas sem a promoção, a economia de Pedro 
foi de 
a) 300%. 
b) 200%. 
c) 50%. 
d) 33%. 
e) 25%. 
RESOLUÇÃO: 
 Veja que Pedro levou 6 x 750 = 4500mL, que sem a promoção 
corresponderiam a 9 garrafas de 500mL (pois 9 x 500 = 4500mL). Assim, pelo preço 
de 6 garrafas de 500mL, ele levou o conteúdo equivalente a 9 garrafas de 500mL. 
Ele economizou, portanto, o equivalente ao custo de 3 garrafas de 500mL. 
 Assim, ele economizou 3 garrafas de 500mL em relação ao que deveria 
pagar (9 garrafas de 500mL, que correspondem às 6 de 750mL). Isto é, a economia 
foi de 3 em 9, ou 3/9 = 1/3 = 33%. 
Resposta: D 
40718706056
RACIOCÍNIO LÓGICO P/ SENADO 
TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS 
Prof. Arthur Lima \u374 Aula 06 
 
 
 
Prof. Arthur Lima www.estrategiaconcursos.com.br 18 
22. FGV ± SEJAP/MA ± 2013) Os números naturais a partir do 1 (um) são 
escritos em um quadro de sete colunas na forma mostrada abaixo: 
1 2 3 4 5 6 7 
14 13 12 11 10 9 8 
15 16 17 18 19 20 21 
28 27 26 25 24 23 22 
29 30 31 32 33 34 35 
... ... ... ... ... 37 36 
... ... ... ... ... ... ... 
A coluna onde está o número 2013 é a: 
(A) segunda. 
(B) terceira. 
(C) quarta. 
(D) quinta. 
(E) sexta. 
RESOLUÇÃO: 
 Dividindo 2013 por 7, temos quociente 287 e resto igual a 4. Assim, até 
chegar no 2013 temos que preencher 287 linhas com 7 números cada, e ainda 
preencher mais 4 números na 288ª linha. Repare que, nas linhas pares (a segunda, 
a quarta etc), começamos preenchendo da direita para a esquerda, ou seja, da 
coluna 7 para a coluna 1. Portanto, devemos preencher 4 posições na 288ª linha 
para chegar na posição do 2013. São elas: coluna 7, coluna 6, coluna 5, coluna 4. 
Portanto, o 2013 está na coluna 4. 
Resposta: C 
 
23. FGV ± MPE/MS ± 2013) Em uma antiga fazenda foi encontrada uma caixa com 
15 moedas de aparência idêntica. As moedas eram dobrões portugueses do século 
XVIII como o que se vê abaixo. Junto com as moedas havia um bilhete do antigo 
fazendeiro dizendo que uma dessas moedas é falsa, pois todas as moedas 
verdadeiras têm mesmo peso e a falsa tem peso um pouco menos. 
 
40718706056
RACIOCÍNIO LÓGICO P/ SENADO 
TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS 
Prof. Arthur Lima \u374 Aula 06 
 
 
 
Prof. Arthur Lima www.estrategiaconcursos.com.br 19 
Utilizando uma balança de dois pratos e sem depender da sorte, o número mínimo 
de pesagens que permite identificar, com certeza, a moeda falsa é: 
a) 3. 
b) 5. 
c) 6. 
d) 7. 
e) 9. 
RESOLUÇÃO: 
 Podemos começar colocando 7 moedas em cada prato, e deixando 1 moeda 
de fora. O prato que ficar mais leve (por ter a moeda falsa) irá subir. Descartamos 
as demais moedas, e ficamos apenas com essas 7. 
 Na segunda pesagem, colocamos 3 moedas em cada prato, deixando 1 de 
fora. O prato que subir tem a moeda falsa. Descartamos as demais e ficamos 
apenas com essas 3. 
 Na terceira pesagem, colocamos 1 moeda em cada prato, e deixamos 1 de 
fora. O prato que subir contém a moeda falsa. Se eles se equilibrarem, a falsa é a 
moeda deixada de fora. 
 Portanto, em 3 pesagens é possível encontrar a moeda falsa com certeza. 
Resposta: A 
 
24. FGV ± DETRAN/MA ± 2013) A figura a seguir mostra uma operação de adição 
com dois números de três algarismos. Cada letra representa um algarismo diferente 
dos que já aparecem, letras iguais representam algarismos iguais e letras diferentes 
representam algarismos diferentes. 
AB8 
BBC 
77A 
A letra C representa o algarismo: 
(A) 3. 
(B) 4. 
(C) 5. 
(D) 6. 
(E) 7. 
RESOLUÇÃO: 
40718706056
RACIOCÍNIO LÓGICO P/ SENADO 
TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS 
Prof. Arthur Lima \u374 Aula 06 
 
 
 
Prof. Arthur Lima www.estrategiaconcursos.com.br 20 
AB8 
BBC 
77A 
 
 Observe que A deve ser menor do que 7, pois na última operação (à 
esquerda) temos A + B = 7. Da mesma forma, é preciso que B seja menor do que 7. 
 Repare ainda na operação do meio, que é B + B. Ela deve dar um número 
terminado em 7. Como B + B é par, é preciso que venha 1 unidade da operação 8 + 
C. Assim, na verdade temos B + B = 6, de modo que B = 3. Ficamos com: 
A38 
33C 
77A 
 
 Na operação da esquerda, note que é preciso ter A = 4, de modo que A + 3 = 
7. Até aqui, temos: 
438 
33C 
774 
 
 Logo, é preciso ter C = 6, para que 8 + C = 14, ficando o 4 e passando 1 
unidade para a próxima conta. De fato: 
438 
336 
774 
Resposta: D 
 
25. FGV ± FUNARTE ± 2014) Em um encontro de artistas, o cadastro dos 
participantes mostrou a distribuição das pessoas de acordo com sua área de 
atuação. Essa distribuição pode ser vista na tabela a seguir: 
 
Estes dados podem ser representados em um gráfico de setores como o abaixo: 
40718706056
RACIOCÍNIO LÓGICO P/ SENADO 
TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS 
Prof. Arthur Lima \u374 Aula 06 
 
 
 
Prof. Arthur Lima www.estrategiaconcursos.com.br 21 
 
O ângulo central do setor que representa os artistas de Teatro mede, 
aproximadamente: 
(A) 62° 
(B) 65° 
(C) 68° 
(D) 72° 
(E) 75° 
RESOLUÇÃO: 
 Veja que os artistas de teatro correspondem a 18% do total. Se eles fossem 
100%, ocupariam o círculo todo, e o ângulo central seria igual a 360º (ou seja, uma 
volta inteira). Assim, podemos montar a regra de três simples: 
100% ------------- 360º 
18% ---------------