Wa1 - Adm - Administração de Produção e Logística
12 pág.

Wa1 - Adm - Administração de Produção e Logística


DisciplinaAdministração da Produção e Logística162 materiais2.086 seguidores
Pré-visualização4 páginas
Administração de Produção e Logística
WebAula 
	Visão geral
	
	Apresentação da disciplina:
	
	Prezados alunos, estaremos juntos ao longo das unidades de estudo presentes na disciplina de Produção e Logística que compõem a matriz curricular do Curso de Graduação em Administração neste semestre.
A área de funcional de Produção e Logística é uma parte vital de toda empresa, seja ela industrial, comercial ou de serviços. Os estudos nessa área permitem  otimizar resultados por meio de um planejamento adequado que proporciona redução de custos operacionais e de retrabalhos. Além disso, os métodos estudados em produção e logística permitem o correto gerenciamento das matérias-primas e suprimentos, bem como sua utilização em tempo adequado, criando os valores de lugar e tempo, ou seja, o produto certo, no lugar indicado, dentro do prazo correto.
Nesta disciplina, tais fatores serão abordados de forma conceitual e também por meio de exemplos que demonstrem a importância deste conhecimento ao profissional de administração e à empresa como um todo, conhecimento este, que serve como um diferencial competitivo e permite, quando avaliado junto a outros aspectos, tomar decisões relativas a investimentos na planta produtiva ou reduzir tais investimentos.
Aproveitem o conhecimento oferecido pela disciplina, conheçam e explorem os materiais disponíveis e sugeridos. Vocês poderão observar que eles trazem embasamento necessário para o entendimento da área, mas que os conteúdos não serão exauridos, pois o exercício profissional exige constante estudo e aprimoramento. É importante também que apliquem-se em cada uma das web aulas, uma vez que, a partir delas, vocês poderão realizar as avaliações virtuais.
Um forte abraço e bons estudos!
Profª. Julliana Faggion
	
 
	Objetivos:
	
	Analisar e compreender o universo da administração de produção e logística em empresas, para atuar em ambientes caracterizados pela mudança contínua e inovação, visando a atuação em organizações públicas e privadas.
	
	Conteúdo Programático:
	
	Unidade 1
Conceitos de Logística Empresarial. Armazenagem e Controle. Distribuição Física. Custos Logísticos. Logística Reversa. Tópicos Emergentes.
Unidade 2
Arranjo Físico e Localização de Instalações. Gerência de Operações e Serviços. Planejamento Agregado. Planejamento das Necessidades de Materiais. Previsões. Produção, Competitividade e Estratégia. Projetos de Sistemas de Produção. Sistemas aplicados à Produção.
	
	Metodologia:
	
	
	Os conteúdos aqui trabalhados não esgotam o assunto, sendo necessário ao aluno observar em materiais complementares um maior aprofundamento acerca dos tópicos trabalhados. Para isso, o aluno deve acessar os links indicados, assistir aos vídeos propostos, realizar as leituras sugeridas, de maneira a não apenas assimilar o conteúdo, como também ter condições de realizar as avaliações previstas.
	
	
 
	Avaliação Prevista:
	
	
	Serão realizadas duas avaliações virtuais, com 5 (cinco), questões objetivas cada e uma prova presencial com 10 (dez) questões objetivas e 2 (duas) questões dissertativas, referentes ao material da disciplina, bem como aos conteúdos indicados em links, vídeos, reflexões, além das referências digitais que constam na área restrita do aluno como materiais complementares.
	
WEB AULA 1
Unidade 1 \u2013 Logística \u2013 Principais Conceitos
 
A LOGÍSTICA EMPRESARIAL
A Logística Empresarial é compreendida pela administração, dentro da área de produção, como a parte da administração geral que cuida especificamente do armazenamento, transporte e distribuição de matérias-primas, suprimentos, produtos acabados e semi-acabados, inclusive de informações. Novaes (2004), explica que o conceito de logística é proveniente das operações militares, que ao traçar suas estratégias de guerra, visando a obtenção do sucesso de suas tropas, era necessário providenciar o deslocamento das tropas na hora e no lugar certo, tendo para isso, as quantidades ideais de munição, víveres, equipamentos e socorro médico para o campo de batalha.
Destas operações, quando surgiram os conceitos dos grupos logísticos militares; notou-se que tais estratégias influenciavam diretamente os resultados, tendo em vista que a elas estavam ligadas aos valores de lugar e tempo; ou seja; a quantidade de material correta, no local correto, para atender à demanda correta, no período de tempo determinado. Logo, este conceito foi adaptado ao âmbito organizacional, especificamente no gerenciamento de materiais.
Figura 1 \u2013 Logística Empresarial.
Fonte: Ballou (2004).
Nas empresas, a logística empresarial é um processo estratégico que visa o abastecimento e a distribuição física de materiais em tempo hábil e local adequado, num processo que envolve fornecedores e clientes na cadeia logística. O gerenciamento das funções logísticas, tanto internamente, dentro das organizações (aquisição, armazenagem e transporte interno), quanto externamente, na distribuição (armazenagens intermediárias e transporte), é que resultará quantidades produzidas e entregues em períodos exatos e, com isso, a satisfação do cliente.
Logística é o processo de planejar, implementar e controlar de maneira eficiente o fluxo e a armazenagem de produtos, bem como os serviços e informações associados, cobrindo desde o ponto de origem até o ponto de consumo, com o objetivo de atender aos requisitos do consumidor. (Council of Logistics Management) (NOVAES, 2001).
Os estudos da logística empresarial compreendem conceitos específicos e os métodos utilizados na operação e no gerenciamento das principais funções logísticas relacionadas ao transporte, à armazenagem e à distribuição física de suprimentos, matérias-primas, produtos semiacabados e acabados.
 
Função de Transporte
O primeiro ponto a ser estudado na função logística de transporte refere-se às modalidades de transporte utilizadas no suprimento e na distribuição física de produtos (entradas e saídas). A melhor escolha do transporte compreende a escolha da melhor relação custo-benefício. As modalidades de transporte utilizadas atualmente são: Modal Rodoviário (lotação completa e carga fracionada); Modal Ferroviário; Modal Aquaviário (Interior: Fluvial e Lacustre. Marítimo: de longo curso; de pequena cabotagem e de grande cabotagem); Modal Aéreo e Modal Dutoviário.
Figura 2 \u2013 Comparativo entre modais de transporte.
Fonte: Marques; Oda (2012, p. 72).
Muitas vezes, o transporte de uma mercadoria até o destino final pode ser realizado por meio de dois ou mais modais, a esta combinação podemos tratar como intermodalidade ou multimodalidade, dependendo do caso. A intermodalidade, segundo a European Conference of Ministers of Transport, é: \u201cO movimento de bens em uma única unidade de carregamento, que usa sucessivos modais de transporte sem manuseio dos bens na mudança de um modal para outro\u201d. Neste caso, a emissão de documentos de transportes independentes (romaneios, notas fiscais, conhecimentos de frete), compete a cada transportador. Conquanto que na multimodalidade existe a necessidade de apenas um documento de transporte, emitido pelo OTM (Operador de Transporte Multimodal), de ponta a ponta.
Função de Armazenagem
O termo armazenagem ou estocagem consiste nas seguintes funções: recepção; conferência; alocação; reposição; manutenção; controle e distribuição das mercadorias. Estas mercadorias podem ser: matérias-primas; produtos semiacabados (em processo) ou produto final.
A gestão de estoques é o controle das funções de estoque de forma que os custos com cada uma sejam minimizados. As funções devem ser coordenadas da melhor forma possível, ou seja, em algumas vezes é melhor comprar mais vezes um produto num determinado período de tempo do que ter uma quantidade maior de estoque deste mesmo produto para atender a demanda neste mesmo período de tempo. Ou então, é melhor armazenar as mercadorias de forma que exija maior deslocamento dos estoquistas, mas aproveite melhor o espaço, do que armazená-las com proximidade e exigir
Vanderlei
Vanderlei fez um comentário
O suprimento e a distribuição física de produtos são o primeiro ponto a ser estudado na função logística, bem como as modalidades de transporte utilizadas. A melhor escolha de transporte compreende a escolha da melhor relação custo-benefício. As modalidades de transporte utilizadas atualmente são: Modal Rodoviário (lotação completa e carga fracionada); Modal Ferroviário; Modal Aquaviário (Interior: Fluvial e Lacustre. Marítimo: de longo curso; de pequena cabotagem e de grande cabotagem); Modal Aéreo e Modal Dutoviário. Assim, leia as proposições a seguir que apresentam características entre os modais de transporte e escolha a alternativa correta: Alternativas: a) A capacidade de carga do Modal Marítimo é média. b) A disponibilidade do Modal Rodoviário é média. c) A flexibilidade no Modal Fluvial é média. d) O tempo de deslocamento do Modal Dutoviário é médio. e) A flexibilidade no Modal Fluvial é baixa. ... Veja mais
1 aprovações
Carregar mais