A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
Prova 1

Pré-visualização | Página 1 de 2

Verdadeiro ou falso:
1 – O CREA-RS, CONSELHO REGIONAL DE ENGENHARIA é a entidade autárquica de fiscalização do exercício e das atividades profissionais dotada de personalidade jurídica de direito público, constituindo serviço público federal, vinculada ao CONEA – Confederação Nacional de Engenharia e Agronomia.
Verdadeiro	(B) Falso
2 – ART é o documento que especifica as responsabilidades do profissional quanto aos serviços executados.
Verdadeiro	(B) Falso
3 – A Graduação de Engenharia Civil na UNIJUÍ possibilita uma formação profissional especialista (?????) conteúdos profissionalizantes e os conteúdos específicos de engenharia civil que compõem o currículo do curso visa formar engenheiros civis calculistas, por isso tem um número significativo de disciplinas de cálculo.
Verdadeiro	(B) Falso
4 – O engenheiro civil pode ter como responsabilidade a execução dos mais variados tipos de propondo métodos e técnicas de construção mais eficientes para cada caso, porém não pode atuar no âmbito de planejamento e a construção das mesmas.
Verdadeiro	(B) Falso
5 – O mercado de engenharia civil é o mais promissor, considerando principalmente a construção civil, onde há um grande interesse do setor privado em construções de estradas, portos, hidrelétricas, etc. Além disso, este profissional poderá ser recrutado em empresas públicas ou privadas, para também atuar em funções correlacionadas com recursos hídricos, na indústria, na Engenharia de transportes, na Geotecnia, nos setores de qualidade e segurança.
Verdadeiro	(B) Falso
6 – CAMARGOS (2008, p. 25) denomina as Organizações do Terceiro Setor como as diversas instituições do Terceiro Setor que de forma complementar, suplementar ou substitutiva ao Estado prestam auxílio à aqueles que necessitam. Porém, existem também outras organizações do Terceiro Setor que não direcionam suas ações e objetivos em causas tão solidárias e altruístas, no que diz a respeito ao bem público, quanto aos citados anteriores. Estas organizações são formadas com o intuito de defender os interesses de organizações do Segundo Setor, ligadas à indústria e ao comércio.
De acordo com Hudson (1999, p.12) a definição para Organizações do Terceiro Setor seria: “(...) organizações cujos objetivos principais são sociais, em vez de econômicos. A essência do setor engloba instituições de caridade, organizações religiosas, entidades voltadas para as artes, organizações comunitárias, sindicatos, associações profissionais e outras organizações voluntárias”.
Neste contexto é correto afirmar que a ASENAI – ASSOCIAÇÃO DE ENGENHEIROS E ARQUITETOS DE IJUÍ, é uma organização do Terceiro Setor, registrada no CREA-RS
Verdadeiro 	(B) Falso
7 – A organização da sociedade tem seu desenvolvimento resultante da conjunção de três elementos básicos:
- O primeiro é um conjunto de (???) e ambiente que estimula a criatividade e o estabelecimento de ampla rede que facilite o fluxo do conhecimento.
- O segundo é a postura e forma de utilização do conhecimento disponível em favor da sociedade.
- Por fim a capacidade de gerenciar meios essenciais à realização dos dois primeiros elementos, denominada por alguns setores de governança.
(A) Verdadeiro 	(B) Falso
8 – A TECNOLOGIA é a nova base da nova teoria do crescimento [Cf. Elhanan Helpman, prof. de economia de Havard]. Esta nova teoria afirma, entretanto que os benefícios ficam restritos as empresas que realizam investimentos e aos países que as abrigam. 
Verdadeiro	(B) Falso
9 – Atualmente tem-se a clara percepção nos países de primeiro mundo que o conhecimento é o (???) fundamental da nova economia. Nesta nova era a inovação é o processo mais importante, pois transforma ciência e tecnologia em produtos e processos que agregam valor.
Verdadeiro	(B) Falso
10 – Chamam-se obras de arte, no tempo de engenharia civil, obras como pontes, viadutos e outras similares.
Verdadeiro	(B) Falso
11 – Em relação ao papel da Engenharia Civil no mundo atual pode se afirmar que a globalização dos mercados e o consequente aumento da competição obrigam as empresas a realizar investimentos nas áreas produtivas de gestão empresarial com o objetivo de redução de custos, melhorar a qualidade e a aumentar a produtividade.
Verdadeiro	(B) Falso
12 – Além da construção, o engenheiro civil também pode atuar na área de transportes. Neste sentido é correta afirmar que 
Os engenheiros civis atuam na construção de estradas, metro e trens urbanos.
Os engenheiros civis planejam a integração dos meios de transporte, assim como a ligação entre o metrô e ônibus.
Os engenheiros civis planejam grandes avenidas e pistas rápidas para os veículos.
 São corretas apenas as afirmações
II e III.
Apenas II.
I e II.
As alternativas A, B e C estão corretas.
As alternativas A, B e C estão incorretas.
13 - Ler atentamente o texto abaixo:
As perspectivas da Engenharia Civil no Brasil
Texto de Luiza Lages, disponibilizado em http://guiadoestudante.abril.com.br/feira-do-estudante/belo-horizonte/perspectivas-engenharia-civil-brasil-702859.shtml. Acesso em 13 de Agosto de 2013.
O Brasil forma 32 mil engenheiros civis por ano, mas esse número ainda é baixo. Segundo a Confederação Nacional da Indústria (CNI), o país teria que formar 60 mil engenheiros anualmente. “Isso se dá em função do crescimento do país, do enriquecimento das classes mais baixas que precisam de novas habitações, de mais infraestrutura e serviços. E essas demandas entram diretamente no nicho de produção do engenheiro civil”, explica a diretora de infraestrutura da Sudecap/BH, Ana Paula Fernandes Furtado. A engenheira civil falou neste sábado (22) aos estudantes presentes na Feira GE Belo Horizonte sobre a carreira e as perspectivas para quem quer seguir a área. Para ela, a demanda de profissionais deve se manter a mesma para os próximos anos. [...] Mesmo frente a uma crise econômica mundial e uma possível estagnação do crescimento, ela assegura que a necessidade de criar e aprimorar a infraestrutura existente não para.
[...]Ana Paula, que já foi responsável por trabalhos ligados à urbanização e habitação de vilas e favelas, além de projetos de infraestrutura diversos, conta que hoje trabalha com o que mais gosta: projetos de construção pesada. O ideal é experimentar um pouco de tudo dentro da faculdade e também depois de formado, para então assumir a rotina em uma área.
[...]A diretora do Sudecap só optou pela engenharia depois de fazer alguns estágios na área, a partir do curso técnico em Saneamento, no Cefet MG. Para ela, a prática é fundamental para um engenheiro, e no mercado não faltam apenas profissionais, mas profissionais bem preparados.
A partir do texto é possível retirar algumas conclusões. Assinale a alternativa correta:
A engenharia civil não precisa antecipar os impactos ambientais e sociais que uma obra vai ter no futuro.
A dica para ser um bom profissional é estudar muito, participar de atividades de extensão e pesquisa e sempre fazer estágios.
O engenheiro não precisa ter curiosidade aguçada, nem estar antenado ao que está acontecendo, pois já finalizou seu aprendizado quando concluiu sua formação formal.
O mercado de trabalho não espera que os profissionais de engenharia civil busquem aprimoramento profissional continuado, isso é atribuição de outros profissionais.
A engenharia civil não tem relação como o nosso cotidiano.
14 – Como é denominada a subárea da Engenharia Civil que se dedica à construção de edifícios, pontes e viadutos:
Construção Civil.
Construção de Experimentação.
Construção Militar.
Construção Predial.
Construção de Infraestrutura.
15 – Sabe-se que as Engenharias desenvolvem atividades cooperadas entre si. Então é correto afirmar em relação à Engenharia Civil:
Os engenheiros mecânicos projetam e desenvolvem equipamentos utilizados pelos engenheiros civis.
A engenharia química desenvolve produtos usados pelos engenheiros civis.
 Os projetos de prédios e as obras de infraestrutura desenvolvidas por engenheiro civil beneficiam apenas parte da sociedade, especialmente