A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
14 pág.
AULA 2 - obtenção de E pelos seres vivos

Pré-visualização | Página 1 de 1

*
*
*
TODOS OS ORGANISMOS VIVOS NECESSITAM DE ENERGIA
Para quê?
Trabalho QUÍMICO: síntese de moléculas biológicas complexas, necessárias ás células 
Trabalho de TRANSPORTE: transporte de nutrientes e de íons para interior das células, através das membranas biológicas 
Trabalho MECÂNICO: mobilidade, ou mudança de localização física de organismos, células e organelas intracelulares
METABOLISMO DOS SERES VIVOS
Obtenção de Energia
*
*
*
De onde retirar esta energia?
Luz
Compostos orgânicos
Compostos inorgânicos
Como retirar e converter a energia em trabalho ou ligações químicas?
Através do Metabolismo 
*
*
*
ENERGIA DA CÉLULA
	Uma célula viva requer energia para realizar diferentes tipos de trabalho, incluindo:
Biossíntese das partes estruturais da célula, tais como paredes celulares, membrana ou apêndices externos;
Síntese de enzimas, ácidos nucleicos, polissacarídeos, fosfolipídeos e outros componentes químicos da célula;
Reparo de danos e manutenção da célula em boas condições;
Crescimento e multiplicação;
Armazenamento de nutrientes e excreção de produtos de escória;
Mobilidade
*
*
*
ENERGIA DA CÉLULA
Obtida através da quebra de moléculas orgânicas
Armazenada na forma de ATP
Utilizada na síntese de moléculas ou outras funções celulares
*
*
*
OPÇÕES METABÓLICAS PARA OBTENÇÃO DE ENERGIA:
(Madigan et al., Fig. 2.8)
*
*
*
Autotróficos: fixam carbono do CO2
A maioria dos fototróficos são autotróficos: fotoautotróficos
Produção primária – uso de uma fonte de energia química ou luz para produzir nova matéria orgânica a partir do CO2
Heteretróficos: obtêm carbono de compostos carbonados orgânicos pré-existentes.
	Os procariontes podem ser: quimioautotróficos, quimioheterotróficos, fotoautotróficos e fotoheterotróficos.
	Os eucariontes podem ser: fotoautotróficos e quimioheterotróficos.	
Fontes de carbono:
*
*
*
*
*
*
ADP: difosfato de adenosina
ATP: trifosfato de adenosina, um nucleotídeo formado por uma base nitrogenada- a adenina, um açúcar - a ribose e três moléculas de ácido fosfórico
Função: armazenar energia 
GLOSSÁRIO
*
*
*
NAD: nicotinamida-adenina dinucleotídeo
 Função: transportador hidrogênio 
NADH: nicotinamida-adenina dinucleotídeo
FAD: flavina-adenina dinucleotídeo
Função: transportador hidrogênio
FADH: flavina-adenina dinucleotídeo
*
*
*
Metabolismo
Respiração aeróbia
Respiração anaeróbia
Fermentação
*
*
*
Metabolismo
Conjunto de processos ou reações coordenadas e reguladas utilizadas por cada organismo vivo para obtenção de energia e sua conversão em constituintes biológicos para a manutenção da espécie.
Energia usada pelos organismos  luz solar  fotoautotróficos  a partir do CO2 produzem carboidratos.
Quimioheterotróficos  utilizam as moléculas complexas produzidas pelos fotoautotróficos  fonte de energia e blocos construtores de suas macromoléculas.
*
*
*
COMPOSTOS ENERGÉTICOS
LUZ
CARREGADORES DE ENERGIA
ORGÂNICOS
INORGÂNICO
MOEDA ENERGÉTICA
CATABOLISMO: PROCESSO PRODUTOR DE ENERGIA
*
*
*
AMBIENTE
LUZ
NADH, FADH2
CARBOIDRATOS,
 LIPÍDEOS,
 PROTEÍNAS,
 ETC.
SO4--, NO3-, CO2
ATP
CATABOLISMO: PROCESSO PRODUTOR DE ENERGIA
*
*
*
COMPOSTOS 
ORGÂNICOS
 (intracelulares)
AMINOÁCIDOS,
 VITAMINAS, NUCLEOTÍDEOS, ETC.
CARBOIDRATOS,
 LIPÍDEOS,
 PROTEÍNAS, ÁCIDOS NUCLEICOS
 ETC.
ATP
ANABOLISMO: PROCESSO CONSUMIDOR DE ENERGIA
ATP
COMPOSTOS 
ORGÂNICOS 
(extracelulares)
CO2
ATP
Figure: 02-08
Caption:
Metabolic options for obtaining energy. The organic and inorganic chemicals listed here are just a few of the many different chemicals used by various chemotrophic organisms. Oxidation of the organic or inorganic chemicals yields ATP in chemotrophic organisms while conversion of solar energy to chemical energy (again, in the form of ATP) occurs in phototrophic organisms.