A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
26 pág.
Formas de Uso de Plantas Medicinais

Pré-visualização | Página 2 de 2

de plantas secas ou 100g de plantas frescas para 
1000mL de água quente; Coar. 
 Imersão da região afetada no líquido. 
 
 
 
 
 
 
Inalações 
 Vapor de água quente com óleos essenciais inalados sob 
abafamento; 
 Indicado para aliviar afecções catarrais das vias 
respiratórias; 
 Preparo: 1 a 2 gotas ou uma colher de sopa de óleo 
impregnado em 500mL de água fervente. 
 
 
 
 
 
 
Colutório (Bochechos e Gargarejos) 
 Uso de decoctos para higienização e tratamento de 
afecções das gengivas, mucosas, amígdalas e faringe; 
 Uso externo. 
 
 
 
 
 
 
Unguentos 
 São cataplasmas em base gordurosa; 
 10g de ervas secas ou 20g de ervas frescas para 20mL de 
óleo ou azeite; 
 Após 2 horas em banho-maria espremer e colocar cera de 
abelha ou vaselina. 
 
 
 
 
 
 
Óleos para Massagem 
 Substituem as pomadas e compressas; 
 Mesma proporção do unguento, porém a maceração é 
feita por 7 dias a frio no escuro ou por 2 horas em banho-
maria. 
 
 
 
 
 
 
Pomadas 
 São tinturas em base gordurosa; 
 Composição: 
 Tintura hidroalcoólica 20% 
 Lanolina 10% 
 Vaselina 70% 
 Preparar em banho-maria. 
 
 
 
 
 
 
Creme 
 Usa-se como base o creme Lainetti; 
 Composição: 10mL de tintura glicólica + 100mL de creme. 
 
 
 
 
 
 
Shampoos 
 Duram 3 meses quando conservados em geladeira; 
 Composição: 10mL de tintura glicólica + 100mL de lauril.