A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
40 pág.
Fisiologia_do_sistema_nervoso_e_sistema_neuromuscular

Pré-visualização | Página 2 de 2

o GABA. 
GABA (ácido gama-amino butírico)
	O GABA é o maior neurotransmissor inibitório
	É encontrado em altas concentrações no cérebro e na medula espinhal. 
*
*
*
Neurotransmissores (cont)
Serotonina
	Relacionado à depressão, sono, sexo e à regulação da temperatura corpórea. Tem um profundo efeito no humor, na ansiedade e na agressão. 
	Neurotransmissor do”bem estar”
Peptídeos opióides
	Produzem analgesia atuando em receptores específicos existentes no cérebro,
	Estão envolvidos na mediação da tosse, náuseas, vômitos, manutenção da pressão sangüínea e controle das secreções estomacais,
	Concentrações de receptores opióides no sistema nervoso central afetam o comportamento emocional. 
Fonte adaptada:
www.cerebromente.org.br
*
*
*
Degradação dos neurotransmissores
Neurotransmissão
*
*
*
Fisiologia Músculos Esqueléticos
Junção neuromuscular
 Tipos de músculo
 Contração muscular
*
*
*
Junção Neuromuscular e Placa Motora 
Junção neuromuscular é a junção entre a parte terminal de um axônio motor com uma placa motora (ou sinapse neuromuscular), 
A placa motora é a região da membrana plasmática de uma fibra muscular (o sarcolema) onde se dá o encontro entre o nervo e o músculo permitindo desencadear a contração muscular.
*
*
*
Estrutura muscular
http://faculty.southwest.tn.edu/rburkett/A&P1%20Muscle%20Physiology.htm
*
*
*
Tipos de músculo
*
*
*
Sarcômero
Linha Z
Linha Z
*
*
*
Contração muscular
sarcômero
http://www.accessexcellence.org/RC/VL/GG/muscle_Contract.html
*
*
*
Contração muscular
*
*
*
Etapas da contração muscular
Impulso nervoso
Potencial de ação e liberação da acetilcolina
Potencial de placa motora
Despolarização da célula (excitação)
Túbulos transverso – retículo sarcoplasmático
Liberação do ca ++ 
União do ca ++ e a troponina no músculo
Interação entre a actina e miosina
*
*
*
Tipos de fibras musculares
Fibras de contração lenta
Fibras tipo I
Fibras de contração rápida
Fibras Tipo II a
Fibras Tipo II b
*
*
*
Tipos de fibras musculares (cont)
Características bioquímicas da fibra muscular
Capacidade oxidativa
Atividade ATPase
Propriedades contráteis do músculo esquelético
Produção de força (tensão específica)
Velocidade de contração (Vmax)
Eficiência da fibra muscular
	
*
*
*
Regulação da força muscular
Fatores que influenciam na força de contração
Quantidade de unidades motoras recrutadas e o tipo de fibras
Comprimento inicial do músculo
Natureza do estímulo nervoso
Somação e tetania
*
*
*
Contração Tetânica
Tetania
*
*
*
Receptores sensoriais do músculo
Quimiorreceptores – sensíveis à alterações do PH, concentrações do potássio, O2 e CO2
Órgãos tendinosos de Golgi – Informa ao SN a tensão desenvolvida pelo músculo
Fuso muscular – detecta o comprimento do músculo
*
*
*
Estudo Dirigido
O que é e quais são os tipos de sinapses?
A manutenção do potencial de membrana é essencial para a estabilidade da célula, mantendo um interior negativo em relação ao exterior. Explique esse fenômeno, como base no funcionamento dos canais iônicos e transportadores de íons.
Qual a importância dos neurotransmissores para a transmissão do impulso nervoso?
Qual o papel da acetilcolina na contração do músculo esquelético?
No caso de um movimento de contração voluntária, de descreva os passos e as estruturas (vias aferente e eferente) envolvidos na execução do movimento da marcha.