A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
Riscos do Óleo de Xisto

Pré-visualização | Página 1 de 1

Riscos possíveis do Óleo de Xisto
Os riscos identificados em caso de acidente do transporte de Óleo de Xisto são categorizados entre as características de inflamabilidade, os riscos a saúde e ao meio ambiente. 
Em relação ao fogo, o Óleo de Xisto é um produto inflamável em presença de fonte de ignição ou aquecimento. 
Os riscos passíveis para a saúde humana são de: irritação da pele, olhos e vias respiratórias, a inalação prolongada do produto perigoso pode causar dor de cabeça, náuseas, alucinações visuais, embriaguez e perda da consciência. 
Os riscos passíveis para o meio ambiente são de foco em contaminação dos cursos d’água de forma que os tornam impróprios para a sua finalidade, se ainda for se uso para abastecimento publico a atenção à contaminação deve ser maior e ainda prejudicar a fauna e a flora no local do derramamento. Se houver escoamento do produto perigoso para a rede de esgoto pode causar explosão e risco de fogo. E os possíveis vapores provenientes do produto são mais pesados que o ar. 
Procedimentos de emergência para cada tipo de risco
Vazamento
Em caso de vazamento, o veiculo deve ser afastado da rodovia e o motor desligado. As fontes de ignição devem ser evitadas e fumar no local não é recomendado. 
O isolamento e a sinalização do local são necessários e de importância para que auxilie os motoristas e os socorristas ao passarem pelo local. 
Para tentar parar o vazamento utilize os EPIs (mascara contra gases, luvas e óculos) e evitando o contato com o produto. 
A Policia Rodoviária deve ser acionada, assim como o Corpo de Bombeiros, Defesa Civil, empresa transportadora e o órgão de meio ambiente.
Para a dissipação dos vapores é recomendado o uso de neblina d’água. E se caso a contenção do vazamento ser impossível transferir o maior volume para outro veiculo. 
Fogo
Em caso de fogo é recomendado o uso de extintores de pó químico, CO₂ ou espuma para hidrocarboneto. 
O uso da água é em forma de neblina para resfriar lateralmente os recipientes expostos ao fogo e para evitar a explosão. E não é recomendável o uso de água diretamente sobre o fogo.
Poluição
Em caso de acidente e derrame do produto perigoso deve se realizar a contenção do liquido de forma que evite o seu escoamento para cursos d’água próximos ao local ou rede de esgotos. O produto neste caso precisa ser absorvido em terra e transferido para uma caçamba e realizar a transferência dessa caçamba para local aberto para que ocorra a evaporação. Com tudo, acionar o órgão de controle ambiental. 
Envolvimento de pessoas
Em casos que haja inalação, levar a vitima para local arejado. Se não estiver respirando realizar procedimento de utilização de respiração artificial. Em questões de contato, lavar bem a pele onde foi atingido e os olhos com bastante água. 
Roupas que tenham entrado em contato com o produto precisam ser removidas e acondicionadas em loção próprio. 
Se houver ingestão, não provocar vomito e manter a vitima aquecida ate a chegada do socorro médico.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.