TEORIA DA BUROCRACIA NA ADMINISTRAÇÃO
8 pág.

TEORIA DA BUROCRACIA NA ADMINISTRAÇÃO


DisciplinaAdministração Rural e Agronegócios17 materiais201 seguidores
Pré-visualização3 páginas
TEORIA DA BUROCRACIA NA ADMINISTRAÇÃO
Quando surgiu a Teoria da Burocracia na Administração?
A Teoria da Burocracia desenvolveu-se dentro da Administração ao redor dos anos 40. O ressurgimento da Sociologia da Burocracia, a partir da descoberta dos trabalhos de Max Weber.
Explique o conceito de racionalidade na Teoria da Burocracia.
De fundamental importância para o desenvolvimento de conceitos na teoria weberiana, umdos pontos centrais nesta teoria, o alicerce para toda a construção da modalidade de funcionamentodos sistemas sociais atuais. Burocracia é uma forma de organização, que se baseia na racionalidade, isto é, na adequação dos meios aos objetivos (fins) pretendidos, a fim de garantir a máxima eficiência possível no alcance dos objetivos.
Explique os tipos de sociedade segundo Weber.
Weber identifica três tipos de sociedade:
Sociedade tradicional: onde predominam características patriarcais e patrimonialistas, como a família, o clã, a sociedade medieval etc.
Sociedade carismática: onde predominam características místicas, arbitrárias e personalísticas, como nos grupos revolucionários, nos partidos políticos, nas nações em revolução etc.
Sociedade legal, racional ou burocrática: onde predominam normas impessoais e racionalidade na escolha dos meios e dos fins, como nas grandes empresas, nos estados modernos, nos exércitos etc.
Explique os conceitos de autoridade, poder, legitimidade segundo Weber.
Weber define autoridade como sendo a probabilidade de que um comando ou ordem específica seja obedecido. Poder, segundo Max Weber, significa toda probabilidade de impor a própria vontade numa relação social, mesmo contra resistências, seja qual for o fundamento dessa probabilidade. Segundo Max Weber, a legitimidade é a crença social num determinado regime, visando obter a obediência, mais pela adesão do que pela coacção, o que acontece sempre que os respectivos participantes representam o regime como válido, pelo que a legitimidade se torna na fonte do respeito e da obediência consentida.
Explique a autoridade tradicional, características, legitimação do poder e aparato de dominação, respectivos.
Autoridade tradicional: quando os subordinados aceitam as ordens dos superiores como justificadas, porque essa sempre foi a maneira pela qual as coisas foram feitas. Divide em duas formas: a.1 Patrimonial, na qual os funcionários que preservam a dominação tradicional são os servidores pessoais do senhor \u2013 parentes, favoritos, empregados etc. \u2013 e são geralmente dependentes economicamente dele. a.2: Feudal, na qual o aparato administrativo apresenta maior grau de autonomia em relação ao senhor. Caracteristicas:
1. Caráter legal das normas e regulamentos.
Caráter formal das comunicações.
Caráter racional e divisão do trabalho.
Impessoalidade nas relações.
Hierarquia de autoridade.
Rotinas e procedimentos padronizados.
Competência técnica e meritocracia.
Especialização da administração.
Profissionalização dos participantes.
 Completa previsibilidade do funcionamento.
O poder legítimo é aquele no qual os gestores tem o direito, ou a autoridade; e os subordinados são obrigados a obedecer as ordens. o poder e a legitimidade dentro das organizações devem possuir um enfoque conjugado, ou seja, devem caminhar juntos. O poder sem legitimidade é utilizado através da força e nunca será bem aceito. TODA DOMINAÇÃO REQUER UM APARATO ADMINISTRATIVO (EXECUTAR ORDENS E ELEMENTOS DE LIGAÇÃO ENTRE GOVERNANTES E GOVERNADOS)
Explique a autoridade carismática, características, legitimação e aparato administrativo,respectivos.
Autoridade carismática: quando os subordinados aceitam as ordens do superior como justificadas, por causa da influência da personalidade e da liderança do superior com o qual se identificam.
legitimação é a ação de conferir legitimidade a um ato, um processo ou uma ideologia, de modo que se torne aceitável para uma comunidade. O poder é habitualmente legitimado através da autoridade.
APARATO ADMINISTRATIVO: BUROCRACIA (REGRAS IMPESSOAIS, DIREIROS E DEVERES.
Explique a autoridade legal, racional ou burocrática, características, legitimação e aparato administrativo, respectivos.
Autoridade legal, racional ou burocrática: quando os subordinados aceitam as ordens dos superiores como justificadas, porque concordam com certos preceitos ou normas que consideram legítima e dos quais deriva o comando.
legitimação é a ação de conferir legitimidade a um ato, um processo ou uma ideologia, de modo que se torne aceitável para uma comunidade. O poder é habitualmente legitimado através da autoridade.
APARATO ADMINISTRATIVO: BUROCRACIA (REGRAS IMPESSOAIS, DIREIROS E DEVERES
Quais os fatores que favorecem o desenvolvimento da burocracia, segundo Weber?
a) A fragilidade e parcialidade tanto da Teoria Clássica como da Teoria das Relações Humanas, ambas oponentes e contraditórias entre si, mas sem possibilitarem uma abordagem global, integrada e envolvente dos problemas organizacionais. Ambas revelam dois pontos de vista extremistas e incompletos sobre a organização, gerando a necessidade de um enfoque mais amplo e completo, tanto da estrutura como dos participantes da organização. 
b) Tornou-se necessário um modelo de organização racional capaz de caracterizar todas as variáveis envolvidas, bem como o comportamento dos membros dela participantes, e aplicável não somente à fábrica, mas a todas as formas de organização humana e principalmente às empresas. 
c) O crescente tamanho e complexidade das empresas passou a exigir modelos organizacionais mais bem definidos. Alguns historiadores verificaram que a "indústria em grande escala depende da sua organização, da Administração e do grande número de pessoas com diferentes habilidades. Milhares de homens e mulheres devem ser colocados em diferentes setores de produção e em diferentes níveis hierárquicos: os engenheiros e administradores no alto da pirâmide e os operários na base. Devem executar tarefas específicas, devem ser dirigidos e controlados. Tanto a Teoria Clássica como a Teoria das Relações Humanas mostraram-se insuficientes para responder à nova situação, que se tomava mais complexa. 
d) O ressurgimento da Sociologia da Burocracia, a partir da descoberta dos trabalhos de Max Weber, o seu criador. Segundo essa teoria, um homem pode ser pago para agir e se comportar de certa maneira preestabelecida, a qual lhe deve ser explicada com exatidão, muito minuciosamente e em hipótese alguma permitindo que suas emoções interfiram no seu desempenho. A Sociologia da Burocracia propôs um modelo de organização e os administradores não tardaram em tentar aplicá-lo na prática em suas empresas. A partir daí, surge a Teoria da Burocracia na Administração. 
Descreva as principais características da burocracia.
Caráter legal das normas e regulamentos.É uma organização ligada por normas e regulamentos previamente estabelecidos por escrito. É baseada em legislação própria que define com antecedência como a organização deve funcionar.
Caráter formal das comunicações.
 A burocracia é uma organização ligada por comunicação escrita. Todas as ações e procedimentos são feitos por escrito para proporcionar a comprovação e documentação adequadas.
3. Caráter racional e divisão do trabalho.
 A Burocracia é uma organização que se caracteriza por uma sistemática divisão do trabalho. Esta divisão do trabalho atende a uma racionalidade, é adequada ao objetivo a ser atingido: a eficiência da organização.
4. Impessoalidade nas relações.
 Essa distribuição das atividades é feita impessoalmente, ou seja
 é feita em termos de cargos e funções e não de pessoas envolvidas.
5. Hierarquia da autoridade.
 A burocracia é uma organização que estabelece os cargos segundo o princípio da hierarquia. Cada inferior deve estar sobre a supervisão de um superior. Nenhum cargo fica sem controle ou supervisão.
6. Rotinas e procedimentos padronizados.
 A burocracia é uma organização que fixa as regras e normas técnicas para o desempenho de cada cargo.