PLANO DE ENSINO CONTABILIDADE
14 pág.

PLANO DE ENSINO CONTABILIDADE


DisciplinaContabilidade Geral29.420 materiais420.209 seguidores
Pré-visualização3 páginas
Página 1 de 14 
 
 
 
 
 
 PRÓ-REITORIA 
DE GRADUAÇÃO 
05/02/201615 
06/11/2014 
 
PLANO DE ENSINO 2016.1 (UNIDADE CURRICULAR/DISCIPLINA) 
 
CURSO: 
 
 
Componente Curricular da 
Unidade Curricular (Disciplina) 
Créditos 
Carga 
Horária 
 
Formação: Bacharelado 
 
 
Teoria 2 40 
 Modalidade do Curso: 
Presencial 
 
 
Prática 
_ _ 
 
Currículo: 
 
 
TDE 1 20 
 
Turno: Noturno 
 
 
Prática no Campo Profissional _ _ 
 
Turma: 
EEC202- Contabilidade Geral I 
 
 
Total 
3 60 
 
 
UNIDADE CURRICULAR (DISCIPLINA): 
 
Código: EEC202 
 
Nome: Contabilidade Geral I 
 Modalidade da Unidade Curricular (Disciplina): 
Presencial 
 
 
 
Professor da Unidade Curricular (Disciplina): Joébeo Ramos de Oliveira 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 EMENTA 
 
 
 Registro de Operações; Elaboração das Demonstrações Contábeis: Balanço Patrimonial, Demonstração do Resultado do Exercício. 
 
 
 
 
 
 
 
Página 2 de 14 
 
 OBJETIVOS DA UNIDADE CURRICULAR (DISCIPLINA) 
 
 
 
Num 
Objetivos 
Gerais Num Objetivos Específicos 
 
 
 ODG1 
Compreender os principais fundamentos da Contabilidade Geral 
 
ODE1 
Compreender a Demonstração do Resultado do Exercício 
e o Balanço Patrimonial 
 
 
 ODG2 Compreender a elaboração das Demonstrações Contábeis: Balanço 
Patrimonial e Demonstração do Resultado do Exercício 
 
 
ODE2 
Aplicar as técnicas de escrituração contábil 
 
 
 
 
 
 
 
 COMPETÊNCIAS DA UNIDADE CURRICULAR (DISCIPLINA) 
 
CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 
 
 
Num 
Competência da Unidade Curricular (Disciplina) 
Num 
Unidade de Aprendizagem (Aula) ( 
tema/tópico/conteúdo) 
 CD1 Reconhecer as terminologias identificando a linguagem das Ciências 
Contábeis; 
 
 
U1 Apresentação da disciplina, do programa do curso, 
bibliografia e conceitos iniciais. 
 CD2 Identificar as atividades contábeis compreendendo a visão sistêmica e 
interdisciplinar 
U2 Registro das Operações 
Formação, Subscrição e integralização de capital; 
Balanço Patrimonial 
Apresentação, aspectos conceituais 
Finalidades e Normatização 
Critérios de Classificação e Avaliação 
 
 CD3 
Compreender selecionando o processo de identificação, reconhecimento, 
U3 Transações de compra e Venda 
Receitas e Despesas Financeiras 
 
Página 3 de 14 
 
mensuração e evidenciação dos fatos contábeis. 
 
 
 
 
Apuração e Destinação do Resultado 
Vendas de Ativos diversos (ganhos e perdas) 
CD4 Demonstrar capacidade de identificar e gerando informações para o 
processo decisório; 
 
U4 Transações de compra e Venda 
Apuração do Custo das mercadorias, produtos e 
serviços vendidos (inventário periódico e inventário 
permanente) 
Receitas e Despesas Financeiras 
 
 CD5 Interpretar aplicando a normatização inerente à contabilidade; 
 
U5 Aplicações Financeiras 
Despesas Antecipadas 
Métodos de depreciação, de amortização e de 
exaustão 
 
 CD6 Identificar a necessidade de informações dos usuários subsidiando o 
desenvolvimento de sistemas de informação; 
 
 
U6 Ativo Circulante 
Ativo Não Circulante 
Passivo Circulante 
Passivo Não Circulante 
Patrimônio Líquido 
 CD7 U7 Elaborando as Demonstrações Contábeis - I 
 
Página 4 de 14 
 
Compreender a conduta ética no exercício das atividades da área contábil. 
 
Elaborando as Demonstrações Contábeis - II 
 
CD8 
 
U8 Elaborando as Demonstrações Contábeis \u2013 III 
 
 CD9 U9 Elaborando as Demonstrações Contábeis - VI 
 
CD10 U10 Elaborando as Demonstrações Contábeis - V 
 
 
 
 
 METODOLOGIA DA UNIDADE CURRICULAR (DISCIPLINA) 
 
A concepção de aprendizagem significativa na UNIGRANRIO, aparece ressignificada em um contexto que leva em consideração também outros fatores, a origem sociocultural de nossos 
ingressantes, a responsabilidade social da Universidade e a decisão de integrar estratégias que garantam uma aprendizagem baseada na prática profissional, ou seja, a metodologia de ensino 
UNIGRANRIO tem coo fundamento o desenvolvimento da autonomia e da habilidade de identificar, descrever e solucionar problemas da prática profissional, visto a importância da formação 
dos alunos se ancorar em necessidades reais que os levem à busca contínua por respostas às mais variadas perguntas. Dessa forma, as aulas são dialógicas, centradas na interação entre 
professores e alunos na construção do conhecimento, com foco no processo de aprendizagem do aluno. 
 
Afirmando esse processo educativo no qual o estudante é o protagonista central, corresponsável pelo seu percurso formativo, e o professor apresenta-se como facilitador do processo de 
aprendizagem, a UNIGRANRIO optou por utilizar as metodologias ativas como uma das principais estratégias pedagógicas. 
 
Nessa disciplina serão utilizadas as seguintes estratégias de aprendizagem: pesquisa e leitura de textos, aulas expositivas, vídeos, entrevistas, observação de campo, discussões em grupo, 
metodologias ativas: DEBATE DIRIGIDO 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Página 5 de 14 
 
 AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM DA UNIDADE CURRICULAR (DISCIPLINA) 
 CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO 
 Na primeira avaliação (A1), as notas de aproveitamento correspondem ao somatório da nota da prova mais a nota do(s) instrumento(s) aplicado(s). 
 
Na segunda avaliação (A2), será creditado peso as avaliações (integrada + da disciplina) e será obtida a média ponderada. 
 
As avaliações serão sempre no modelo ENADE (questões que obriguem a reflexão do aluno). 
É considerado aprovado o aluno com média mínima de 7.0 (sete) nas duas avaliações do desempenho acadêmico, sendo a Média Final (MF) do semestre assim calculada: 
 MF = A1 + A2 
 2 
Ao aluno que não obtém média final (MF) para aprovação é permitido submeter-se a uma Avaliação Suplementar (AS), sendo considerado aprovado aquele que alcançar média igual ou superior a 6.0 (seis). Na 
eventualidade da AS, o Resultado Final (RF) corresponde à média aritmética dos pontos obtidos na MF e na AS, sendo assim calculado: 
RF = MF + AS 
 2 
 De acordo com o Regimento, é concedida segunda chamada somente para a Avaliação Suplementar, desde que haja motivo justo instruindo requerimento a ser apresentado dentro de quarenta e oito horas após a 
realização da primeira chamada, cabendo a decisão ao Diretor da Unidade Acadêmica a que se vincula a Disciplina ou a quem for por ele indicado para tal. 
 
SERÁ FEITO O SOMATÓRIO DA MÉDIA FINAL MAIS A NOTA DA AVALIAÇÃO SUPLEMENTAR DIVIDIDO POR 2. PARA SER APROVADO O ALUNO DEVERÁ ATINGIR MÉDIA > ou = 6,0 
 
METODOLOGIA DE AVALIAÇÃO 
NOTA 1 = Somatório das notas 
 Nota 1 =1º Instrumento = 3,0 
 2º Instrumento =7,0 
NOTA 2 = 1º Instrumento Prova Integrada- Vale 10 com peso 1 
 2º Instrumento Teste ou trabalho- Vale 10 com peso 3 
 3º Instrumento Prova Objetiva - Vale 10 com peso 6 
 
 
 
 
 
 
 
 
Página 6 de 14 
 
 BIBLIOGRAFIA DA UNIDADE CURRICULAR (DISCIPLINA) 
 Básica 
 1 MARION, José Carlos. Contabilidade Básica. 10. ed. São Paulo: Atlas, 2009. 
 2 NEVES, Silvério das; VICECONTI, Paulo. Contabilidade básica. São Paulo: Saraiva, 1996-2013. 
 3 PADOVEZE, Clovis Luiz. Manual de contabilidade