Aula 4 SUS Princípios e diretrizes
37 pág.

Aula 4 SUS Princípios e diretrizes


DisciplinaSaúde Coletiva9.874 materiais68.898 seguidores
Pré-visualização2 páginas
SUS 
PRINCÍPIOS 
E 
DIRETRIZES
Saúde Coletiva
Introdução
Constituição 1988:
capítulo VIII - secção II - artigo 196: 
	\u201cA saúde é direito de todos e dever do estado, garantido mediante políticas sociais e econômicas que visem a redução do risco de doença e de outros agravos e ao acesso universal e igualitário às ações e serviços para sua promoção, proteção e recuperação\u201d.
Introdução
O SUS é definido pelo artigo 198 do seguinte modo:
\u201cAs ações e serviços públicos de saúde integram uma rede regionalizada e hierarquizada, e constituem um sistema único, organizado de acordo com as seguintes diretrizes:
I. Descentralização , com direção única em cada esfera de governo;
II. Atendimento integral, com prioridade para as atividades preventivas, sem prejuízo dos serviços assistenciais;
III. Participação da comunidade.
Introdução
	
	O texto constitucional demonstra que a concepção do SUS estava baseado na formulação de um modelo de saúde voltado para as necessidades da população, procurando resgatar o compromisso do estado para
	com o bem-estar social, especialmente no que refere a saúde coletiva, consolidando-o como um dos direitos da CIDADANIA.
Introdução
Apesar do SUS ter sido definido pela Constituição de 1988 , ele só foi regulamentado em 19 de setembro de 1990 através da Lei 8.080.
Esta lei define o modelo operacional do SUS, propondo a sua forma de organização e de funcionamento.
Introdução
O SUS é concebido como:
conjunto de ações e serviços de saúde, prestados por órgãos e instituições públicas federais, estaduais e municipais, da administração direta e indireta e das fundações mantidas pelo Poder Público.
 A iniciativa privada poderá participar do SUS em caráter complementar.
Princípios e diretrizes
Princípios Doutrinários do SUS
Universalidade
Integralidade
Equidade
Princípios Organizativos do SUS
Descentralização
Regionalização
Hierarquização
Controle Social
Princípios e diretrizes
	\u201c O SUS trouxe, em sua essência, princípios doutrinários que refletiam o momento histórico vivido pela sociedade, em seus diversos setores, nas lutas pela criação de um Sistema justo, que refletisse a igualdade de direitos desejada por todos.\u201d 
Princípios doutrinários
Universalidade
A partir do SUS todos são atendidos, independente da sua condição de trabalho.
Basta estar vivo para ter direito ao SUS.
A Lei 8080/90 afirma que um dos princípios do SUS é a Universalidade que deve garantir o acesso aos serviços de saúde em todos os níveis de assistência
Princípios doutrinários
Universalidade
Direito a todo tipo de atendimento: em postos de saúde, hospitais, programas de prevenção, medicamentos, cirurgias de alto risco, etc.
O Estado: tem a obrigação de criar condições para que tudo isso aconteça.
garantir políticas públicas que viabilizem:
a Constituição Federal e as Leis que dão sustentação ao SUS.
Princípios doutrinários
Universalidade
Princípios doutrinários
Universalidade
Observe como a universalidade é descrita na Constituição:
Art. 196. A saúde é direito de todos e dever do Estado, garantido mediante políticas sociais e econômicas que visem à redução do risco de doença e de outros agravos e ao acesso universal e igualitário às ações e serviços para sua promoção, proteção e recuperação.
Princípios doutrinários
Integralidade
Princípios doutrinários
Integralidade
A integralidade na Lei Orgânica da Saúde \u2013 Lei 8080:
Art. 7º: As ações e serviços públicos de saúde e os serviços privados contratados ou conveniados que integram o Sistema Único de Saúde (SUS), são desenvolvidos de acordo com as diretrizes previstas no art. 198 da Constituição Federal, obedecendo ainda aos seguintes princípios: 
	
II - integralidade de assistência, entendida como conjunto articulado e contínuo das ações e serviços preventivos e curativos, individuais e coletivos, exigidos para cada caso em todos os níveis de complexidade do sistema.
Princípios doutrinários
Integralidade
O que você entende por Integralidade?
A - as ações de saúde devem ser combinadas e voltadas, ao mesmo tempo, para atingir a prevenção, a promoção, a proteção, os cuidados, o tratamento, a reabilitação e a cura. 
O atendimento deve ser orientado para prevenir, diminuir e erradicar os fatores geradores de agravos, para, deste modo, diminuir os riscos às doenças, além de tratar os danos gerados.
Princípios doutrinários
 Integralidade
O que você entende por Integralidade?
B - As políticas para o acesso aos serviços devem garantir que a pessoa seja atendida como um todo, e não apenas como um órgão (fígado, baço, perna, pulmão etc.)
Princípios doutrinários
Integralidade
O que você entende por Integralidade?
C - Como somos seres que vivemos em sociedade, estamos sempre sujeitos aos vários fatores e riscos que interferem na qualidade de vida e da saúde das pessoas, como hábitos alimentares, fatores psicológicos e seus estados emocionais etc.
Princípios doutrinários
Integralidade
Como acontecem as ações de integralidade do SUS no seu estado?
Promoção - trata-se de ações que possibilitam responder às necessidades sociais em saúde.
São estratégias em política pública:
 que favoreçam a adoção de comportamentos menos arriscados à saúde,
que valorize a diversificação e a ampliação da oferta de serviços de assistência e de prevenção
Ex.: Programa Nacional de DST e AIDS.
Princípios doutrinários
Integralidade
Como acontecem as ações de integralidade do SUS no seu estado?
Recuperação - desenvolver ações/estratégias que envolvem o diagnóstico de doenças, acidentes e danos de toda natureza, a limitação da invalidez e a reabilitação.
Ação sobre um dano à saúde que já se instalou, buscam evitar as mortes ou o agravamento das seqüelas.
Ex.: atendimentos às urgências e emergências
Princípios doutrinários
Integralidade
Como acontecem as ações de integralidade do SUS no seu estado?
Prevenção - uma estratégia voltada para o futuro. Busca a melhoria da qualidade de vida das pessoas com relação a determinadas causas, comportamentos, procedimentos, etc..
por vezes, apresenta-se como a medida mais eficaz, porque não há outra forma de evitar o contágio.
Ex.: Ações educativas sistemáticas e continuadas, junto da população em geral e dos grupos de maior vulnerabilidade (como vacinação, saneamento e fluoretação da água).
Princípios doutrinários
Integralidade
Como acontecem as ações de integralidade do SUS no seu estado?
Reabilitação - recuperação parcial ou total das capacidades no processo de doença e na reintegração do indivíduo ao seu ambiente social e a sua atividade profissional.
Ex.: as ações de atendimento as lesões que geram deficiência física temporária (como nos casos de acidente de trabalho).
Princípios doutrinários
Integralidade
Como acontecem as ações de integralidade do SUS no seu estado?
Proteção - são estratégias que buscam conhecer e acompanhar, a todo momento - mediante a identificação, o controle ou a eliminação de fatores de risco à saúde -, o estado de saúde da comunidade.
Princípios doutrinários
Integralidade
Como acontecem as ações de integralidade do SUS no seu estado?
Proteção:
Busca desencadear, oportunamente, as medidas dirigidas à prevenção e ao controle das doenças e agravos.
Ex.:
vigilância epidemiológica: vacinações, saneamento básico.
vigilância sanitária: exames médicos e odontológicos periódicos.
Princípios doutrinários
Integralidade
Como acontecem as ações de integralidade do SUS no seu estado?
Proteção:
Princípios doutrinários
Equidade
Todas as pessoas que você conhece são iguais?
Vivem do mesmo modo? 
Ganham os mesmos salários? 
Sofrem das mesmas doenças? 
Princípios doutrinários
Equidade
SUS precisa levar em conta as diferenças que existem entre as pessoas; 
Serviços de saúde devem considerar:
que em cada lugar existem pessoas que vivem de forma diferente,e 
 com seus problemas, suas dificuldades; 
Princípios doutrinários
Equidade