Metodologia do Trabalho Científico - Cleber Cristiano Prodanov, Ernani Cesar de Freitas
277 pág.

Metodologia do Trabalho Científico - Cleber Cristiano Prodanov, Ernani Cesar de Freitas


DisciplinaMetodologia Científica60.141 materiais1.261.051 seguidores
Pré-visualização50 páginas
Tem sido chamada de \u201cditadura do método\u201d essa imposição metodológica 
feita à realidade, relevando nela apenas o que pode ser mensurado, ou melhor, 
reduzindo-a às variáveis que mais facilmente sabemos tratar cientificamente.
2.3 CONHECIMENTO CIENTíFICO E CONHECIMENTO POPulAR
Por existir mais de uma forma de conhecimento, é conveniente destacar o que 
vem a ser conhecimento científico em oposição ao chamado conhecimento popular, 
vulgar ou de senso comum. 
Não deixa de ser conhecimento aquele que foi observado ou passado de 
geração em geração através da educação informal ou baseado em imitação ou 
experiência pessoal. Esse tipo de conhecimento, dito popular, diferencia-se do 
conhecimento científico por lhe faltar o embasamento teórico necessário à ciência.
Conforme Trujillo Ferrari (1974), o conhecimento popular é dado pela 
familiaridade que temos com alguma coisa, sendo resultado de experiências pessoais 
ou suposições, ou seja, é uma informação íntima que não foi suficientemente refletida 
para ser reduzida a um modelo ou uma fórmula geral, dificultando, assim, sua 
transmissão de uma pessoa a outra, de forma fácil e compreensível.
Lakatos e Marconi (2007, p. 77, grifos dos autores) comentam que o 
conhecimento popular se caracteriza por ser predominantemente:
- superficial, isto é, conforma-se com a aparência, com aquilo que se 
pode comprovar simplesmente estando junto das coisas: expressa-se 
por frases como \u201cporque o vi\u201d. \u201cporque o senti\u201d, \u201cporque o disseram\u201d, 
\u201cporque todo mundo diz\u201d;
Metodologia do Trabalho Científico 22
Capasumário principalvoltar avançarsumário capítulo
- sensitivo, ou seja, referente a vivências, estados de ânimo e emoções da 
vida diária;
- subjetivo, pois é o próprio sujeito que organiza suas experiências e 
conhecimentos, tanto os que adquire por vivência própria quanto os \u201cpor 
ouvi dizer\u201d;
- assistemático, pois esta \u201corganização\u201d das experiências não visa a uma 
sistematização das idéias, nem na forma de adquiri-las nem na tentativa 
de validá-las;
- acrítico, pois, verdadeiros ou não, a pretensão de que esses 
conhecimentos o sejam não se manifesta sempre de uma forma crítica. 
Na opinião de Lakatos e Marconi (2007), o conhecimento popular não se distingue 
do conhecimento científico nem pela veracidade nem pela natureza do objeto conhecido: o 
que os diferencia é a forma, o modo ou o método e os instrumentos do \u201cconhecer\u201d.
Para que o conhecimento seja considerado científico, é necessário analisar 
as particularidades do objeto ou fenômeno em estudo. A partir desse pressuposto, 
Lakatos e Marconi (2007) apresentam dois aspectos importantes:
a) a ciência não é o único caminho de acesso ao conhecimento e à verdade;
b) um mesmo objeto ou fenômeno pode ser observado tanto pelo cientista 
quanto pelo homem comum; o que leva ao conhecimento científico é a forma 
de observação do fenômeno.
O conhecimento científico difere dos outros tipos de conhecimento por ter 
toda uma fundamentação e metodologias a serem seguidas, além de se basear 
em informações classificadas, submetidas à verificação, que oferecem explicações 
plausíveis a respeito do objeto ou evento em questão. 
Assim, ao analisar um fato, o conhecimento científico não apenas trata de 
explicá-lo, mas também busca descobrir e explicar suas relações com outros fatos, 
conhecendo a realidade além de suas aparências. O conhecimento científico é 
considerado como:
a) acumulativo, por oferecer um processo de acumulação seletiva, em que novos 
conhecimentos substituem outros antigos, ou somam-se aos anteriores;
b) útil para a melhoria da condição da vida humana;
c) analítico, pois procura compreender uma situação ou um fenômeno global 
por meio de seus componentes;
Metodologia do Trabalho Científico 23
Capasumário principalvoltar avançarsumário capítulo
d) comunicável, já que a comunicabilidade é um meio de promover o 
reconhecimento de um trabalho como científico. A divulgação do conhecimento 
é responsável pelo progresso da ciência;
e) preditivo, pois, a partir da investigação dos fatos e do acúmulo de experiências, 
o conhecimento científico pode dizer o que foi passado e predizer o que será 
futuro.
f) Com base nas definições anteriormente citadas e comentadas, podemos 
elaborar um quadro comparativo entre conhecimento científico e popular.
Quadro 1 \u2013 Características dos tipos de conhecimento científico e popular
Conhecimento científico Conhecimento popular
real \u2013 lida com fatos. valorativo \u2013 baseado nos valores de quem 
promove o estudo.
contingente \u2013 sua veracidade ou falsidade é 
conhecida através da experiência.
reflexivo - não pode ser reduzido a uma 
formulação geral.
sistemático \u2013 forma um sistema de ideias e não 
conhecimentos dispersos e desconexos.
assistemático \u2013 baseia-se na organização 
de quem promove o estudo, não possui uma 
sistematização das ideias que explique os 
fenômenos.
verificável ou demonstrável \u2013 o que não 
pode ser verificado ou demonstrado não é 
incorporado ao âmbito da ciência.
verificável \u2013 porém limitado ao âmbito do 
cotidiano do pesquisador ou observador.
falível e aproximadamente exato \u2013 por não ser 
definitivo, absoluto ou final. Novas técnicas e 
proposições podem reformular ou corrigir uma 
teoria já existente.
falível e inexato \u2013 conforma-se com a aparência 
e com o que ouvimos dizer a respeito do objeto 
ou fenômeno. Não permite a formulação de 
hipóteses sobre a existência de fenômenos 
situados além das percepções objetivas.
Fonte: adaptado de Lakatos e Marconi (2007, p. 77)
A ciência tem como objetivo fundamental chegar à veracidade dos fatos. De 
acordo com Gil (2008, p. 8), \u201cneste sentido não se distingue de outras formas de 
conhecimento. O que torna, porém, o conhecimento científico distinto dos demais é 
que tem como característica fundamental a sua verificabilidade.\u201d
Metodologia do Trabalho Científico 24
Capasumário principalvoltar avançarsumário capítulo
Para que um conhecimento possa ser considerado científico, torna-se 
necessário identificar as operações mentais e técnicas que possibilitam a sua 
verificação (GIL, 2008). Ou, em outras palavras, determinar o método que possibilitou 
chegar a esse conhecimento.
Podemos definir método como caminho para chegarmos a determinado fim. E 
método científico como o conjunto de procedimentos intelectuais e técnicos adotados 
para atingirmos o conhecimento.
A investigação científica depende de um \u201cconjunto de procedimentos 
intelectuais e técnicos\u201d (GIL, 2008, p. 8), para que seus objetivos sejam atingidos: os 
métodos científicos.
Método científico é o conjunto de processos ou operações mentais que 
devemos empregar na investigação. É a linha de raciocínio adotada no processo de 
pesquisa. Os métodos que fornecem as bases lógicas à investigação são: dedutivo, 
indutivo, hipotético-dedutivo, dialético e fenomenológico. 
Vários pensadores do passado manifestaram o desejo de definir um método 
universal que fosse aplicado a todos os ramos do conhecimento. Hoje, porém, os 
cientistas e filósofos da ciência preferem falar numa diversidade de métodos, que 
são determinados pelo tipo de objeto a investigar e pela classe de proposições a 
descobrir. Assim, podemos afirmar que a Matemática não tem o mesmo método da 
Física e que esta não tem o mesmo método da Astronomia. E, com relação às ciências 
sociais, podemos mesmo dizer que dispõem de grande variedade de métodos.
2.4 MÉTODO CIENTíFICO
Partindo da concepção de que método é um procedimento ou caminho para 
alcançar determinado fim e que a finalidade da ciência é a busca do conhecimento, 
podemos dizer que o método científico é um conjunto de procedimentos adotados 
com o propósito de atingir o conhecimento.
De acordo com Trujillo Ferrari (1974), o método científico é um traço 
característico da ciência, constituindo-se
Renan
Renan fez um comentário
olá querida, onde podemos conseguir em pdf. vc pode nos ajudar?
0 aprovações
Evandro
Evandro fez um comentário
Não consigo abrir.Por quê?
0 aprovações
Fábio
Fábio fez um comentário
Obrigado!!
0 aprovações
Carregar mais