PRAGA MILHO
11 pág.

PRAGA MILHO


DisciplinaProdução Vegetal II16 materiais72 seguidores
Pré-visualização5 páginas
de inseticidas.
8.2. Tripes \u2013 os insetos na sua alimentação, raspam e sugam as folhas e podem causar 
danos as plântulas de milho. O ataque mostra uma aparência esbranquiçada na folha, 
que evolui para o dessecamento. Em milho recém-germinado, devido à ausência de 
raízes secundárias e com pouca umidade disponível, pode agravar os danos causados 
pelo inseto. Em condições normais de umidade, geralmente a planta recupera-se dos 
danos. Plantas desenvolvidas praticamente não são prejudicadas pelo ataque desse 
inseto.
8.3. Percevejos (Dichelops spp., Nezara viridula, Leptoglossus zonatus) \u2013 tem-se 
observado o ataque do percevejo-marrom (Dichelops) e percevejo-verde (Nezara) no 
início do desenvolvimento do milho. São insetos que atacam a base do colmo, 
causando estrias brancas nas folhas localizadas no interior do cartucho e 
posteriormente pode ocorrer o perfilhamento das plantas. Esses insetos são pragas 
importantes na cultura da soja e recentemente tem atacado também o milho.
O percevejo marrom (Leptoglossus) ataca as folhas e a espiga do milho. Na espiga, 
insere o estilete através da palha para alimentar do grão. Na colheita, os grãos atacados 
apresentam manchas, redução de tamanho e aspecto de "gessado" que geralmente 
quebra no beneficiamento. Em alta população, assume importância econômica para 
empresas produtoras de sementes de milho. O controle desses percevejos tem sido 
eficiente com a utilização de inseticidas a base de monocrotofós (400 g i.a./ha), visando 
atingir o inseto no colo da planta.
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
AMARAL, J. L.: VALDIVINO, B.: SOUZA, J. R.: MEDEIROS, M. O. Efeito dos tipos de 
preparação do solo e dos modelos alternativos de formação de pastagens do controle 
do percevejo castanho (Scaptocoris castanea Perty, 1830). In: WORKSHOP 
PERCEVEJO CASTANHO DA RAIZ, 1999, Londrina, PR. Ata e resumos: 
EMBRAPA Soja, 1999. p. 47. (EMBRAPA Soja. Documentos, 127). 
ÁVILA, C. J.; RUMIATTO, M. Controle químico-cultural do "coró" Liogenys sp. 
(Coleoptera: Scarabaeidae) em trigo (Triticum aestivum L.). In: CONGRESSO 
BRASILEIRO DE ENTOMOLOGIA, 16., ENCONTRO NACIONAL DE 
FITOSSANITARISTAS, 7, 1997, Salvador BA. Resumos. Salvador: 
SEB/EMBRAPA-CNPMF, 1997. p. 309.
BERGMAN, M. K.; TOLLEFSON, J. J.; HINZ, P. N. Sampling scheme for estimating 
populations of corn rootworm larvae. Environmental Entomology, College Park, 
v.10, p.986-990, 1981.
CARNEIRO, M. de F.; CUNHA, H. F. da. Avaliação de danos e controle químico da 
cigarrinha-das-pastagens (Deois flavopicta) na cultura do milho. Goiânia: 
EMGOPA-DDI, 1986. 13p. (EMGOPA. Boletim de Pesquisa, 7).
CARVALHO, R. P. L. Danos, flutuações da população, controle e comportamento de 
Spodoptera frugiperda (J. E. Smith) e sua susceptibilidade de diferentes 
genótipos de milho em condições de campo. Piracicaba: ESALQ, 1970. 170p. Tese 
Doutorado.
CHITTENDEN, F. H. The smaller cornstalk borer (Elasmopalpus lignosellus Zell.). USDA 
Div. Entomol. Bull. 23. p. 17-22. 1980.
CRUZ, I. A lagarta-do-cartucho na cultura do milho. Sete Lagoas: EMBRAPA/CNPMS, 
1995. 45p. (EMBRAPA/CNPMS. Circular Técnica, 21).
CRUZ, I. Prevenção e controle das pragas do milho e sorgo. In: CONGRESSO NACIONAL 
DE MILHO E SORGO, 19., REUNIÃO TÉCNICA ANUAL DO SORGO, 21., 1992, 
Porto Alegre, RS. Conferências. Porto Alegre: SAA, 1992. p. 210-233.
CRUZ, I.; TURPIN, F. T. Efeito da Spodoptera frugiperda em diferentes estádios de 
crescimento da cultura de milho. Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v. 17, p. 
355-359, 1982.
CRUZ, I.; TURPIN, F. T. Yield impact of larval infestation of the fall armyworm Spodoptera 
frugiperda (J. E. Smith) to mid-whorl growth stage of corn. Journal of Economic 
Entomology, College Park, v. 76, p. 1052-1054, 1983.
GOMEZ, S.A. Controle químico da cigarrinha-das-pastagens, Zulia entreriana 
(BERG., 1879) (Homoptera: Cercopidae), na cultura do milho. Dourados: 
EMBRAPA-CPAO, 1997. 5p. (EMPRAPA-CPAO. Comunicado Técnico, 24). Autoria
 Afiliação 
HILLS, T. M.; PETERS, D. C. A method of evaluating postplanting insecticide treatments 
for control of western corn rootworm larvae. Journal of Economic Entomology, 
College Park, v.64, p. 764-765, 1971.
MAYO, Z. B. Field evaluation of insecticides for control of larvae of corn rootworms. In: 
KRYSAN, J. L.; MILLER, T. A. eds. Methods for the study of pest Diabrotica. New 
York: Springer-Verlag, 1986, p.183-203.
NAKANO, O.; FLORIM, A. C. P. Ensaio visando o controle do percevejo castanho com 
alguns inseticidas. In: WORKSHOP PERCEVEJO CASTANHO DA RAIZ, 1999, 
Londrina, PR. Ata e resumos: EMBRAPA Soja, 1999. p. 54. (EMBRAPA Soja. 
Documentos, 127). 
OLIVEIRA, L. J. O percevejo castanho no Brasil. In: WORKSHOP PERCEVEJO 
CASTANHO DA RAIZ, 1999, Londrina, PR. Ata e resumos: EMBRAPA Soja, 1999. 
p. 16-17. (EMBRAPA Soja. Documentos, 127). 
RAGA, A.; SILOTO, R. C. Resultados de pesquisa de controle químico do percevejo 
castanho Scaptocoris castanea em cultura de milho safrinha no estado de São Paulo. 
In: WORKSHOP PERCEVEJO CASTANHO DA RAIZ, 1999, Londrina, PR. Ata e 
resumos: EMBRAPA Soja, 1999. p. 55. (EMBRAPA Soja. Documentos, 127). 
SANTOS, J. P.; CRUZ, I.; BOTELHO, W. Avaliação de dano e controle da 
cigarrinha-das-pastagens em plantas de milho com diferentes idades. Sete Lagoas: 
EMBRAPA-CNPMS, 1982. 9p. (EMBRAPA-CNPMS. Pesquisa em Andamento, 2).
SAUER, H. F. G. Notas sobre Elasmopalpus lignosellus Zeller (Lep.:Pir.), séria praga dos 
cereais no Estado de São Paulo. Arquivos Instituto Biológico, São Paulo v.10, 
p.199-206, 1939.
TSUNECHIRO, A.; BESSA JUNIOR, A. de A.; GHILARDI, A. A.; FERREIRA, C. R. R. 
P. T. F. Prognóstico agrícola 1995/96: algodão, amendoim, arroz, feijão, mandioca, 
milho, soja. Informações Econômicas, São Paulo, v.25, n. 9, p. 13-71, 1995.
VIANA, P. A. Elasmo no milho. Revista Cultivar, Pelotas, n. 13, p. 27-28, 2000.
VIANA, P. A.; COSTA, E. F. da. Controle da lagarta-do-cartucho, Spodoptera frugiperda 
(J. E. Smith)(Lepidoptera:Noctuidae) na cultura do milho com inseticidas aplicados via 
irrigação por aspersão. Anais da Sociedade Entomológica do Brasil, Londrina, v. 27, 
n. 3, p. 451-458, 1998.
VIANA, P. A.; COSTA, E. F. da. Efeito da umidade do solo sobre o dano da lagarta elasmo, 
Elasmopalpus lignosellus (Zeller) na cultura do milho. Anais da Sociedade 
Entomológica do Brasil, Londrina v. 24, p. 209-214. 1995.
WAQUIL, J. M. Cigarrinha e milho. Revista Cultivar, Pelotas, n. 14, p. 14-16, 2000.
WAQUIL, J. M.; OLIVEIRA, E.; FERNANDES, F. T. Incidência de Dalbulus maidis e 
enfezamento pálido no ensaio nacional de milho safrinha. In: CONGRESSO 
NACIONAL DE MILHO E SORGO, 21., 1996, Londrina, PR. Resumos...Londrina: 
IAPAR, 1996. p. 318. 
WAQUIL, J. M.; VIANA, P. A. Eficiência do tratamento do solo ou da semente no controle 
de Dalbulus maidis em milho. In: CONGRESSO NACIONAL DE MILHO E 
SORGO, 21., 1996, Londrina, PR. Resumos...Londrina: IAPAR, 1996. p. 319. 
WATSON, J. R. Florida truck and garden insects. Gainsville: Florida University, 1917. p. 
35-127 (Florida Agricultural Experiment Station Bulletin).