GESTAO
32 pág.

GESTAO


DisciplinaGestão4.903 materiais10.694 seguidores
Pré-visualização9 páginas
pelo lucro real foi de R$ 4.000.000,00. No LALUR (livro de apuração do lucro real) deverá ser adicionado R$ 400.000,00 e excluído R$ 120.000,00. A empresa não possuí resultados negativos de outros exercícios para compensar, qual o valor do imposto de renda a pagar sobre o lucro, sabendo-se que esse resultado é relativo a todo o ano?
		
	
	428.000,00
	
	600.000,00
	 
	1.046.000,00
	
	976.000,00
	
	642.000,00
	
	
	
	Regra geral, as empresas são obrigadas ao cálculo de IRPJ e CSLL. A base de cálculo do IR e da CS é o(a):
		
	
	Faturamento
	
	Receita da Prestação de Serviços
	 
	Lucro
	
	Receita da Venda de Mercadorias
	
	Receita Bruta
	
	
	
	
	O Lucro Real é à base de cálculo do imposto de renda partindo do resultado apresentado na contabilidade, com os devidos ajustes. Como é calculado o lucro real?
		
	
	O lucro real é calculado partindo do resultado contábil com as exclusões
	
	O lucro real é calculado partindo do resultado contábil com as adições
	
	O lucro real é calculado partindo das despesas contábil com as adições e exclusões
	 
	O lucro real é calculado partindo da Receita contábil com as adições e exclusões
	 
	O lucro real é calculado partindo do resultado contábil com as adições e exclusões
	
	
	
	
	Quando o assunto é o Sistema Tributário Nacional, é importante saber que o Estado tem por finalidade a realização do bem comum por meio da administração pública, que executará as políticas públicas e os planos de ação para que o Estado funcione, tendo como referência a sociedade. A partir do trecho apresentado, julque as afirmações abaixo: ( )É uma importante função do Estado estabelecer e cobrar tributos para o financiamento das políticas públicas, visando o bem comum. ( )As atividades estatais são auto-sustentáveis. ( )A atividade tributária é completamente dependente da forma de governo e das concepções econômico-sociais. ( )A atividade tributária do Estado tem origem remota e acompanhou a evolução do homem, desde a criação das primeiras sociedades e concepções políticas. Ao julgar as afirmações citadas, obtemos a seguinte sequência:
		
	
	F - V - V - V.
	 
	V - v - F - F.
	 
	V - F - F - V.
	
	F - F - v - V.
	
	F - F - V - F.
	
	
	
	
	Toda empresa legalmente constituída no Brasil pode ser enquadrada pela legislação tributária em cinco situações distintas, em relação a tributação. A forma de tributação que tem como base o lucro contábil, sendo interessante para empresas com resultados mais equilibrados é o:
		
	
	Imunes e Isentas
	
	Lucro Arbitrado
	 
	Lucro Real
	
	Lucro Presumido
	
	Simples Nacional
	
	
	
	
	A pessoa jurídica que faz a opção para tributar os seus resultados com base no lucro real, deve apurar o resultado contábil de que forma?
		
	 
	Pelo regime de competência
	
	pelo regime de receitas
	
	pelo regime de complexidade
	
	pelo regime de apuração
	
	pelo regime de tributação
	
	
		
		Assinale a alternativa que caracteriza a apuração do IRPJ por Estimativas Mensais:
	
	
	
	
	
	A empresa só poderá compensar os valores antecipados a menor por ocasião do Balanço de Suspensão
	
	
	Deverá ser feita trimestralmente, pela apuração do Lucro Real com base no Lucro Líquido apurado no período
	
	 
	As estimativas apuradas mensalmente são definitivas e não compensáveis se os valores antecipados estiverem superavaliados
	
	
	Nos casos de incorporação ou extinção da pessoa jurídica, a apuração do Lucro Real será efetuada no último dia do ano calendário do evento
	
	 
	As antecipações mensais, apuradas por estimativa, serão compensadas com o IRPJ devido apurado na Declaração de Ajuste Anual
	
	
	
		2.
		De acordo com a legislação do IRPJ - Lucro Real, assinale a alternativa que apresenta despesas dedutíveis da base de cálculo do referido imposto:
	
	
	
	
	
	As destinações do Lucro para cintingências
	
	 
	As despesas com doações ou patrocínios para projetos culturais
	
	
	As despesas com brindes e comissões
	
	
	As despesas com alimentação de sócios, acionistas e administradores
	
	 
	As doações feitas para outras empresas do mesmo grupo
	
	
	
		3.
		Uma empresa, optante pelo lucro real, apurou um lucro contábil de R$340.000,00 em um determinado ano, contabilizando receitas não tributáveis de R$30.000,00 e despesas não dedutíveis de R$65.000,00. No ano anterior havia apurado prejuízo fiscal de R$142.000,00. Com base nestas informações, marque a alternativa que indica o imposto devido no período.
	
	
	
	
	
	R$36.250,00
	
	
	R$38.775,00
	
	
	R$39.375,00
	
	 
	R$34.950,00
	
	 
	R$41.625,00
	
	
	
		4.
		Indique a alternativa que identifica o conceito de Lucro Real, com base na legislação vigente.
	
	
	
	
	
	As receitas previstas de acordo com a legislação fiscal, calculado com base nas hipóteses de incidência do IRPJ;
	
	 
	O lucro líquido operacional definido pela legislação fiscal, ajustado pelas compensações de períodos anteriores;
	
	
	O lucro comercial derivado das operações fiscais, compensado pelos ajustes definidos na legislação comercial;
	
	 
	O lucro líquido contábil do período de apuração, ajustado pelas adições, exclusões e compensações previstas ou autorizadas;
	
	
	As receitas obtidas da venda de produtos e serviços, compensados pelos prejuízos acumulados em períodos anteriores.
	
	
	
		5.
		Uma determinada companhia, optante pelo lucro real, apresentou no ano de X10 um prejuízo contábil de R$195.000, neste incluídas despesas dedutíveis de R$45.000. Em X11, a Cia apresentou lucro contábil de R$543.000, no qual constavam despesas não dedutíveis de R$68.000 e receitas não tributáveis no valor de R$41.000. Com base nas informações apresentadas calcule o IRPJ a pagar referente a X11.
	
	
	
	
	 
	R$75.750,00
	
	
	R$66.450,00
	
	 
	R$58.500,00
	
	
	R$85.650,00
	
	
	R$59.850,00
	
	
	
		6.
		Uma empresa, optante pelo lucro real, apurou um lucro contábil de R$340.000,00 em um determinado ano, contabilizando receitas não tributáveis de R$30.000,00 e despesas não dedutíveis de R$65.000,00. No ano anterior havia apurado prejuízo fiscal de R$95.000,00. Com base nestas informações, marque a alternativa que indica o imposto devido no período.
	
	
	
	
	
	R$56.250,00
	
	 
	R$46.000,00
	
	
	R$42.000,00
	
	 
	R$39.375,00
	
	
	R$41.625,00
	
		1.
		A pessoa jurídica optante pelo lucro presumido deverá apurar o montante devido da seguinte forma:
	
	
	
	
	
	Anualmente, calculado pela alíquota de 15% sobre a base de cálculo apurada do lucro presumido anual, mais adicional de 10% sobre o resultado que exceder R$20.000
	
	
	Em cada semestre, pago em quota única, pela aplicação da aplicação da alícota de 15% sobre a base apurada de lucro presumido, até o último dia útil do semestre subseqüente ao do encerramento do período de apuração
	
	 
	Em cada trimestre, calculado pela alíquota de 15% sobre a base de cálculo, mais adicional de 10% sobre o resultado que exceder R$60.000 ao longo do trimestre de apuração
	
	
	Em cada mês, pela aplicação da aplicação da alícota de 15% sobre a base apurada de lucro presumido, não incluído adicional, até o último dia útil do mês subseqüente ao do encerramento do período de apuração
	
	
	Em cada mês, calculado pela alíquota de 15% sobre a base de cálculo, não havendo incidência e adicional de 10% sobre o resultado excedente
	
	
	
		2.
		De acordo com a legislação tributária
Mari
Mari fez um comentário
qual o cálculo desta questão -> 5) Uma determinada companhia, optante pelo lucro real, apresentou no ano de X10 um prejuízo contábil de R$195.000, neste incluídas despesas dedutíveis de R$45.000. Em X11, a Cia apresentou lucro contábil de R$543.000, no qual constavam despesas não dedutíveis de R$68.000 e receitas não tributáveis no valor de R$41.000. Com base nas informações apresentadas calcule o IRPJ a pagar referente a X1 ... Veja mais
0 aprovações
Carregar mais