3 Estratégia Competitiva
19 pág.

3 Estratégia Competitiva


DisciplinaEstratégia Competitiva78 materiais505 seguidores
Pré-visualização1 página
Danielly Nascimento
PROFESSORA
UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO - CAMPUS ANGICOS
DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXATAS, HUMANAS E TECNOLÓGICAS - DCEHT
CURSO DE GRADUAÇÃO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO
\uf07d Para executar algo o ser humano precisa ter 
conhecimentos, habilidades e atitudes 
necessárias e suficientes.
\uf07d Estratégia é um conceito que precisa ser 
aprendido (aprender significa saber utilizar; sem 
saber utilizar um conceito não há como aplicá-
lo).
\uf07d Estratégia para ser tornada real, ou seja, bem 
executada, tem que ser aprendida por várias 
pessoas e aceita por todas elas.
\uf07d A transformação de ideias estratégicas em 
ações estratégicas que venham dar aos 
estrategistas os resultados que almejam 
exigirá um processo intelectual individual e 
coletivo (plano) e um processo 
comportamental (ação).
\uf07d Não se manda naquilo que não se sabe e não 
se executa o que não se sabe. 
\uf07d O processo é o \u201ccomo\u201d se faz a elaboração e 
o desenvolvimento de um plano.
\uf07d Inclui as atividades utilizadas para 
desenvolver o conteúdo do plano. Podem ser: 
seminários, palestras, debates, reuniões e 
levantamentos.
\uf07d Estratégia \u2013 Conjunto de atividades ou 
ações para atingir objetivos.
\uf07d Estratégia \u2013 objetivos macro, ações de 
maior tempo e maior amplitude. 
\uf07d Pode ser decomposta em diversas táticas 
com ações menores, direcionadas, de 
menor tempo e menor amplitude, a fim de 
atender às respectivas estratégias. 
\uf07d Os objetivos da empresa afetam diretamente 
a elaboração da estratégia.
\uf07d A estratégia somente é viável se houver 
táticas que possibilitem sua implementação.
\uf07d A estratégia deve apresentar coerência com o 
meio ambiente no qual a empresa se insere e 
os recursos da empresa devem ser alinhados 
com a execução desta estratégia.
O posicionamento estratégico pode ser realizado 
baseando-se em três fontes distintas que não 
são mutuamente excludentes:
\uf07d Variedade de produtos e serviços;
\uf07d Atendimento às necessidades de um 
determinado grupo de consumidores;
\uf07d Particularidades de modalidades de acesso 
(acessibilidade) de um grupo específico de 
consumidores.
\uf07d O desenvolvimento da estratégia competitiva 
tem um caráter de como a empresa 
competirá, quais devem ser as suas metas e 
quais as políticas necessárias para a 
consecução destas metas.
\uf07d Para Hamel, a estratégia deve ser assunto 
disseminado nos vários níveis hierárquicos.
A estratégia é essencialmente dinâmica, a empresa 
deve orientar-se nos seguintes pontos:
\uf07d Estabelecer uma posição estratégica única 
distintiva no ramo em que atua;
\uf07d Competir com base nessa posição, de forma a ser 
melhor do que os concorrentes;
\uf07d Perscrutar continuamente por novas posições 
estratégicas;
\uf07d Caso identificar outra estratégia viável, a empresa 
deve tentar a difícil tarefa de administrar as duas 
posições simultaneamente. À medida que a 
posição antiga entra na maturidade e passa a 
declinar, a empresa deve gradualmente fazer a 
transição para a nova posição;
\uf07d O ciclo deve ser recomeçado: quando já 
competindo na nova posição, deve prosseguir na 
busca por outra nova posição estratégica viável.
\uf07d Diz respeito tanto à organização como ao 
ambiente
Há necessidade de a organização conhecer a si 
própria e também entender adequadamente o 
ambiente no qual se insere.
\uf07d Afeta o bem-estar geral da organização
O impacto da boa ou má estratégia permeia toda a 
organização.
\uf07d Envolve questões tanto de conteúdo como de 
processo 
Uma estratégia bem pensada e planejada necessita 
de uma adequada implementação.
\uf07d Não são puramente deliberadas
A estratégia pode ser deliberada (planejada), mas 
frequentemente resulta dos fatos e das 
oportunidades que aparecem ao longo da 
atividade da empresa; nestas circunstâncias, diz-
se que a estratégia é emergente.
\uf07d Existem em níveis diferentes
Existe uma Estratégia Corporativa, na qual se 
decide em quais negócios atuar, e também 
Estratégia de Negócios, que busca a melhor forma 
de competir em um dado negócio.
\uf07d Na busca de ganhos em eficiência, a 
disseminação das melhores práticas 
gerenciais foi ganhando importância cada vez 
maior. Isto tem levado as empresas a 
confundirem eficiência operacional com 
estratégia.
\uf07d Embora eficiência operacional seja necessária 
em um cenário competitivo, não constitui 
uma forma de estratégia e tampouco pode 
substituí-la.
\uf07d Eficiência é a medida do desempenho do 
processo de conversão das entradas em 
saídas.
\uf07d Eficácia é a medida do grau em que as saídas 
satisfazem aos requisitos.
\uf07d Eficiência operacional significa executar 
atividades similares melhor do que seus 
competidores.
\uf07d Posição estratégica significa executar 
atividades diferentes das de seus 
concorrentes ou executar atividades similares 
de forma diferente. 
\uf07d Mudanças de caráter incremental não bastam 
para o sucesso de uma estratégia na maioria 
das empresas. Ex: pequenas reduções de 
custos, melhorias marginais na qualidade. 
(Todos buscam por eficiência operacional).
\uf07d Estratégia implica em assumir posturas mais 
revolucionárias, que afetem de maneira mais 
significativa a maneira de as empresas 
operarem.
\uf07d CARVALHO, Marly Monteiro de; LAURINDO, 
Fernando José Barbin. Estratégia competitiva. São 
Paulo: Atlas, 2007. 
\uf07d BETHLEN, Agrícola. Estratégia empresarial. 5. ed. 
São Paulo: Atlas, 2004.
\uf07d 300 é um filme sobre a batalha de Termópilas. 
O filme passa a imagem da liberdade dos gregos 
antigos e como era importante a união e a garra, 
para que um exército de 300 homens pudesse 
enfrentar dezenas de milhares de guerreiros do 
império Arquemênida.
\uf07d Após assistir a este filme descreva quais as 
estratégias que foram utilizadas neste filme, e 
quais destas estratégias trariam vantagens se 
utilizadas no mundo dos negócios.
\uf07d Traga três conceitos de Estratégia 
Competitiva de autores diferentes, e por fim 
conceitue você mesmo(a) Estratégia.