Apostila Administração de Materiais concurso Polícia Federal
68 pág.

Apostila Administração de Materiais concurso Polícia Federal


DisciplinaConcursos130.074 materiais291.796 seguidores
Pré-visualização50 páginas
total\u201d. 
A Administração de Materiais moderna é conceituada e estudada como 
um Sistema Integrado em que diversos subsistemas próprios interagem 
para constituir um todo organizado. Destina-se a dotar a administração dos 
meios necessários ao suprimento de materiais imprescindíveis ao funcio-
namento da organização, no tempo oportuno, na quantidade necessária, 
na qualidade requerida e pelo menor custo. 
A oportunidade, no momento certo para o suprimento de materiais, in-
flui no tamanho dos estoques. Assim, suprir antes do momento oportuno 
acarretará, em regra, estoques altos, acima das necessidades imediatas da 
organização. Por outro lado, a providência do suprimento após esse mo-
mento poderá levar a falta do material necessário ao atendimento de de-
terminada necessidade da administração. Do mesmo modo, o tamanho do 
Lote de Compra acarreta as mesmas consequências: quantidades além do 
necessário representam inversões em estoques ociosos, assim como, 
quantidades aquém do necessário podem levar à insuficiência de estoque, 
o que é prejudicial à eficiência operacional da organização. 
Estes dois eventos, tempo oportuno e quantidade necessária, acar-
retam, se mal planejados, além de custos financeiros indesejáveis, lucros 
cessantes, fatores esses decorrentes de quaisquer das situações assinala-
das. Da mesma forma, a obtenção de material sem os atributos da qualida-
de requerida para o uso a que se destina acarreta custos financeiros maio-
res, retenções ociosas de capital e oportunidades de lucro não realizadas. 
Isto porque materiais, nestas condições podem implicar em paradas de 
máquinas, defeitos na fabricação ou no serviço, inutilização de material, 
compras adicionais, etc. 
Os subsistemas da Administração de Materiais, integrados de forma 
sistêmica, fornecem, portanto, os meios necessários à consecução das 
quatro condições básicas alinhadas acima, para uma boa Administração de 
material. 
Decompondo esta atividade através da separação e identificação dos 
seus elementos componentes, encontramos as seguintes subfunções 
típicas da Administração de Materiais, além de outras mais específicas de 
organizações mais complexas: 
Subsistemas Típicos: 
* Controle de Estoque - subsistema responsável pela gestão econô-
mica dos estoques, através do planejamento e da programação de material, 
compreendendo a análise, a previsão, o controle e o ressuprimento de 
material. O estoque é necessário para que o processo de produção-venda 
da empresa opere com um número mínimo de preocupações e desníveis. 
Os estoques podem ser de: matéria-prima, produtos em fabricação e produ-
tos acabados. O setor de controle de estoque acompanha e controla o nível 
de estoque e o investimento financeiro envolvido. 
* Classificação de Material - subsistema responsável pela identifica-
ção (especificação), classificação, codificação, cadastramento e cataloga-
ção de material. 
* Aquisição / Compra de Material - subsistema responsável pela ges-
tão, negociação e contratação de compras de material através do processo 
de licitação. O setor de Compras preocupa-se sobremaneira com o estoque 
de matéria-prima. É da responsabilidade de Compras assegurar que as 
matérias-primas exigida pela Produção estejam à disposição nas quantida-
des certas, nos períodos desejados. Compras não é somente responsável 
pela quantidade e pelo prazo, mas precisa também realizar a compra em 
preço mais favorável possível, já que o custo da matéria-prima é um com-
ponente fundamental no custo do produto. 
* Armazenagem / Almoxarifado - subsistema responsável pela gestão 
física dos estoques, compreendendo as atividades de guarda, preservação, 
embalagem, recepção e expedição de material, segundo determinadas 
normas e métodos de armazenamento. O Almoxarifado é o responsável 
pela guarda física dos materiais em estoque, com exceção dos produtos 
em processo. É o local onde ficam armazenados os produtos, para atender 
a produção e os materiais entregues pelos fornecedores 
* Movimentação de Material - subsistema encarregado do controle e 
normalização das transações de recebimento, fornecimento, devoluções, 
transferências de materiais e quaisquer outros tipos de movimentações de 
entrada e de saída de material. 
* Inspeção de Recebimento - subsistema responsável pela verificação 
física e documental do recebimento de material, podendo ainda encarregar-
se da verificação dos atributos qualitativos pelas normas de controle de 
qualidade. 
* Cadastro - subsistema encarregado do cadastramento de fornecedo-
res, pesquisa de mercado e compras. 
Subsistemas Específicos: 
* Inspeção de Suprimentos - subsistema de apoio responsável pela 
verificação da aplicação das normas e dos procedimentos estabelecidos 
para o funcionamento da Administração de Materiais em toda a organiza-
ção, analisando os desvios da política de suprimento traçada pela adminis-
tração e proporcionando soluções. 
* Padronização e Normalização - subsistema de apoio ao qual cabe a 
obtenção de menor número de variedades existentes de determinado tipo 
de material, por meio de unificação e especificação dos mesmos, propondo 
medidas de redução de estoques. 
* Transporte de Material - subsistema de apoio que se responsabiliza 
pela política e pela execução do transporte, movimentação e distribuição de 
material. A colocação do produto acabado nos clientes e as entregas das 
matérias-primas na fábrica é de responsabilidade do setor de Transportes e 
Distribuição. É nesse setor que se executa a Administração da frota de 
veículos da empresa, e/ou onde também são contratadas as transportado-
ras que prestam serviços de entrega e coleta. 
A integração destas subfunções funciona como um sistema de engre-
nagens que aciona a Administração de Material e permite a interface com 
outros sistemas da organização. Assim, quando um item de material é 
recebido do fornecedor, houve, antes, todo um conjunto de ações inter-
relacionadas para esse fim: o subsistema de Controle de Estoque aciona o 
subsistema de Compras que recorre ao subsistema de Cadastro. 
Quando do recebimento, do material pelo almoxarifado, o subsistema 
de Inspeção é acionado, de modo que os itens aceitos pela inspeção física 
e documental são encaminhados ao subsistema de Armazenagem para 
guarda nas unidades de estocagem próprias e demais providências, ao 
mesmo tempo que o subsistema de Controle de Estoque é informado para 
proceder aos registros físicos e contábeis da movimentação de entrada. O 
subsistema de Cadastro também é informado, para encerrar o dossiê de 
compras e processar as anotações cadastrais pertinentes ao fornecimento. 
Os materiais recusados pelo subsistema de Inspeção são devolvidos ao 
fornecedor. A devolução é providenciada pelo subsistema de Aquisição que 
aciona o fornecedor para essa providência após ser informado, pela Inspe-
ção, que o material não foi aceito. Igualmente, o subsistema de Cadastro é 
APOSTILAS OPÇÃO A Sua Melhor Opção em Concursos Públicos 
Administração de Recursos Materiais A Opção Certa Para a Sua Realização 6
informado do evento para providenciar o encerramento do processo de 
compra e processar, no cadastro de fornecedores, os registros pertinentes. 
Quando o material é requisitado dos estoques, este evento é comuni-
cado ao subsistema de Controle de Estoque pelo subsistema de Armaze-
nagem. Este procede à baixa física e contábil, podendo, gerar com isso, 
uma ação de ressuprimento. Neste caso, é emitida pelo subsistema de 
Controle de Estoques uma ordem ao subsistema de Compras, para que o 
material seja comprado de um dos fornecedores cadastrados e habilitados 
junto à organização pelo subsistema de Cadastro. Após a concretização da 
compra, o subsistema de Cadastro também fica responsável para providen-
ciar, junto aos fornecedores,