Exemplo Monografia - Leandro Henrique - Administração
110 pág.

Exemplo Monografia - Leandro Henrique - Administração


DisciplinaAdministração136.961 materiais966.017 seguidores
Pré-visualização25 páginas
UNIVERSIDADE METODISTA DE SÃO PAULO 
PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO 
 
 
 
 
 
 
 
LEANDRO HENRIQUE MARIANO FOLTRAN 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
ASSOCIATIVISMO EMPRESARIAL ENTRE MICRO E 
PEQUENAS EMPRESAS: A EXPERIÊNCIA DO GRANDE 
ABC COM O PROJETO EMPREENDER (SEBRAE) 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
São Bernardo do Campo 
2009 
UNIVERSIDADE METODISTA DE SÃO PAULO 
PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO 
 
 
 
 
 
 
LEANDRO HENRIQUE MARIANO FOLTRAN 
 
 
 
 
 
 
 
ASSOCIATIVISMO EMPRESARIAL ENTRE MICRO E 
PEQUENAS EMPRESAS: A EXPERIÊNCIA DO GRANDE 
ABC COM O PROJETO EMPREENDER (SEBRAE) 
 
 
Dissertação apresentada ao 
Programa de Mestrado em 
Administração da Universidade 
Metodista de São Paulo na área de 
Administração, linha Gestão de 
Pessoas e Organizações, como 
requisito parcial para conclusão do 
curso. 
 
Orientação: Profa. Dra. Dagmar Silva 
Pinto de Castro 
 
 
 
 
 
 
 
São Bernardo do Campo 
2008 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
FICHA CATALOGRÁFICA 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
F731a 
Foltran, Leandro Henrique Mariano 
 Associativismo empresarial entre micro e pequenas empresas : 
a experiência do Grande ABC com o projeto empreendedor 
(SEBRAE) / Silvia Aparecida Raimundo Ferreira. 2008. 
 110 f. 
 
 Dissertação (mestrado em Administração) --Faculdade de 
Administração e Economia da Universidade Metodista de São 
Paulo, São Bernardo do Campo, 2008. 
 Orientação : Dagmar Silva Pinto de Castro 
 
 1. Associativismo empresarial 2. Pequenas empresas - Região 
do Grande ABC (SP) 3. Projeto empreendor I.Título. 
 
CDD 658 
LEANDRO HENRIQUE MARIANO FOLTRAN 
 
 
 
 
 
 
 
ASSOCIATIVISMO EMPRESARIAL ENTRE MICRO E PEQUENAS 
EMPRESAS: A EXPERIÊNCIA DO GRANDE ABC COM O 
PROJETO EMPREENDER (SEBRAE) 
 
 
Dissertação apresentada ao 
Programa de Mestrado em 
Administração da Universidade 
Metodista de São Paulo na área de 
Administração, linha Gestão de 
Pessoas e Organizações, como 
requisito parcial para conclusão do 
curso. 
 
Orientação: Profa. Dra. Dagmar Silva 
Pinto de Castro 
 
 
Área de Concentração: Ciências Administrativas 
 
Data de aprovação: ____/____/____ 
 
 
Banca Examinadora 
 
Dagmar Silva Pinto de Castro Profa . Dra. __________________ 
Universidade Metodista de São Paulo 
 
 
Luiz Roberto Alves Prof. Dr. ______________________ 
Universidade Metodista de São Paulo 
 
 
Ladislau Dowbor Prof. Dr. ______________________ 
Pontifícia Universidade Católica de São Paulo 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Dedico este trabalho à minha fiel e abençoada 
companheira Nara K. Cazzolato pois, sem 
 suas palavras de incentivo, conversas de apoio, 
ajudas teóricas e amor imensurável, não teria 
 conseguido chegar até o final desta pesquisa. 
AGRADECIMENTOS 
 
 
 À Profa. Dra. Dagmar S. P. de Castro agradeço por toda sua dedicação, 
empenho, apoio e por ser, além de orientadora, ouvinte e amiga. Nossas 
conversar descontraídas, porém muito centradas, foram de enorme utilidade e 
ricas em conhecimento e ensinamento para mim. 
Agradeço ao Sr. Caio M., à Sra. Carla S. Bassi e ao Sr. Manoel Freitas, 
por terem aberto as portas do Projeto Empreender para mim, confiando e 
incentivando a pesquisa de meu trabalho. 
Aos meus pais exponho meu extremo respeito e admiração por terem 
dedicado sua vida, deixando, por muitas vezes, de fazer coisas que desejavam, 
para dar à mim e à minha irmã condições de estudarmos e crescermos na vida. 
Muito obrigado à minha amada e fiel irmã Ana Luiza, por ter me 
incentivado a voltar aos estudos e por me apoiar nesta etapa da vida 
acadêmica. 
Agradeço ao meu sogro e gênio José Donizete Cazzolato, por nossas 
longas conversas que me fizeram abrir a mente para o incrível mundo da 
pesquisa e da reflexão crítica, e à minha sogra pelas palavras de incentivo e 
aprendizado. 
Agradeço também aos mestres dos quais tive a oportunidade de ter aula 
durante o curso de mestrado e em especial ao Prof. Dr. Luiz Roberto Alves, 
que considero um mestre em minha vida e uma pessoa na qual me espelho 
para um dia poder ensinar e passar ensinamentos como ele o faz. 
Agradeço ao meu grande amigo Paulo Henrique F. Ortiz, pessoa que 
acreditou e me apoiou desde o início do curso e que possibilitou minha primeira 
experiência como professor. A vida é feita pelas amizades e tenho certeza que 
tenho em ti um grande amigo para o resto de minha vida. 
Agradeço ao colega italiano Emanuele Padovani por nossas longas e 
difíceis conversas a distância para tentarmos efetuar uma pesquisa conjunta 
para este trabalho; , porém problemas de força maior nos impediu de realizar 
este sonho momentaneamente, mas espero em um futuro próximo estarmos 
pesquisando juntos. 
E por último agradeço a Jesus Cristo por ter colocado em minha vida a 
oportunidade de estudar e por ter me dado forças nos momentos de solidão, 
amargura e incertezas. A crença no SENHOR sempre foi importante em minha 
vida, mesmo que quieta e discreta. 
Peço desculpas se aqui me esqueci de citar alguém que, de alguma 
forma, esteve me apoiando e me ajudando nesta minha etapa da vida, porém a 
mente humana costuma falhar nos momentos mais delicados. 
 
RESUMO 
 
 
O associativismo empresarial aparece como forma de desenvolvimento 
regional, seja este econômico, social ou cultural, e é grande aliado para o 
surgimento e crescimento das micro e pequenas empresas. É um tema já 
vivenciado e estudado por vários países do mundo, entre eles europeus e 
especificamente italianos, mas ainda pouco estudado e conhecido no Brasil. A 
presente pesquisa objetivou analisar o associativismo empresarial entre micro 
e pequenas empresas (MPEs) na região do Grande ABC (GABC) pelo Projeto 
Empreender (SEBRAE) relacionando seus dados com os publicados do 
relatório 2003/5 de autoria do Observatório Europeu de estudos sobre 
pequenas e médias empresas europeias, analisando as formas de 
associativismo aqui ocorridas, além de identificar o perfil das empresas e 
empresários envolvidos no projeto. Para tal análise foram coletados dados de 
um total de 63 empresas do Projeto Empreender, nos núcleos de Santo André, 
São Caetano do Sul e Ribeirão Pires. Do GABC foram coletados dados 
utilizando o instrumento desenvolvido pelo Observatório Europeu de estudos 
sobre pequenas e médias empresas. A análise dos dados coletados no GABC 
em relação aos dados europeus se fez necessária para que pudessem ser 
encontrados pontos de divergências e convergências em cada uma das 
experiências, objetivando o aprendizado e evolução do tema. A escolha do 
GABC foi motivada pelo fato da região passar por mudanças no seu perfil 
econômico, passando de berço e grande pólo das grandes indústrias para um 
grande centro de pequenas empresas prestadoras de serviços. Após coleta e 
análise dos dados, percebeu-se que a experiência do GABC e a ocorrida na 
Itália se parecem em muitos aspectos, porém tem grandes diferenças 
estruturais. Enquanto o projeto europeu é de responsabilidade de um órgão da 
União Europeia, aqui o projeto é de autoria do SEBRAE e sofre grandes 
conflitos com as Associações Comerciais e Industriais (ACIs) da região quando 
o tema é custeio das despesas das pessoas e estrutura que envolve a 
implantação do projeto. Além disso, conclui-se que é necessária uma maior 
aproximação dos municípios com o projeto, tendo em vista que isto poderia ser 
fator de incentivo a entrada