Exemplo Monografia - Leandro Henrique - Administração
110 pág.

Exemplo Monografia - Leandro Henrique - Administração


DisciplinaAdministração137.257 materiais968.861 seguidores
Pré-visualização25 páginas
Acessado 
em: 21/04/2008 as 11:44. 
 
KANTER, Rosabeth Mossa. La nueva clase directiva mundial: progreso local 
em una economia global. Paidos, 2000. 
 
KLINK, Jeroen Johannes. A cidade-região: regionalismo e reestruturação no 
Grande ABC Paulista. Rio de Janeiro: DP&A, 2001. 
 
KLIKSBERG, Bernardo. Repensando o Estado para o desenvolvimento 
social: Superando Dogmas e convencionalismos. São Paulo: Cortez, 1998. 
 
KUHN, Thomas. Estrutura das revoluções científicas. São Paulo: 
Perspectiva, 2003. 
 
LAKATOS, Eva Maria, MARCONI, Marina de Andrade. Fundamentos de 
metodologia científica. São Paulo: Atlas, 2007. 
 
LIMA, Daniel MARCOCCIA, Maria Luisa. Grande ABC tem futuro? Santo 
André: Editora Livre Mercado, 1997. 
 
LOIOLA Elisabeth; MOURA Suzana. Análise de redes: Uma contribuição aos 
estudos organizacionais. In: FISCHER, Tânia. (Org.) Gestão Contemporânea: 
Cidades, estratégias e organizações locais. Rio de Janeiro: Fundação 
Getúlio Vargas, 1996. 
 
102 
LONGENECKER, Justin G., MOORE, Carlos W., PETTY, J. William. 
Administração de Pequenas Empresas. São Paulo: Makron Books, 1997. 
 
MARCONI, Marina de Andrade. LAKATOS, Eva Maria. Técnicas de Pesquisa. 
São Paulo: Atlas, 1999. 
 
MARQUEZ, Rui Cesar. Alianças Estratégicas. Campinas: Alínea, 2003. 
 
MATTOS, José Fernando; BELTRAND, Marcelo Vernet de; BERTÉ, Roberto 
Sarquis. Cooperar para Competir \u2013 o novo desafio da competitividade. 
Porto Alegre: MBC/SEBRAE, 2002. 
 
MONTANO, Carlos. Microempresa na era da globalização. São Paulo: 
Cortez, 2001. 
 
MONTEIRO, Arlete Assumpção. O ABC Paulista. Da vila de João Ramalho 
até meados do século XVIII. Revista Raízes, São Caetano do Sul, 45-47, 
julho de 2007. 
 
NOLETO, Marlova Jovchelovitch. Parcerias e alianças estratégicas: uma 
abordagem prática. São Paulo: Global, 2000. 
 
NOHRIA, Nitin. Is a network perspective a useful way of studying 
organizations? In: NOHRIA, N.; ECCLES, R. G. (Editores). Networks and 
organizations: structure, form, and 
action. Boston: Harvard Business School, 1992. 
 
Observatory of European SMEs. SMEs and Co-operation. Luxemburgo: 
European Comission, 2003. Disponível em http://europa.eu/ 
 
OLIVEIRA JUNIOR, Zacarias Gonçalves de. Gestão do conhecimento em 
Arranjo Produtivos Locais: Estudo de caso do Pólo Brasileiro de Cosmético 
em Diadema. 2007. 142 páginas. Dissertação de Mestrado. UMESP, São 
Bernardo do Campo. 
 
OHMAE, Kenichi. Mundo sem fronteiras: Poder e estratégia em uma 
economia Global. São Paulo: McGraw-Hill, 1991. 
 
PAIM, Carlos José. Ferramentas de desenvolvimento regional. São Paulo: 
Edições inteligentes, 2005. 
 
PMD. A vida de Diadema. Disponível em: 
http://www.diadema.sp.gov.br/csp/diadema/historianew1.csp Acessado em: 
03/04/2008 as 22:28. 
 
PMM. A história de Mauá. Disponível em: 
http://www.maua.sp.gov.br/hist_index.asp Acessado em: 03/04/2008 as 21:34. 
 
103 
PMRP. Ribeirão Pires: Sua história, suas raízes. Disponível em: 
http://www.ribeiraopirestem.com.br/index.php?option=com_content&task=view&
id=14&Itemid=26 Acessoado em: 03/04/2008 as 21:55. 
 
PORTER, Michael. Clusters e competitividade. Revista HSM Management, 
São Paulo, n. 15, p. 100-110, jul./ago. 1999. 
 
PUTNAM, Robert D. Comunidade e Democracia: a experiência da Itália 
moderna. Rio de Janeiro: Ed. GV, 2007. 
 
PYKE, F. Industrial development through small firm cooperation: theory 
and practice. Genebra: International Labour Office, 1992. 
 
RIBAUT, M.; MARTINET, B.; LEBIDOIS, D. A gestão das tecnologias. 
Coleção Gestão & Inovação. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 1995. 
 
ROEHRS, Ademar Alcindo. Associativismo empresarial: um estudo de caso 
sobre o Projeto Empreender \u2013 no Paraná e em Marechal Cândido Rondon. 
2003. 216 páginas. Dissertação de Mestrado. UFSC, Florianópolis. 
 
ROESCH, Sylvia Maria Azevedo. Projetos de estágio do curso de 
administração. São Paulo: Atlas, 1996. 
 
ROESE, Mauro GITAHY, Leda Maria Caíra. Cooperação entre Empresas de 
Aglomerações Industriais de Setores Tradicionais: o caso da Indústria de 
Móveis de Madeira. In: XXVII Encontro da ANPAD, 2003, Atibaia-SP. Kit 
Enanpad 2003. 
 
ROMEU, Carlos Alberto. Formação de uma rede associativista. Pequenas 
empresas & Grandes negócios. São Paulo: Globo, Edição 162, 2002. 
 
ROQUE, Wagner. Em rede nacional. Revista Pequenas Empresas Grandes 
Negócios. São Paulo, n.165, p. 42-43, outubro 2002. 
 
SACHS, Ignacy. Caminhos para o desenvolvimento sustentável. Rio de 
Janeiro: Garamond, 2002. 
 
SEADE. Anuário Estatístico do Estado de São Paulo. Disponível em 
http://www.seade.gov.br/produtos/anuario/2003/download/tudo.zip Acessado 
em: 21/04/2008 as 14:32 
 
_________. Caminhos para o desenvolvimento sustentável. Rio de Janeiro: 
Garamond, 2002. 
 
SCHWARTZ, Gilson. Estratégias valorizam a formação de redes locais. São 
Paulo: Folha de São Paulo, 31 de dezembro de 2000. 
 
SANTOS, M.; SOUZA, M. A. A.; SILVEIRA, M.L. (orgs). Território, 
globalização e fragmentação. São Paulo: Hucitec, 1994. 
 
104 
SEBRAE. Projeto Empreender \u2013 Brasília, 1992. 
 
________. Projeto Empreender \u2013 A experiência de Santa Catarina \u2013 
Florianópolis, 1999. 
 
________. Como construir alianças estratégicas e associativismo 
econômico. Brasília: 2000. 
 
________. Sobrevivência e Mortalidade das Empresas Paulistas de 1 a 5 
anos. São Paulo: 2005. Disponível em: 
http://www.SEBRAEsp.com.br/principal/conhecendo%20a%20mpe Acessado 
em 18/10;2007 as 11:21 
 
_________. Onde Estão as Micro e Pequenas Empresas em São Paulo. 
São Paulo: 2007. Disponível em: http://mpesaopaulo.sp.SEBRAE.com.br 
Acessado em: 18/10/2007 as 11: 57. 
 
 
SEHAL. Mapa dos municípios integrantes do Grande ABC. Disponível em: 
http://www.sehal.com.br/imagens/mapa.jpg Acessado em: 04/04/2008 as 
15:26. 
 
SILVA, Edna Lúcia da. MENEZES, Estera Muszkat. Metodologia da pesquisa 
e elaboração de dissertação. Florianópolis: UFSC, 2001. 
 
SILVEIRA, Sandro, W. da S. Abordagem Sistêmica para Diagnóstico da 
Vocação Competitiva e Desenvolvimento Microrregional \u2013 O caso de 
Blumenau. Dissertação de Mestrado. Universidade de Santa Catarina, 
Florianópolis, 1999. 
 
SOUZA, Lázaro Evair de. Descubra a força da união. Revista Pequenas 
Empresas Grandes Negócios. São Paulo, n.162, p. 48-57, julho 2002. 
 
TEIXEIRA, Francisco et al. Gestão de Redes de cooperação 
interempreariais. Salvador: Casa da Qualidade, 2005 
 
TRUJILLO, F.A. Metodologia da ciência. Rio de Janeiro: Kennedy, 1974. 
 
VALARELLI, L. L. Um Panorama sobre o Estado da Arte do Debate sobre 
Indicadores. São Paulo: GT Indicadores, 2002. Disponível em: 
http://www.aditepp.org.br Acessado em 20/11/2007 as 16:55 
 
VARAMÄKI, E. VESALAIMEN, J. Modelling Different Types of Multilateral 
Co-operation Between SMEs. Entrepreneurship and Regional Development. 
Finland: Volume 15, Number 1, 2003 , pp. 27-47. 
 
VEIGA, José Eli da. Do global ao local. São Paulo: Armazém do Ipê, 2005 
 
 
 
105 
 
 
 
 
 
 
 
 
ANEXO A - TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO 
 
Título da Pesquisa: \u201cASSOCIATIVISMO EMPRESARIAL ENTRE MICRO E 
PEQUENAS EMPRESAS: DA EXPERIÊNCIA ITALIANA AO GRANDE ABC\u201d 
Nome do Pesquisador: Leandro Henrique Mariano Foltran 
Nome da Orientadora: Profa. Dra. Dagmar Silva P. Castro 
 
1. Natureza da pesquisa: o Sr.(a) está sendo convidado(a) a participar desta 
pesquisa que tem por finalidade comparar o associativismo empresarial da 
experiência europeia e italiana e a experiência do ABC paulista (Projeto 
Empreender), indicando similaridades e diferenças entre tais experiências, 
com intuito de melhorar as práticas aqui desenvolvidas. Participantes da 
pesquisa: são todos os participantes do Projeto Empreender/SEBRAE da 
região do ABC paulista e do projeto de associativismo do Confartigianato de 
Forlì. 
2. Envolvimento na pesquisa: ao participar deste