Fundamentos e estrutura do cooperativismo
102 pág.

Fundamentos e estrutura do cooperativismo


DisciplinaAdministração139.061 materiais985.226 seguidores
Pré-visualização23 páginas
pela Aliança Cooperativa Internacional \u2013 ACI. No Bra-
sil a estrutura, a organização e o funcionamento do Cooperativismo são definidos por meio da
Lei denominada \u201cLei do Cooperativismo\u201d, ou seja, Lei nº 5.764, publicada no Diário Oficial da
União em 16.12.71 (Brasil, 2008). Com a publicação da atual Constituição Federal do Brasil, em
1988, o sistema cooperativista brasileiro incorporou três grandes conquistas, consideradas um
avanço para a estruturação e o funcionamento do cooperativismo, quais sejam:
1) a autonomia de constituição e funcionamento sem a interferência estatal na gestão das
cooperativas;
2) o reconhecimento do ato cooperativo (como um ato diferente do ato comercial), e
3) o compromisso do Estado no desenvolvimento do cooperativismo.
A estrutura, o funcionamento, os órgãos internos, as responsabilidades de gestão e
controle das cooperativas, são definidos e regulamentados na Lei do Cooperativismo, que
trata sobre a política nacional de cooperativismo, a delimitação das sociedades cooperati-
vas, dos objetivos, classificação e constituição das sociedades cooperativas, da autorização
de funcionamento, dos estatutos sociais, dos livros e registros e demais dimensões da orga-
nização e funcionamento.
Nesse sentido, este livro-texto tem os objetivos de:
a) contribuir com o processo de ensino-aprendizagem dos cursos de tecnologia, especial-
mente os voltados para a área do cooperativismo;
EaD
7
FUNDAMENTOS E ESTRUTURA DO COOPERATIVISMO
b) gerar subsídios e elementos conceituais e de referência na área do cooperativismo, liga-
dos à estrutura e ao funcionamento das cooperativas, sem a pretensão final de esgotar os
temas;
c) produzir referências e instigar a busca de novos e mais profundos conhecimentos na área
do cooperativismo, das suas relações, influências e organização;
d) contribuir para que o cooperativismo, além de um modelo de organização socioeconômica
da sociedade, se transforme cada vez mais em um estilo e opção de vida das pessoas.
Para facilitar os estudos, este material está didaticamente organizado em três unida-
des, com a finalidade de apoiar os seus estudos, sejam eles presenciais ou conectados via
diferentes instrumentos tecnológicos e a distância. As unidades possuem seções e subseções
com o objetivo de facilitar a interação, complementadas por exemplos, estudos de caso,
exercícios e outros mecanismos e referências.
Na Unidade 1 são explorados os temas da governabilidade, ética e liderança no
cooperativismo.
Na Unidade 2 são tratadas a estrutura e a organização do cooperativismo.
Na Unidade 3 são detalhadas os temas da gestão, controle e legislação cooperativa.
Desejo a você um bom estudo e interação com os conteúdos, professor, tutor e colegas,
contribuindo assim para conhecer, entender e disseminar as idéias e propostas do
cooperativismo, reforçando a importância da cooperação para o desenvolvimento.
EaD Pedro Luís Bü tten bend er
8
EaD
9
FUNDAMENTOS E ESTRUTURA DO COOPERATIVISMO
Conhecendo o ProfessorConhecendo o ProfessorConhecendo o ProfessorConhecendo o Professor
PEDRO LUÍS BÜTTENBENDER
Mestre em Gestão Empresarial (FGV-Epabe, 2001), especia-
lista em Cooperativismo (Unisinos, 1992) e Gestão Estratégica
(Unijuí, 1995). Professor do Departamento de Estudos da Admi-
nistração da Unijuí \u2013 Universidade Regional do Noroeste do Esta-
do do Rio Grande do Sul.
Pesquisador e autor de livros e artigos publicados nas áreas
de gestão, cooperativismo e desenvolvimento. Vivência e experiên-
cia profissional de atuação em cooperativas, nas áreas da gestão
estratégica, gestão de pessoas, educação e comunicação coopera-
tiva, e associado de cooperativas há mais de 20 anos. Cursando
atualmente Doutorado em Administração, com pesquisa de tese
na área da inovação, tecnologia e desenvolvimento, tendo o
cooperativismo como uma das referências estratégicas.
EaD Pedro Luís Bü tten bend er
10
EaD
11
FUNDAMENTOS E ESTRUTURA DO COOPERATIVISMO
O que vamos estudarO que vamos estudarO que vamos estudarO que vamos estudar
UNIDADE 1 \u2013 GOVERNABILIDADE, ÉTICA E LIDERANÇA NO COOPERATIVISMO
Apresentaremos nesta unidade conceitos, fundamentos e referências sobre os três te-
mas centrais desta unidade: a governabilidade, a ética e a liderança no cooperativismo. A
governabilidade por que é considerada elementar para o êxito de qualquer organização.
Agregam-se os preceitos, posturas e princípios éticos, extensivos do ambiente cooperativo
para todos os níveis da sociedade. E, por fim, o estudo sobre a liderança no cooperativismo,
a partir dos conceitos até a vivência e sua importância para as organizações cooperativas.
UNIDADE 2 \u2013 ESTRUTURA E ORGANIZAÇÃO DO COOPERATIVISMO
Apresentaremos nesta unidade os fundamentos que norteiam a estrutura do
cooperativismo nos seus distintos níveis (do local ao internacional). O que são e como se
organizam as estruturas do cooperativismo, como cooperativas centrais, federações e con-
federações. Serão detalhados os 13 ramos do cooperativismo e exploradas a fundamentação
e a importância da integração e da intercooperação.
UNIDADE 3 \u2013 GESTÃO, CONTROLE E LEGISLAÇÃO COOPERATIVA
Nesta unidade serão estudados os fundamentos da gestão e do controle das organiza-
ções cooperativas. As teorias e os fundamentos da gestão geram contribuições comuns a
todos os modelos organizacionais. Nesse sentido, vamos estudar as especificidades vincula-
das às organizações cooperativas. A legislação cooperativa também será abordada, princi-
palmente no que tange à estrutura, ao funcionamento, aos órgãos internos, às responsabi-
lidades de gestão e ao controle das cooperativas, A Lei do Cooperativismo é a lei maior do
sistema, embora as cooperativas não estejam isentas de cumprir todas as demais regula-
mentações definidas na legislação em vigor nos países onde estão instaladas.
EaD Pedro Luís Bü tten bend er
12
EaD
13
FUNDAMENTOS E ESTRUTURA DO COOPERATIVISMO
Unidade 1Unidade 1Unidade 1Unidade 1
GOVERNABILIDADE, ÉTICA
E LIDERANÇA NO COOPERATIVISMO
OBJETIVOS DESTA UNIDADE
\u2022 Apresentar os principais conceitos, fundamentos e referências sobre os três temas centrais
desta unidade: governabilidade, ética e liderança.
\u2022 Trazer diferentes abordagens destes temas, à luz da literatura e das contribuições da prá-
tica do cooperativismo.
AS SEÇÕES DESTA UNIDADE
Seção 1.1 \u2013 Governabilidade Cooperativa.
Seção 1.2 \u2013 Democracia e Solidariedade Cooperativa.
Seção 1.3 \u2013 Liderança no Cooperativismo.
Nesta unidade vamos abordar as contribuições de alguns dos principais autores acer-
ca dos temas relacionados à governabilidade, ética e democracia cooperativa e à liderança
no cooperativismo.
O estudo destes tópicos estabelece um referencial teórico para o entendimento do
cooperativismo, seus pressupostos e fundamentos que norteiam a sua estrutura e funciona-
mento.
EaD Pedro Luís Bü tten bend er
14
Seção 1.1
Governabilidade Cooperativa
A governabilidade é elementar para o êxito de qualquer organização. Durante os últi-
mos anos se reconhece que existiram e existem grandes problemas de governabilidade em
governos, empresas privadas, organizações sociais e políticas, entre outros, os quais se refle-
tem em um baixo nível de eficiência e eficácia no lucro dos objetivos organizacionais ou dos
Estados, no caso dos governos dos países. Também se reflete nas distorções dos procedimen-
tos e nos resultados esperados, seja pelos cidadãos, no caso dos governos, ou pelos membros
ou donos das organizações, os quais dão origem a outros problemas ou debilidades nos
processos, como atos de corrupção de toda índole.
As cooperativas não escapam aos problemas de governabilidade, os quais se manifes-
tam principalmente no