Código de Processo Civil Anotado - OAB Paraná
2021 pág.

Código de Processo Civil Anotado - OAB Paraná


DisciplinaDireito Processual Civil I45.630 materiais803.041 seguidores
Pré-visualização50 páginas
no 
processo. Se a parte ré se movimentou para organizar a sua defesa e quando 
chega aos autos encontra a desistência da ação, parcial ou total, a parte autora 
deverá arcar tanto com as despesas, quanto com honorários advocatícios relati-
vos a tal fato. 1.3. Da mesma forma, se a parte ré pratica ato expresso ou tácito 
que dá mostras do seu reconhecimento da pretensão da autora, também deverá 
Artigo 25Kleber Cazzaro
Art. 26. Se o processo terminar por desistência ou reconheci-
mento do pedido, as despesas e os honorários serão pagos 
pela parte que desistiu ou reconheceu.
§ 1º Sendo parcial a desistência ou o reconhecimento, a res-
ponsabilidade pelas despesas e honorários será proporcional à 
parte de que se desistiu ou que se reconheceu.
§ 2º Havendo transação e nada tendo as partes disposto quanto 
às despesas, estas serão divididas igualmente.
AUTOR
Kleber Cazzaro
97
arcar com as conseqüências financeiras do processo. Afinal, sua resistência em 
cumprir com suas obrigações espontaneamente, motivou a existência do pro-
cesso. 
II. Pluralidade de partes
Ocorrendo a hipótese, e houver a desistência apenas de um ou alguns dos 
envolvidos em cada pólo, as custas serão pagas na proporção à participação 
deles na situação. 
III. Honorários advocatícios
Na hipótese do parágrafo segundo, há divergência em relação aos honorários 
advocatícios, quando há extinção do processo por transação e as partes não 
definem quem pagará tal verba e para quem. Considerável parte da doutrina 
entende que a extensão pode alcançar os honorários, que também devem ser 
pagos igualitariamente entre os envolvidos. Porém, o Superior Tribunal de Justi-
ça já manifestou posição dizendo que, como o próprio CPC distingue despesas 
processuais e honorários advocatícios, a interpretação do parágrafo segundo é 
restritiva. A divisão igualitária não alcança honorários de advogado. 
IV. Outras hipóteses
Não representando cláusula fechada, é possível pensar em outras hipóteses que 
também podem admitir a aplicação do presente artigo, por analogia. São exem-
plos: a reconvenção, a ação declaratória incidental, medida cautelar, recursos, 
execução, etc. 
Súmula nº 153 do STJ: \u201cA desistência da execução fiscal, após o oferecimento 
dos embargos, não exime o exequente dos encargos da sucumbência\u201d.
JULGADOS 
\u201cQuando o contribuinte desiste dos embargos à execução, em troca de sua ad-
missão no Programa de Recuperação Fiscal \u2013 REFIS, ele não está desistindo, 
mas transigindo. Por isso, não deve ser condenado ao pagamento de honorários 
de sucumbência. Na hipótese, incide o art. 26, § 2º do CPC, a determinar que 
cada um dos transigentes arque com os honorários dos respectivos patronos\u201d. 
(STJ. 1T. EDcl no REsp 462618/SC. Rel. Min. Humberto Gomes de Barros. J. 
01.04.2003)
\u201cSe, no curso da lide, o réu atende à pretensão deduzida em juízo, ocorre o re-
conhecimento do pedido, devendo arcar com os ônus de sucumbência\u201d. (STJ. 
4T. AgRg no Ag 710.197/RJ. Rel. Min.
Jorge Scartezzini. J. 16.02.2006).
\u201cEm embargos à execução fiscal promovida pelo INSS é cabível a condenação 
em honorários advocatícios, com fulcro no art. 26, do CPC, incidindo a limitação 
Artigo 26Kleber Cazzaro
98
prevista na regra especial veiculada pelo art. 5º, § 3º, da Lei 10.189/2001\u201d. (STJ. 
2T. REsp 448.756/RS. Rel. Min. Herman Benjamin. J. 28/11/2006)
\u201cO entendimento desta Corte Superior está consolidado no sentido de que, para 
efeito de aplicação do art. 26 do Código de Processo Civil, caso a desistência 
da ação tenha ocorrido antes da citação, não haverá condenação ao pagamento 
de honorários advocatícios e, se apresentada após o ato citatório, deverá o autor 
da ação responder pelo pagamento da verba honorária sucumbencial\u201d (STJ. 1T. 
AgRg no REsp 792.707/SP. Rel. Min. Denise Arruda. J. 16/10/2008).
 
\u201cSe a desistência ocorrer antes da citação, o autor responde apenas pelas cu-
stas e despesas processuais, mas não por honorários de advogado. Requerida 
depois da citação, a desistência da ação acarreta para o autor o dever de su-
portar os honorários de advogado da parte contrária\u201d. (STJ. 1T. AgRg no REsp 
866.036/RJ. Rel. Min. Luiz Fux. J. 17/04/2008).
\u201cÉ indevida a condenação em honorários advocatícios se o autor desiste da 
ação antes de citados os réus\u201d. (STJ. 4T. AgRg no REsp 1197486/SP. Rel. Min. 
Aldir Passarinho Junior. J. 17/03/2011).
\u201cConforme entendimento perfilhado por esta Corte, caso haja extinção da ação 
por reconhecimento do pedido, os honorários de sucumbência serão imputados 
à parte que deu causa à instauração da lide, na forma do art. 26 do CPC\u201d. (STJ. 
2T. REsp 124.529-9. Rel. Min. Mauro Campbell Marques. j. 26.04.2011).
\u201cConsoante o art. 6º, § 1º, da Lei 11.941, de 2009, só é dispensado dos ho-
norários advocatícios o sujeito passivo que desistir de ação judicial em que 
requeira \u201eo restabelecimento de sua opção ou a sua reinclusão em outros par-
celamentos\u201c. Nas demais hipóteses, à míngua de disposição legal em sentido 
contrário, aplica-se o art. 26, caput, do Código de Processo Civil, que determina 
o pagamento dos honorários advocatícios pela parte que desistiu do feito\u201d. (STJ. 
2T. AgRg no REsp 1256109/RS. Rel. Min. Herman Benjamin. J. 01/09/2011)
\u201cSe, em que pese a desistência da parte autora, ficar evidenciada que a in-
stauração do processo decorreu do comportamento do réu (inadimplemento 
da obrigação), é inviável a condenação da autora ao pagamento das custas e 
dos honorários de sucumbência. Inteligência da regra do art. 26 do CPC a ser 
interpretada em conformidade com o princípio da causalidade\u201d. (STJ. 3T. REsp 
1347368/MG. Rel. Min. Paulo De Tarso Sanseverino. J. 27/11/2012)
Embargos à execução fiscal. Adesão ao parcelamento instituído pela lei esta-
dual n° 17.082/2012. Superveniente desistência do direito que se funda a ação. 
Permanência do interesse recursal quanto ao pleito de redução da verba ho-
norária. Afastamento da condenação em verba honorária. Impossibilidade. Parte 
que desiste que deve arcar com o ônus de sucumbência. Art. 26, caput, do CPC. 
(TJPR. 3CC. AC 1019770-7. Rel.: Dimas Ortêncio de Melo. J. 11.06.2013)
\u201cAs despesas processuais remanescentes são devidas pelo autor da ação que, 
Artigo 26Kleber Cazzaro
99
diante do indeferimento do seu pedido de assistência judiciária gratuita pela fal-
ta de comprovação da condição firmada em termo anexado aos autos, desiste 
da mesma antes da citação do réu\u201d. (TJPR. 8CC. AC - 995850-5. Rel. José Lau-
rindo de Souza Netto. J. 18.04.2013)
\u201eSe o processo terminar por desistência ou reconhecimento do pedido, as de-
spesas e os honorários serão pagos pela parte que desistiu ou reconheceu.\u201c 
(TJPR. 16CC. Ap Civel 0880350-5. Rel.: Shiroshi Yendo. J. 18/07/2012)
\u201cHomologação de desistência do recurso de apelação. Manutenção da con-
denação em custas e honorários advocatícios estabelecida em primeiro grau. 
Art. 26 do CPC\u201d. (TJPR. 1CC. AI 949419-5/02. Rel.: Fabio André Santos Muniz. 
J. 02.04.2013)
\u201cAção cautelar de exibição de documento. Tendo o seu pedido sido julgado pro-
cedente, falta ao requerente interesse recursal em pedir ao tribunal decretação 
da revelia do requerido. Sucumbência. Ônus que deve ser arcado pelo reque-
rido, ante o reconhecimento do pedido (Art.26, II, do CPC)\u201d. (TJPR. 17CC. AC 
1010475-1. Rel. Fernando Paulino da Silva Wolff Filho. J. 15.05.2013)
\u201cSem embargo do princípio da sucumbência, adotado pelo Código de Proces-
so Civil vigente, destaque-se para outro princípio, o da causalidade, segundo o 
qual \u201eaquele que deu causa à instauração do processo, ou ao incidente proces-
sual, deve arcar com os encargos daí decorrentes\u201d. (TJPR. 3CC. AC 673.854-3. 
Rel. Ruy Francisco Thomaz. j. 13.07.2010).
I. Generalidades
 Ao dizer que as despesas dos atos requeridos pelo Ministério Público e Fazen-
da Pública serão pagos ao final, pelo vencido, este artigo