ENGEWEB Correção do fator de potência R 2 0 0
383 pág.

ENGEWEB Correção do fator de potência R 2 0 0


DisciplinaEletrônica de Potência2.728 materiais37.773 seguidores
Pré-visualização50 páginas
Compensação 
Reativa e a Correção 
do Fator de Potência 
Uma visão da engenharia de projetos 
Versão R2.0.0 
 
Esta publicação técnica é mantida revisada e atualizada para download 
no site www.engeweb.eng.br. 
 
 
2007 
Ricardo Prado Tamietti 
VERT Engenharia 
 
Engenharia sem fronteiras 
Engeweb 
 
E S T A P U B L I C A Ç Ã O T É C N I C A É D E P R O P R I E D A D E A U T O R A L D E R I C A R D O P R A D O 
T A M I E T T I , S E N D O V E T A D A A D I S T R I B U I Ç Ã O , R E P R O D U Ç Ã O T O T A L O U P A R C I A L 
D E S E U C O N T E Ú D O S O B Q U A I S Q U E R F O R M A S O U Q U A I S Q U E R M E I O S 
( E L E T R Ô N I C O , M E C Â N I C O , G R A V A Ç Ã O , F O T O C Ó P I A , D I S T R I B U I Ç Ã O N A W E B O U 
O U T R O S ) S E M P R É V I A A U T O R I Z A Ç Ã O , P O R E S C R I T O , D O P R O P R I E T Á R I O D O 
D I R E I T O A U T O R A L . 
R E S E R V A D O S T O D O S O S D I R E I T O S . 
 
T O D A S A S D E M A I S M A R C A S E D E N O M I N A Ç Õ E S C O M E R C I A I S S Ã O D E 
P R O P R I E D A D E S D E S E U S R E S P E C T I V O S T I T U L A R E S . 
 
 
E D I T O R A Ç Ã O E L E T R Ô N I C A : 
 
 
 
R E V I S Ã O : 
R I C A R D O P . T A M I E T T I 
 
 
 
TAMIETTI, Ricardo Prado. 
Compensação reativa e a correção do fator de potência \u2013 uma 
visão da engenharia de projetos/ Ricardo Prado Tamietti \u2013 Belo 
Horizonte, MG: Engeweb, 2007. 
 
I S B N 8 5 - 9 0 5 4 1 0 - 1 - 2 
 
Inclui bibliografia 
1. Engenharia. 2. Compensação reativa. 3. Correção do fator de 
potência. 
 
 
 
E S T A P U B L I C A Ç Ã O T É C N I C A É M A N T I D A R E V I S A D A E A T U A L I Z A D A P A R A 
D O W N L O A D N O S I T E W W W . E N G E W E B . E N G . B R . 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
SOBRE O AUTOR 
Ricardo Prado Tamietti 
Graduado sem Engenharia Elétrica pela UFMG em 1994, onde também concluiu os 
cursos de pós-graduação em Engenharia de Telecomunicações e em Sistemas de 
Energia Elétrica com ênfase em Qualidade de Energia. Sócio-diretor da VERT 
Engenharia. Engenheiro e consultor da COBRAPI desde 1994, com grande 
experiência na elaboração, coordenação e gerenciamento de projetos de instalações 
elétricas industriais e sistemas prediais, tendo atuado nas áreas de educação 
corporativa, desenvolvimento de engenharia, sistema de gestão da qualidade, 
engenharia de projetos, planejamento e controle, gerenciamento de contratos, de 
projetos e de equipes técnicas de eletricidade. Auditor especializado em sistema de 
gestão da qualidade para empresas de engenharia, segundo prescrições da ABNT 
NBR ISO 9001. Membro da Comissão de Estudos CE-064.01 da ABNT/CB-03 - 
Comitê de Eletricidade da ABNT. Autor de livros, softwares e artigos técnicos na área 
de instalações elétricas. Na área acadêmica, atua como Coordenador técnico e 
docente de cursos de pós-graduação lato sensu direcionados ao ensino da engenharia 
de projetos industriais em diversas universidades do país. 
 
Mantém na internet a loja virtual www.engeweb.eng.br, uma editora multimídia 
especializada na produção e distribuição de conteúdos autorais e informativos \u2013 tanto 
de criação própria quanto de autores parceiros \u2013 sob a forma de cursos e e-books 
(livros digitais) para a área de engenharia. 
 
contato: tamietti@vertengenharia.com.br 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Este trabalho é dedicado aos meus pais, 
meus grandes incentivadores, à minha 
esposa Cris, pelo constante apoio e 
compreensão e ao nosso filho Matheus, a 
mais nova razão da nossa vida. 
 
Copyright © 2002-2007 Ricardo P. Tamietti. Todos os direitos reservados. iv 
COMPENSAÇÃO REATIVA \u2013 UMA VISÃO DA ENGENHARIA DE PROJETOS www.vertengenharia.com.br 
 
SUMÁRIO 
 
1 CONCEITOS BÁSICOS........................................................................................................................................... 2 
1.1 ENERGIA ELÉTRICA .......................................................................................................................................... 2 
1.2 TENSÃO E CORRENTE ELÉTRICA........................................................................................................................ 3 
1.2.1 Análise de circuitos em corrente contínua (CC) e alternada (CA) .......................................................... 4 
1.3 ELEMENTOS DE UM CIRCUITO ELÉTRICO........................................................................................................... 5 
1.3.1 Resistência ............................................................................................................................................. 5 
1.3.2 Indutância ............................................................................................................................................... 7 
1.3.3 Capacitância........................................................................................................................................... 8 
1.3.4 Impedância ............................................................................................................................................. 9 
1.4 POTÊNCIA E ENERGIA ELÉTRICA ..................................................................................................................... 13 
1.4.1 Potência complexa ............................................................................................................................... 22 
1.4.2 Medição de energia .............................................................................................................................. 26 
2 FATOR DE POTÊNCIA: FUNDAMENTOS, CAUSAS E CONSEQUÊNCIAS .............................................. 31 
2.1 FUNDAMENTOS DO FATOR DE POTÊNCIA ........................................................................................................ 31 
2.2 POR QUE PREOCUPAR-SE COM O FATOR DE POTÊNCIA? ................................................................................... 32 
2.3 CAUSAS DE UM BAIXO FATOR DE POTÊNCIA ................................................................................................... 38 
2.3.1 Motores de indução operando em vazio ou superdimensionados (operando com pequenas cargas) . 38 
2.3.2 Transformadores operando em vazio ou com pequenas cargas.......................................................... 39 
2.3.3 Lâmpadas de descarga ........................................................................................................................ 40 
2.3.4 Grande quantidade de motores de pequena potência em operação durante um longo período.......... 40 
2.3.5 Tensão acima da nominal..................................................................................................................... 40 
2.3.6 Cargas especiais com consumo de reativo .......................................................................................... 40 
2.4 CONSEQUÊNCIAS DE UM BAIXO FATOR DE POTÊNCIA ..................................................................................... 40 
2.4.1 Aumento das perdas na instalação ...................................................................................................... 41 
2.4.2 Aumento da queda de tensão............................................................................................................... 41 
2.4.3 Subutilização da capacidade instalada................................................................................................. 41 
2.4.4 Sobrecarga nos equipamentos de manobra, proteção
Ana
Ana fez um comentário
Muito bom! Muito completo!
1 aprovações
Carregar mais