A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
13 pág.
legislacao tributaria

Pré-visualização | Página 3 de 5

Questão (Cód.: 49438)
Pontos: 0,0  / 1,0
Considere que um determinado Município instituiu uma taxa de coleta domiciliar de lixo, pois a coleta de lixo é de incumbência local. Analise as asserções seguintes relativas ao tema. O Município ao instaurar a prestação de serviço poderá editar uma lei que institua o tributo PORQUE essa taxa tem como contribuintes os proprietários de imóveis, eis que estes dispõem do serviço em prol de suas unidades imobiliárias. A respeito dessa afirmação, assinale a opção correta.
A primeira asserção é falsa e a segunda é verdadeira
A primeira asserção é verdadeira e a segunda é falsa
 
As duas asserções são verdadeiras, mas a segunda não é a justificativa correta da primeira
 
As duas asserções são proposições verdadeiras e a segunda é uma justificativa correta da primeira
As duas asserções são falsas, pois uma não justifica a outra
Avaliação: GST0278_AV3_201201294045 » LEGISLAÇÃO TRIBUTÁRIA
Tipo de Avaliação: AV3
Aluno: 201201294045 - JACKSON ALVES FERREIRA
Professor:
ANA CLAUDIA AUGUSTO PINHEIRO
Turma: 9004/AD
Nota da Prova: 1,0 de 10,0        Nota do Trabalho:        Nota de Participação:        Data: 02/07/2013 10:01:02
�
 ��1a Questão (Cód.: 22220)
Pontos: 0,0  / 1,0
Julgue os itens a seguir, relativos à instituição de isenção.
 
A isençãoi é uma modalidade de extinção do crédito tributária.
 
A isenção por prazo certo não pode ser revogada ou modificada, mesmo que por lei.
 
A isenção instituída na lei do IPTU, em favor de determinado imóvel, estende-se à contribuição de melhoria em razão de calçamento realizado na rua de situação do imóvel.
 
A isenção pode ser restrita a determinada região do território da entidade tributada, em função de condições a ela peculiares.
 
A lei que institui uma isenção produz efeito a partir do exercício financeiro seguinte ao de sua publicação.
�
 ��2a Questão (Cód.: 49218)
Pontos: 0,0  / 1,0
Segundo o seu delineamento constitucional, a modalidade tributária que deve ter por base de cálculo uma grandeza que tenda a refletir o grau de contraprestação recebida por parte do contribuinte é:
contribuição social de melhoria
 
imposto
empréstimo social tributário
 
taxa
contribuição parafiscal
�
 ��3a Questão (Cód.: 16067)
Pontos: 0,0  / 1,0
João da Silva, trabalhador assalariado, com vínculo empregatício, decide ler pela primeira vez o seu contracheque. Verifica que, além do desconto da pensão alimentícia que paga ao filho de seu primeiro casamento, tem descontados valores a título de imposto sobre a renda (retido na fonte) e contribuição devida ao INSS. Curioso, ouviu falar que em matéria tributária é vedado que uma situação seja tributada mais de uma vez. É possível esclarecer a este contribuinte que:
 
O Supremo Tribunal Federal só entende que há bis in idem quando seja tributado o mesmo fato gerador pelo mesmo tributo (que tenha idêntica hipótese de incidência e destinação ou vinculação se for o caso).
 
As retenções feitas são devidas, já que a competência para instituir os tributos em questão é de pessoas distintas (União para o Imposto de Renda e INSS para a contribuição previdenciária)
A hipótese trata de bitributação expressamente consentida pela Constituição e regula a competência para instituir impostos e contribuições.
O contribuinte está perfeitamente correto, já que a competência é privativa, nunca se admitindo bis in idem ou bitributação.
As retenções feitas são indevidas e terá direito à restituição de todo valor já recolhido nos últimos 5 (cinco) anos.
�
 ��4a Questão (Cód.: 18991)
Pontos: 0,0  / 1,0
O Código Tributário Nacional, em seu artigo 156, relaciona expressamente as hipóteses de extinção do crédito tributário. As alternativas a seguir apresentam hipóteses que estão inseridas na extinção do crédito tributário, à exceção de uma. Assinale-a.
Compensação.
Transação.
Dação em pagamento com bens imóveis.
 
Novação.
 
Pagamento antecipado e homologação do lançamento.
�
 ��5a Questão (Cód.: 43568)
Pontos: 0,0  / 1,0
Em relação ao lançamento, pode-se afirmar que: I - Após notificado ao sujeito passivo, não pode ser revisto de ofício. II - No lançamento por homologação incumbe ao sujeito passivo antecipar o pagamento sem prévio exame da autoridade administrativa. III - Reporta-se à data da ocorrência do fato gerador e rege-se pela lei então vigente. Estão corretas:
apenas I e III
 
todas as rspostas
 
apenas II e III
apenas I e II
apenas o item I
�
 ��6a Questão (Cód.: 43845)
Pontos: 0,0  / 1,0
Assinale, abaixo, a alternativa correta:
I. A autorização para que a loja coloque luminoso na porta externa, concedida pela fiscalização municipal, pode ensejar a cobrança, pelo Município, de uma taxa fundada no seu poder de polícia.
II. A União, por meio de lei complementar e atendendo a relevante interesse social, poderá conceder isenção de taxas estaduais.
III. Criança de doze anos não pode ser sujeito passivo do imposto sobre renda e proventos de qualquer natureza.
IV. Tributo exigido em virtude de serviços públicos postos à disposição do contribuinte, mas não utilizados por ele, é uma taxa de serviço. 
 
Só a proposição IV é verdadeira.
 
Nenhuma das alternativas é verdadeira.
Só as proposições I e III são verdadeiras.
 
 
Só as proposições I e IV são verdadeiras.
 
Só as proposições I, II e IV são verdadeiras.
�
 ��7a Questão (Cód.: 174838)
Pontos: 0,0  / 1,0
As limitações à competência tributária, previstas nos Artigos 9º a 11º do CTN, consistem em princípios e normas jurídicas, consubstanciadas em vedações constitucionais, que têm por objetivo:
A manutenção da soberania estatal;
 
A garantia do cidadão contra o abuso do poder de tributar do Estado;
A garantia de isenção de tributos;
 
Todas as afirmativas estão Corretas.
A garantia de arrecadação para os cofres púbicos;
�
 ��8a Questão (Cód.: 17656)
Pontos: 0,0  / 1,0
De acordo com as disposições contidas no Código Tributário Nacional, é correto afirmar que a ação para cobrança de crédito tributário:
Prescreve em dez anos, contados da data de sua constituição definitiva.
 
Prescreve em cinco anos, contados da data de sua constituição definitiva.
A ação para cobrança de crédito tributário é imprescritível.
Prescreve em dez anos, contados da data do fato gerador.
 
Prescreve em cinco anos, contados da data da ocorrência do fato gerador.
�
 ��9a Questão (Cód.: 43549)
Pontos: 0,0  / 1,0
Determinado contribuinte, com domicílio tributário no famoso Município de Cajazeiras-PB, foi submetido à fiscalização, por Auditores Tributários daquele Estado, que lavraram auto de infração, por falta de pagamento do ICMS, no montante de R$100.000,00, aplicando-lhe, ainda, a multa de 50% do valor do tributo. Nesse caso, a modalidade de lançamento utilizado foi:
Por homologação
Autolançamento
 
Por arbitramento
Por declaração
 
Direto ou de ofício
�
 ��10a Questão (Cód.: 49438)
Pontos: 1,0  / 1,0
Considere que um determinado Município instituiu uma taxa de coleta domiciliar de lixo, pois a coleta de lixo é de incumbência local. Analise as asserções seguintes relativas ao tema. O Município ao instaurar a prestação de serviço poderá editar uma lei que institua o tributo PORQUE essa taxa tem como contribuintes os proprietários de imóveis, eis que estes dispõem do serviço em prol de suas unidades imobiliárias. A respeito dessa afirmação, assinale a opção correta.
As duas asserções são falsas, pois uma não justifica a outra
A primeira asserção é falsa e a segunda é verdadeira
As duas asserções são verdadeiras, mas a segunda não é a justificativa correta da primeira
A primeira asserção é verdadeira e a segunda é falsa
 
As duas asserções são proposições verdadeiras e a segunda é uma justificativa correta da primeira
	
	
Período de não visualização da prova: desde 03/06/2013 até 18/06/2013.
Parte inferior do formulário