Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
224 pág.
Riscos Físicos UFF - - Materia Completa 2016

Pré-visualização | Página 1 de 12

Especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho
Turma 42
Prof. Edison Nogueira
Engenheiro de Segurança do Trabalho
edison.nogueira@ifrj.edu.br
Material elaborado por Edison Nogueira
Riscos Físicos
Cronograma/Apresentações
Cronograma de Aulas
Material elaborado por Edison Nogueira
Março Abril
1 10 17 31 7 14 19 26 28
Ruído Ruído Ruído
Temp. 
Extremas
Temp. 
Extremas
Rad.
Ionizante
Rad. 
Ionizante
Vibração Avaliação
Higiene Ocupacional
Material elaborado por Edison Nogueira
R
is
co
s 
Fí
si
co
s
Higiene Ocupacional
“É a ciência da antecipação, identificação, avaliação e controle dos riscos
resultantes da local de trabalho ou em conexão com ele que pode colocar
em perigo a saúde e o bem-estar dos trabalhadores, tomando também em
conta o seu impacto potencial sobre as comunidades vizinhas e do
ambiente em geral.” (OIT)
“Ciência que trata da antecipação, reconhecimento, avaliação e controle
dos riscos originados nos locais de trabalho e que podem prejudicar a saúde
e bem-estar dos trabalhadores, tendo em vista também o possível impacto
nas comunidades vizinhas e no meio ambiente.” (American Industrial Hygiene
Association) Material elaborado por Edison Nogueira
Higiene Ocupacional
“Ciência e arte do reconhecimento, avaliação e controle de fatores ou
tensões ambientais originados do, ou no, local de trabalho e que podem
causar doenças, prejuízos para a saúde e bem estar, desconforto e
ineficiência significativos entre os trabalhadores ou entre os cidadãos da
comunidade.” (American Conference of Governamental Industrial Hygienists – ACGIH)
Material elaborado por Edison Nogueira
Demandas Legais
Demandas Legais 
Insalubridade – NR 15
Legislação Previdenciária 
- Aposentadoria
Prevenção de Doenças – NR 9
Material elaborado por Edison Nogueira
Legislação Previdenciária
Decreto 3.048 de 06 de maio de 1999.
Art.64...
§ 2º Consideram-se condições especiais que prejudiquem a saúde e a
integridade física aquelas nas quais a exposição ao agente nocivo ou
associação de agentes presentes no ambiente de trabalho esteja acima dos
limites de tolerância estabelecidos segundo critérios quantitativos ou
esteja caracterizada segundo os critérios da avaliação qualitativa dispostos
no § 2º do art. 68.
Material elaborado por Edison Nogueira
Legislação Previdenciária
Decreto 3.048 de 06 de maio de 1999.
Art.68...
§ 12. Nas avaliações ambientais deverão ser considerados, além do
disposto no Anexo IV, a metodologia e os procedimentos de avaliação
estabelecidos pela Fundação Jorge Duprat Figueiredo de Segurança e
Medicina do Trabalho - FUNDACENTRO.
§ 13. Na hipótese de não terem sido estabelecidos pela FUNDACENTRO a
metodologia e procedimentos de avaliação, cabe ao Ministério do Trabalho
e Emprego definir outras instituições que os estabeleçam.
Material elaborado por Edison Nogueira
Fundacentro
Número Título
NHO 01 Avaliação da Exposição Ocupacional ao Ruído
NHO 05 Avaliação da Exposição Ocupacional aos Raios X nos Serviços de Radiologia
NHO 06 Avaliação da Exposição Ocupacional ao Calor
NHO 09 Avaliação da Exposição Ocupacional a Vibração de Corpo Inteiro
NHO 10 Avaliação da Exposição Ocupacional a Vibração em Mãos e Braços
Material elaborado por Edison Nogueira
NR 9 – PPRA
(Programa de Prevenção de Riscos Ambientais)
Após a Portaria SSST n.º 25, de 29 de dezembro de 1994
Material elaborado por Edison Nogueira
NR 9 – PPRA
(Programa de Prevenção de Riscos Ambientais)
Antecipação:
A antecipação deverá envolver a análise de projetos de novas
instalações, métodos ou processos de trabalho, ou de
modificação dos já existentes, visando a identificar os riscos
potenciais e introduzir medidas de proteção para sua redução
ou eliminação.
Material elaborado por Edison Nogueira
NR 9 – PPRA
(Programa de Prevenção de Riscos Ambientais)
Reconhecimento:
O reconhecimento dos riscos ambientais deverá ter a sua
identificação, trajetórias e meios de propagação, funções e
número de trabalhadores expostos, a caracterização das
atividades e do tipo de exposição, possíveis danos a saúde
relacionados os riscos identificados e a descrição de medidas de
controle já adotadas.
Material elaborado por Edison Nogueira
NR 9 – PPRA
(Programa de Prevenção de Riscos Ambientais)
Avaliação Quantitativa:
A avaliação quantitativa deverá ser realizada sempre que seja
necessário comprovar o controle da exposição ou a inexistência
riscos identificados na etapa de reconhecimento, dimensionar a
exposição dos trabalhadores e subsidiar o equacionamento das
medidas de controle.
Material elaborado por Edison Nogueira
NR 9 – PPRA
(Programa de Prevenção de Riscos Ambientais)
Medidas de Controle:
Deverão ser adotadas as medidas necessárias suficientes para a
eliminação, a minimização ou o controle dos riscos ambientais
sempre que forem verificadas riscos a saúde dos trabalhadores.
Material elaborado por Edison Nogueira
NR 9 – PPRA
(Programa de Prevenção de Riscos Ambientais)
Riscos Ambientais
Riscos Biológicos
Riscos Químicos
Riscos Físicos
Capazes de causar danos
à saúde do trabalhador
em função de sua
natureza, concentração
ou intensidade e tempo
de exposição.
Material elaborado por Edison Nogueira
NR 9 - Riscos Ambientais
Hierarquia dos Riscos:
Agentes de Risco
Fonte Geradora
Riscos Ambientais
Material elaborado por Edison Nogueira
NR 9 - Riscos Físicos
Agentes Físicos: Ruído
Temperaturas Extremas
Vibrações
Radiações Ionizantes
Pressões Anormais
Radiações Não ionizantes
Infrassom e 
Ultrassom
Material elaborado por Edison Nogueira
NR 9 - Riscos Físicos
Nível de Ação:
Considera-se nível de ação o valor acima do qual devem ser
iniciadas ações preventivas de forma a minimizar a
probabilidade de que as exposições a agentes ambientais
ultrapassem os limites de exposição. As ações devem incluir o
monitoramento periódico da exposição, a informação aos
trabalhadores e o controle médico.
Material elaborado por Edison Nogueira
Ruído
Material elaborado por Edison Nogueira
R
is
co
s 
Fí
si
co
s
Ruído
O ruído é um dos principais agentes físicos presentes nos
ambientes de trabalho, em diversos tipos de instalações ou
atividades profissionais. Por sua enorme ocorrência e visto que os
efeitos à saúde dos indivíduos expostos são consideráveis, é um
dos maiores focos de profissionais voltados para a segurança e
saúde do trabalhador.
Material elaborado por Edison Nogueira
NR 9 - Ruído
Nível de Ação:
Deverão ser objeto de controle sistemático as situações que apresentem
exposição ocupacional acima dos níveis de ação, conforme indicado nas
alíneas que seguem:
a) ....
b) para o ruído, a dose de 0,5 (dose superior a 50%), conforme critério
estabelecido na NR-15, Anexo I, item 6.
Material elaborado por Edison Nogueira
NR 15 – Ruído
O ruído pode ser:
 Contínuo ou intermitente:
É aquele que não se classifica como de impacto.(NR 15);
Do ponto de vista técnico, ruído contínuo é aquele cujo o NPS (Nível de
Pressão Sonora) varia 3 dB durante um período longo (mais de 15 minutos)
e intermitente é aquele cujo NPS varia até 3 dB em períodos curtos ( e 0,2 s
a 15 minutos.
 Impacto:
Entende-se por ruído de impacto aquele que apresenta picos de energia
acústica de duração inferior a 1 (um) segundo, a intervalos superiores a 1
(um) segundo. (NR 15) Material elaborado por Edison Nogueira
NR 15 – Ruído
O ruído pode ser:
 Contínuo ou intermitente:
É aquele que não se classifica como de impacto.(NR 15);
Do ponto de vista técnico, ruído contínuo é aquele cujo o NPS (Nível de
Pressão Sonora) varia até 3 dB
Página123456789...12