A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
FILOEDU__T____dia03_XfDkKTY9

Pré-visualização | Página 1 de 2

1
FILOSOFIA DA EDUCAÇÃO
Centro Universitário Augusto Mott a
 Turno tarde | Avaliação A1 | 26/04/2013
QUESTÃO 1
Sócrates “pensava que não se pode ser justo sozinho, 
do mesmo modo que o ser sozinho cessa de ser” 
(Merleau Ponty).
Foi no valor da ação moral que Sócrates construiu sua 
trajetória fi losófi ca, a qual não reside em livros, mas no 
exemplo vivo de um cuidado de si que é também cuidado 
dos outros.
Esse cuidado de si socrático é entendido como
A) Prática de vida contemplativa
B) Prática altruísta por amor ao próximo
C) Prática cotidiana e cidadã
D) Prática do melhor interesse pessoal
E) Prática da concorrência de mercado
QUESTÃO 2 
O essencial é que se tenha enunciado, pela primeira vez, 
a exigência de uma realidade natural objetiva – existente 
independentemente do homem – e tenha aberto, assim, 
caminho a toda investigação científi ca. As primeiras 
fi losofi as dos jônicos são de admirar pelo cuidado novo 
de uma visão racional da realidade, pela reivindicação 
audaciosa de uma verdadeira explicação desligada dos 
mitos (MUELLER, 1978).
A afi rmação acima descrita se refere à oposição entrre 
mito e logos, nas busca pela arché.
A arché dos primeiros fi lósofos consistia na explicação 
da physis como água, terra e ar.
Acerca desse enunciado, assinale a opção correta. 
A) As duas asserções não são proposições 
verdadeiras 
B) As duas asserções são proposições verdadeiras. 
C) A primeira asserção é uma proposição verdadeira, 
e a segunda é uma proposição falsa. 
D) A primeira asserção é uma proposição falsa, e a 
segunda é verdadeira. 
E) As duas asserções são proposições falsas. 
QUESTÃO 3 
Hoje, como jovens e adultos socializados nas regras de um 
mundo burocrático e imediatista e vigiados continuamente 
para nos mostrarmos efi cientes na conquista de metas já 
traçadas, esse espanto, que se traduz pela curiosidade 
fi losófi ca, soa deslocado: perda de tempo ou coisa de 
quem não tem algo mais importante para fazer. A vida já foi 
loteada e a nova ordem histericamente nos obriga a lutar 
por um espaço num mercado cada vez mais agressivo. A 
fi losofi a insiste: o conhecimento pode ser entendido como 
mais do que o domínio de uma técnica que nada tem a ver 
com nossas vidas.
Tendo como referência o texto acima, analise as 
asserções abaixo. 
Tanto o cientista quanto o fi lósofo necessitam cultivar esse 
estado de abertura expresso no espanto diante do mundo.
O domínio do conhecimento requer uma atitude de 
curiosidade contínua, de uma inquietação cultivada.
Acerca desse enunciado, assinale a opção correta. 
A) As duas asserções são proposições verdadeiras. 
B) As duas asserções são proposições verdadeiras, mas 
a segunda não é uma justifi cativa correta da primeira. 
C) A primeira asserção é uma proposição verdadeira, 
e a segunda é uma proposição falsa. 
D) A primeira asserção é uma proposição falsa, e a 
segunda é verdadeira. 
E) As duas asserções são proposições falsas. 
QUESTÃO 4
A palavra ética deriva da palavra grega “ethos”, que 
signifi ca hábito, e foi usada inicialmente por Aristóteles. 
Podemos defi nir ética “como um estudo sistemático 
sobre as normas e os princípios que regem a ação 
humana e com base nos quais essa ação é avaliada em 
relação a seus fi ns” (MARCONDES).
Dessa defi nição de ética podemos depreender que
I Ética é a convenção de gestos e comportamentos 
normalmente denominados de etiqueta.
II Ético é o agir conforme as convenções de determinado 
estamento social.
III A ética diz respeito diretamente à nossa experiência 
cotidiana, levando-nos a uma refl exão sobre os 
valores que adotamos, o sentido dos atos que 
praticamos e a maneira pela qual tomamos decisões 
e assumimos responsabilidades em nossa vida.
IV Ética é o “estudo dos juízos de apreciação referentes 
à conduta humana suscetível de qualifi cação do 
ponto de vista do bem e do mal, seja relativamente a 
determinada sociedade, seja de modo absoluto”
É correto apenas o que se afi rma em
A) I e II. 
B) I e III. 
C) I e IV. 
D) II e III. 
E) III e IV. 
QUESTÃO 5 
Tamanha é a vitória da visão técnica do pensamento, 
que se perdeu o contato com essa experiência do 
espanto fi losófi co e passou-se também, com um desdém 
indisfarçável, a dispensar essa forma de estar no mundo. 
O assombro foi substituído não simplesmente por 
interesses práticos os mais rasos, mas principalmente 
por uma visão do mundo inteiramente modelada a partir 
do progresso da técnica.
2
Centro Universitário Augusto Motta 
O texto acima denuncia a ausência de um conceito 
criado pelos primeiros filósofos. Indique qual dos termos 
abaixo corresponde a tal conceito
A) Aesthesis
B) Aufklarung
C) Thaumatzéin
D) Arché
E) Alethea
QUESTÃO 6
Por ser parte de uma tradição cultural, o mito configura 
assim a própria visão de mundo dos indivíduos, a sua 
maneira de vivenciar esta realidade. Nesse sentido, o 
pensamento mítico pressupõe a adesão, a aceitação 
dos indivíduos, na medida em que constitui as formas 
de sua experiência do real. Não há discussão do mito 
porque ele constitui a própria visão de mundo dos 
indivíduos pertencentes a uma determinada sociedade, 
tendo, portanto, um caráter global que exclui outras 
perspectivas a partir das quais ele poderia ser discutido. 
(MARCONDES, 1997.)
De acordo com a afirmação acima, é correto afirmar que
A) O mito não se justifica, não se fundamenta nem 
se presta ao questionamento, à crítica ou à correção.
B) O mito é a justificação do real corroborado pela 
intervenção filosófica.
C) O mito e a filosofia possuem relação direta de 
essencialidade, valendo-se da certeza e confirmação 
que um exerce sobre a outra.
D) O mito se justifica quando oferece lições à filosofia, 
fazendo-a reportar-se ao conceito presente nos 
questionamentos originários.
E) O mito não se justifica pelos fundamentos 
filosóficos, pois estes é que são fundamentados pela 
reflexão mítica.
QUESTÃO 7
Para Platão, conhecer é um ato de ascensão da experiência 
sensível, uma purificação dos elementos mundanos e 
fragmentados com que a alma se confundia inicialmente. O 
destino da filosofia é o conhecimento do Ser.
Observando as afirmações acima, podemos afirmar que
A) Para Platão, a filosofia é fruto da experiência 
sensível
B) Para Platão, a filosofia é incontornavelmente 
metafísica.
C) Para Platão, a filosofia é ascese fenomelógica
D) Para Platão, a filosofia é ciência inútil
E) Para Platão, a filosofia é a ciência das ciências
QUESTÃO 8
Em si mesma, toda idéia é neutra ou deveria sê-lo; mas 
o homem a anima, projeta nela suas chamas e suas 
demências; impura, transformada em crença, insere-se 
no tempo, toma a forma de acontecimento: a passagem 
da lógica à epilepsia está consumada [...] (CIORAN, 
Breviário de Decomposição).
Indique qual das alternativas abaixo corresponde a essa 
afirmação:
A) Não se deve jamais imaginar a Filosofia como 
algum saber fechado e transmitido de forma doutrinal.
B) A Filosofia se define como a arte de resolver 
problemas.
C) O movimento da reflexão precisa contar sempre 
com a consciência de que sabemos o que queremos.
D) Filosofia significa a consumação da lógica como 
eplepsia.
E) Ser sábio é um grande perigo, pois é no 
reconhecimento libertador da própria sabedoria que 
reside a condição de possibilidade das ideias.
QUESTÃO 9
O processo de construção do repertório de crenças e 
opiniões, a “aculturação”, ocorre de uma maneira tal 
que não nos damos conta normalmente de que a ele 
estamos submetidos. Trata-se de uma forma tácita, 
sutil de conhecimento que, uma vez internalizado, nos 
permite estar em perfeita sintonia com a tradição dentro 
da qual fomos feitos sujeitos.
Esse tipo de conhecimento é denominado de
A) Senso crítico
B) Senso estético
C) Tradicionalismo
D) Construtivismo
E) Senso comum
QUESTÃO