A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
277 pág.
TCC dicas e regras de como enfrentar esse desafio

Pré-visualização | Página 20 de 50

não é possível usar as 
regras da NBR 6023, mas devem ser colhidas todas as informações disponíveis para dar 
crédito à informação colhida (ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÈCNICAS, 
2002b). Observe como fazer no capítulo sobre referências. 
Para os documentos, desde o primeiro momento, deve-se fazer o registro dos dados da obra 
consultada segundo as indicações da NBR 6023 (ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE 
NORMAS TÉCNICAS, 2002a), pois verificada a falta de informações, existe possibilidade, e 
tempo hábil, para procura-las até a finalização do trabalho. Toda informação colhida sobre um 
documento que não está registrada diretamente neste, pode ser utilizada, mas sempre indicada 
entre colchetes. Além disto, devem ser guardados os dados catalográficos (fazendo uma cópia 
65 
 
xerográfica, scaneando ou guardando o arquivo pdf) necessários para que se possa, 
posteriormente, conferir ou sanar dúvidas sobre as referências no novo trabalho. Entende-se 
por dados catalográficos, os dados indicados na obra que são necessários para compor a 
referência desta. Normalmente estes estão na capa, folha de rosto e no verso desta última, na 
forma de ficha catalográfica. 
Referência é, segunda a NBR 6023 (ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS 
TÉCNICAS, 2002b, p. 2), “Conjunto padronizado de elementos descritivos, retirados de um 
documento, que permite a sua identificação individual.”. Assim, entende-se que é o conjunto 
de informações necessárias para identificar, de forma adequada, a obra que serviu de fonte de 
informação para o novo texto. Desta forma, para cada informação incluída no novo trabalho 
haverá a identificação da fonte e, para cada fonte, a sua referência. Para obra incluída numa 
ficha de leitura, a anotação dos dados ou a composição da referência deve encabeçar as 
anotações. Cada tipo de documento tem uma forma diferente de composição da referência. 
Assim, mesmo antes de conhecer as regras para a composição dos vários tipos de referências, 
pode-se ter o cuidado de anotar os dados necessários a serem coletados na obra (e copiados na 
forma de cópia xerográfica, scaneando ou guardando o arquivo pdf). Esses dados necessários 
para compor as referências são os chamados "dados catalográficos". Isso está detalhado nos 
próximos itens. 
3.5.2.1.1 Dados para composição de referências de livros 
Os livros podem apresentar formas variadas de, por exemplo, autoria, número de volumes, 
etc. Assim, são detalhados, a seguir, os dados necessários para que, para cada caso, 
posteriormente se possa compor a referência. A formatação das referências e respectivos 
exemplos estão no capítulo referente a esse assunto. 
Se livro cuja autoria é única para todo a obra, mesmo que sejam várias pessoas as autoras: 
a) autores; 
b) título e subtítulo; 
c) número da edição (se houver dados complementares como, por exemplo, sobre 
reimpressões, essas devem ser também anotadas); 
d) local da editora; 
e) editora; 
66 
f) ano da publicação (se houver dados complementares como, por exemplo, sobre 
reimpressões, essas devem ser também anotadas); 
g) volume (se houver). 
 
Se o livro tem pessoas responsáveis pelo todo (denominados, por exemplo, coordenadores, 
compiladores, editores, etc.) e sem autores em particular para cada capítulo: 
a) nome dos responsáveis pela obra como um todo; 
b) função atribuída a essas pessoas (coordenadores, compiladores, editores, etc.); 
c) título da obra como um todo; 
d) número da edição (se houver dados complementares como, por exemplo, sobre 
reimpressões, essas devem ser também anotadas); 
e) local da editora; 
f) editora; 
g) ano da publicação (se houver dados complementares como, por exemplo, sobre 
reimpressões, essas devem ser também anotadas); 
h) volume (se houver). 
 
Se o livro que tem pessoas responsáveis pelo todo (denominados, por exemplo, 
coordenadores, compiladores, editores, etc.) e com autores em particular para cada 
capítulo: 
a) nome dos autores do capítulo; 
b) título do capítulo; 
c) nome dos responsáveis pela obra como um todo; 
d) função atribuída a essas pessoas (coordenadores, compiladores, editores, etc.); 
e) título da obra como um todo; 
f) número da edição (se houver dados complementares como, por exemplo, sobre 
reimpressões, essas devem ser também anotadas); 
g) local da editora; 
h) editora; 
i) ano da publicação (se houver dados complementares como, por exemplo, sobre 
reimpressões, essas devem ser também anotadas); 
g) do capítulo referenciado: página inicial e final; 
h) volume (se houver). 
 
67 
 
3.5.2.1.2 Dados para composição de referências de trabalhos acadêmicos 
Se trabalho acadêmico, entendido como um trabalho realizado para aquisição de algum grau, 
por exemplo, trabalho conclusão na graduação, dissertação no mestrado, tese no doutorado: 
a) autor; 
b) título e subtítulo; 
c) ano da publicação (ano da defesa  folha de rosto); 
d) número de folhas (número registrado na última folha do trabalho, incluindo 
elementos pós-textuais, mesmo que esses não estejam numerados); 
e) tipo de trabalho: por exemplo, trabalho conclusão, dissertação, tese (como 
indicado na folha de rosto); 
f) área do conhecimento da titulação do autor: por exemplo, Graduação em 
Engenharia Civil, Mestrado em Engenharia, Mestrado em Engenharia Civil, 
Doutorado em Engenharia, Doutorado em Engenharia de Produção (a titulação 
fica descrita na folha de rosto do trabalho e é função do regimento interno de 
cada curso); 
g) faculdade ou curso de pós-graduação (como indicado na folha de rosto) e a 
universidade a qual pertence; 
i) cidade onde a universidade está localizada (por vezes na folha de rosto ou na 
folha de aprovação); 
j) ano de publicação (ano da homologação  folha de aprovação, caso não esteja 
registrado usa-se a mesma data da folha de rosto). 
3.5.2.1.3 Dados para composição de referências de artigos em periódicos 
Se artigo em periódico (revista científica, revista técnica, jornal, etc.): 
a) autor; 
b) título e subtítulo do artigo; 
c) título e subtítulo do periódico; 
d) local onde é editado; 
e) volume (ou ano); 
f) número; 
g) página inicial e final; 
h) data da publicação (mês e ano, ano ou outra indicação como empregada do 
periódico como semestre, bimestre, estação do ano, etc.). 
 
68 
3.5.2.1.4 Dados para composição de referências de artigos publicados em eventos 
Se artigo publicado em evento (como, por exemplo, congresso, seminário, workshop, etc.): 
a) autor; 
b) título e subtítulo do artigo; 
c) nome do evento 
d) número da edição do evento; 
e) ano do evento; 
f) local onde evento ocorreu; 
g) tipo de publicação: Anais, Resumos, Proceedings, etc.; 
h) local da edição; 
i) instituição responsável pela edição; 
j) ano da publicação; 
k) página inicial e final (se houver indicação, por exemplo, 445-465, ou, quando 
não houver paginação grafada, registrar: Não paginado). 
3.5.2.1.5 Dados para composição de referências de normas técnicas 
Se norma técnica: 
a) instituição responsável pela autoria; 
b) código da norma; 
c) título da norma; 
d) local onde é editada; 
e) instituição responsável pela edição (se for a mesma responsável pela autoria, 
não é necessário repetir a informação); 
f) ano da publicação. 
3.5.2.1.6 Dados para composição de referências de boletins ou cadernos técnicos 
Se boletim ou caderno técnico de uma instituição: 
a) autores; 
b) título e subtítulo; 
c) local de edição; 
e) instituição responsável pela publicação; 
f) ano da publicação; 
g) denominação e número do item: por exemplo, Boletim Técnico n. 456. 
69 
 
3.5.2.1.7 Dados para composição de referências de legislação 
Para legislação