A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
22 pág.
sens1

Pré-visualização | Página 1 de 1

SENSIBILIDADE 
Profª Flávia Basso 
DEFINIÇÃO 
• “Função, através da qual são recebidas 
informações necessárias para a defesa e 
preservação do indivíduo e da espécie.” 
Permite ao organismo 
Conhecer e sentir 
Situações do meio ambiente e meio interno 
Preservação do indivíduo e da espécie 
nocivas 
REAÇÃO DO INDIVÍDUO 
Sensibilidade 
receptores Vias nervosas 
captação condução 
aferências 
A. CLASSIFICAÇÃO (Déjerine) 
1. Sensibilidade geral ou somestésica ou somatossensorial 
(relacionadas ao corpo ou soma) - receptores sensitivos 
distribuídos por todo corpo 
 › dor 
 › temperatura 
 › tato 
 › posição das partes do corpo e movimento (cinético-postural) 
 › vibratória 
 
2. Sensibilidade especial ou sensorial: dependem de órgãos 
e sistemas mais específicos e caracteristicamente 
localizados 
 › visual 
 › auditiva 
 › olfatória 
 › gustativa 
 
B. CLASSIFICAÇÃO (Sherrington) 
 Exteroceptiva: 
 - receptores localizados na pele (receptores cutâneos), 
 - sensibilidade superficial 
 - dor, temperatura (frio e calor), tato, pressão 
Protopática ou nociceptiva – relaciona-se à estímulos nocivos ao 
 organismo (dor e temperatura) 
Epicrítica ou discriminativa – relaciona-se à estímulos finos 
 e delicados (táteis) 
 Proprioceptiva: 
 - localizados profundamente nos músculos, tendões, capsulas 
 articulares, fáscias musculares 
 - sensibilidade profunda 
 - referem-se ao estado físico do corpo (cinestésicas, pressão 
 na sola do pé, etc...) 
 
Consciente – aferência destina-se ao córtex cerebral, permitindo o 
 reconhecimento da posição do corpo no espaço, da 
 atividade muscular e posição articular. 
Inconsciente – aferência destina-se ao cerebelo permitindo a 
 regulação reflexa da atividade muscular. Este tipo 
 de propriocepção permite também a regulação da 
 atividade muscular reflexa pelo reflexo miotático. 
 Interoceptiva ou visceroceptiva: 
 
 - relacionados às vísceras e vasos 
 - sensibilidade profunda 
 - referem-se à sensação de fome, sede, sexo, dor visceral 
 
RECEPTORES SENSITIVOS 
Mecanorreceptores – detectam deformações mecânicas 
 
Termorreceptores – detectam alterações na temperatura (quente/frio) 
 
Nociceptores – detectam lesões no tecido (dano físico ou químico) 
 
EXTEROCEPTORES 
Não encapsulados e encapsulados 
 Não encapsulados ou receptores livres 
 - desprovidos de qualquer cápusla. 
 
 • Terminações nervosas livres 
 - presentes em quase todas as partes do corpo, 
 - revestidas por células de Schwann, exceto próximo 
 à extremidade terminal , 
 - receptores sensoriais mais numerosos da pele, 
 - captação de estímulos dolorosos. 
 • Discos ou meniscos de Merkel 
 - receptores do tato e pressão superficiais, 
 - localizam-se na epiderme, 
 - mais complexos que as terminações nervosas livres, 
 - adaptação lenta 
 
Encapsulados 
 - envolvidos por uma cápsula conjuntiva, tendo em seu 
 interior as extremidades terminais das fibras nervosas 
 • Corpúsculos de Vater Pacini ou lamelares 
 - terminação nervosa envolvida por camadas concêntricas 
 de tecido conjuntivo , 
 - fibra nervosa terminal no centro que perde sua bainha 
 de mielina ao penetrar no corpúsculo, 
 - camadas subcutânea da pele (abundante nas regiões palmares,plantares e 
 nas pontas dos dedos), nos ligamentos, periósteo, peritônio, pâncreas e 
 outras vísceras, 
 - receptores de pressão 
 - adaptação rápida 
 
 
 
• Corpúsculo de Meissner ou táteis 
- receptores da pele glabra 
- sensíveis ao tato ou sensibilidade epicrítica 
- localizados nas papilas dérmicas 
- deformam com a pressão 
- palma da mão, planta dos pés, órgãos genitais e 
 mamilos 
- adaptação rápida 
 
 
• Corpúsculo de Krause ou bulbóides 
- receptores hipotérmicos ( frio) 
- importantes para a resposta ao tacto ou pressão contínua 
- localizados na derme 
- pele, mucosas da boca e órgãos genitais 
 
 
• Corpúsculo ou cilindros de Ruffini 
- receptores hipertérmicos ( calor) 
- responde ao estímulo de maneira contínua (adaptação lenta) 
- localizados na derme profunda 
 
 
 
• Terminações perifoliculares ou dos folículos pilosos 
- receptores espirais localizados ao redor dos folículos pilosos 
- responde ao estímulo táteis e vibração (secundária) 
 
 
PROPRIOCEPTORES 
mecanorreceptores situados nos músculos esqueléticos (fusos 
musculares), tendões (órgãos tendinosos de Golgi), 
articulações, aponeuroses e tecido conjuntivo mais profundo. 
PROPRIOCEPÇÃO – permite a percepção da posição e o movimento do 
 corpo (cinestesia) 
Propriocepção + tato = capacidade de manipular e reconhecer os objetos 
 tridimensionalmente sem o auxilio da visão (estereognosia)