A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
13 pág.
1 - Função Hepática

Pré-visualização | Página 2 de 2

– N Urobilinogênio 
 ou N
Síndrome de Gilbert 2)HIPERBILIRRUBINEMIA CONJUGADA:
� a captação, o armazenamento e a excreção da 
bilirrubina - bloqueados em graus variados
B. Conjugada e Não conjugada são retidas � [ ] séricas 
anormais de cada forma de bilirrubina
HIPERBILIRRUBINEMIA CONJUGADA:
� hepatocelular
lesão do parênquima � hepatite viral, tóxica, cirrose 
�hepatocanalicular
colestase
bloqueio do fluxo biliar funcional ou morfológico no
processo excretor hepático.
canalículos biliares e ductos de pequeno calibre são afetados
Passagem da bilirrubina e de todos os componentes da bile é reduzida
Causas mais comuns:
-Associada com lesão estrutural hepática:
Doença hepatocelular aguda 
Cirrose biliar primária
-Não associada com lesão hepática:
Colestase pós operatória,infecções sistêmicas,etc..
Colestase Intrahepática
Laboratorialmente:
No soro:
	BD e BT 
presença de bilirrubina na URINA
 Urobilinogênio ( fezes claras)
HEPATITE AGUDA:
vírus A , B, C, E e outros
	 50 a 100 vezes AST e ALT (fase inicial)
	BT FAL e γ GT
HEPATITE CRÔNICA:
viral, auto-imune ou induzida por medicamento
ColestaseColestaseColestaseColestase ExtrahepExtrahepExtrahepExtrahepááááticaticaticatica
Obstrução biliar parcial ou completa dos ductos biliares
	 Bilirrubina conjugada sérica
Observa-se em: 
•Tumores dos ductos biliares
•Retenção de cálculos biliares
•Coágulos sanguíneos
A colestase pode ser induzida por drogas:.
Ex.: fenotiazínicos, anticoncepcionais orais
Consequências clínicas:
�má-absorção de lipídios e 
vitaminas lipossolúveis, A, E,D, K
� acumulo no fígado de constituintes biliares 
– ácidos biliares, bilirrubina, colesterol 
� e elementos vestigiais, normalmente excretados na bile
– e seu regurgitamento no soro.
SSSSííííndrome de ndrome de ndrome de ndrome de DubinDubinDubinDubin----JohnsonJohnsonJohnsonJohnson
�distúrbio genético benigno e raro da 
excreção de bilirrubina pela célula hepática 
para os capilares biliares
�Hiperbilirrubinemia conjugada
BT e BD 				
Urobilinogênio 
 ou N 
Presença de bilirrubina na URINAURINAURINAURINA
Distúrbio hereditário do metabolismo da bilirrubina
Doença hepática aguda
– infecções (hepatite viral) 
- envenenamento
paracetamol, tetracloreto de carbono
Insuficiência hepática aguda 
– emergência médica
pode dar origem à insuficiência renal
Doença hepática crônica
•Fígado gorduroso do alcoólatra
•Hepatite crônica ativa
•Cirrose biliar primária
Causas:
•Excesso crônico de ingestão de álcool
•Hepatite viral
•Doenças auto-imunes
CIRROSE
É o estágio terminal da lesão hepática crônica
CaracterCaracterCaracterCaracteríííísticas clsticas clsticas clsticas clíííínicas:nicas:nicas:nicas:
•Insuficiência hepática terminal
•Icterícia
•Encefalopatia; Anemia
•Ascite (hipoalbuminemia)
•Tendência ao sangramento
•Deficiência de vitaminas
É o estágio terminal da lesão hepática crônica
Fatia de fígado com Esteatose
Inimigo número 1 do fígado→
Fígado - metástases secundárias de tumores primários –
Icterícia na presença de câncer
Hepatoma primário 
– por cirrose ou hepatite 
ou aflatoxinas geradas por fungos específicos
que infectam alimentos
A ascite - o acúmulo de líquido no interior da cavidade abdominal –
presente na cirrose alcóolica
Principais testes de funPrincipais testes de funPrincipais testes de funPrincipais testes de funçççção hepão hepão hepão hepááááticaticaticatica
Alanina aminotransferase(ALT/TPG)
Albumina
Aspartato aminotransferase(AST/TGO) 
Bilirrubinas
Fosfatase alcalina
γ-Glutamil transferase (γ-GT)
Proteínas totais
* Muitas não são específicas para uma determinada doença,
mas refletem somente a lesão tecidual do fígado.
INVESTIGAÇÃO LABORATORIAL NA
DOENÇA HEPÁTICA
Testes de função hepática ROTINEIROS
Testes de função hepática VERDADEIROS
Testes de função hepática ESPECIAIS
ROTINEIROS:
bilirrubina – albumina**
(funções excretora e de síntese, respectivamente)
fosfatase alcalina
proteína total 
aminotransferase
γGlutamiltransferase
VERDADEIROS: ***
Níveis plasmáticos de ácidos biliares
Níveis plasmáticos dos fatores de 
coagulação
Níveis sanguíneos de amônia
Adicionando a albumina e a bilirrubina – avaliam 
síntese proteica, capacidade excretora e capacidade de 
conjugação
ESPECIAIS:
α1 antitripsina
fetoproteína, ferritina
marcadores de hepatite
Auto-anticorpos específicos
Imunoglobulinas, ceruloplasmina