A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
Processo civil I aulas 2-6

Pré-visualização | Página 2 de 2

tenta conciliar os interesses das partes, ressaltando as vantagens da conciliação.
	Obtida a conciliação e homologada, extingue-se o processo, com mérito. 
	Não obtida, dará o juiz a decisão de saneamento, decidindo sobre as preliminares e a admissão de provas, designando audiência de instrução e julgamento, se necessário.
07.3.4 Fase Instrutória
	Compreende, basicamente, a realização de provas e da audiência de instrução e julgamento.
	Art. 130 CPC – Poder de instrução do Juiz;
	Valoração da prova e provas ilegais;
	
	
07.3.5 Fase decisória 
	Refere-se a sentença, após, se houver, a instrutória.
Na sentença, o juiz, imbuído na condição de representante do Estado, prolata uma resposta imperativa ao pedido formulado pelo autor, considerando, também, a resposta do réu, com base nos fatos, na lei e no Direito.
a) sentenças terminativas (têm a função de pôr fim a uma relação processual em razão de vício formal nessa relação, que tornaria o processo imprestável para os fins a que se propõem normalmente. Só faz coisa julgada formal) e
b) sentenças definitivas (dizer o Direito que deve ser aplicado ao caso concreto ou posto à apreciação do judiciário. Faz coisa julgada material);
	(Sem julgamento de mérito. Com julgamento de mérito. Atos autocompositivos - art. 269, II a IV)
	Art. 458 do CPC: o relatório, os fundamentos de fato e de direito (art. 93, IX, CF/88) e o dispositivo (conclusão), podendo anular o processo, declarar a extinção do processo, julgar o autor carecedor de ação ou julgar o pedido procedente ou improcedente.
	Em síntese: Na sentença, destarte, podemos precisar três atividades que, em seqüência lógica-sistemática, se encadeiam. Inicialmente a recapitulação da situação de fato ocorrida, nos autos (crítica do fato). Empós, a qualificação jurídica respectiva, ou seja, o enquadramento do fato ao Direito pertinente. Por derradeiro, a própria interpretação do Direito, aplicando-o ao fato (crítica do direito). 
�PAGE �
�PAGE �1�