Revisão   AV2
44 pág.

Revisão AV2


DisciplinaAdministração em Software Proprietário12 materiais196 seguidores
Pré-visualização3 páginas
Revisão
Software Prorietário
\ufffd Software proprietário ou não livre é aquele cuja 
cópia, redistribuição ou modificação são em alguma 
medida restritos pelo seu criador ou distribuidor. 
\ufffd Normalmente, a fim de que se possa utilizar, copiar, ter 
acesso ao código-fonte ou redistribuir, deve-se solicitar 
permissão ao proprietário, ou pagar para poder fazê-lo, permissão ao proprietário, ou pagar para poder fazê-lo, 
adquirindo uma licença, tradicionalmente onerosa, para 
cada uma destas ações.
Software Livre
\ufffd \u201cSoftware livre\u201d se refere à liberdade dos usuários executarem, 
copiarem, distribuírem, estudarem, modificarem e aperfeiçoarem o 
software; 
Mais precisamente, refere-se a quatro liberdades, para os usuários do 
software:
\ufffd Liberdade 0 \ufffdA liberdade de executar o programa, para qualquer 
propósito;propósito;
\ufffd Liberdade 1 \ufffdA liberdade de estudar como o programa funciona, e 
adaptá-lo para as suas necessidades . 
\ufffd Liberdade 2 \ufffdA liberdade de redistribuir cópias de modo que você 
possa ajudar ao seu próximo;
\ufffd Liberdade 3 \ufffdA liberdade de aperfeiçoar o programa, e liberar os 
seus aperfeiçoamentos, de modo que toda a comunidade se 
beneficie. 
Padrão POSIX
\ufffd POSIX Portable Operating System Interface, que pode ser 
traduzido como Interface Portável entre Sistemas 
Operacionais) é uma família de normas definidas pelo IEEE para a 
manutenção de compatibilidade entre sistemas operacionais, e 
designada formalmente por IEEE 1003. 
\ufffd POSIX define a interface de programação de aplicações (API), 
juntamente com shells de linha e comando e interfaces utilitárias, juntamente com shells de linha e comando e interfaces utilitárias, 
para compatibilidade de software com variantes de Unix e outros 
sistemas operacionais.
\ufffd Tem como objetivo garantir a portabilidade do código-fonte de um 
programa a partir de um sistema operacional que atenda as normas 
POSIX para outro sistema POSIX, desta forma as regras atuam 
como uma interface entre sistemas operacionais distintos, enfim, de 
modo coloquial "programar somente uma vez, com implementação 
em qualquer sistema operacional".
Instalação do S.O
\ufffd Verifique:
\ufffd Requisitos Mínimos de Hardware;
\ufffd Requisitos Mínimos de Software.
Obs: Dependendo da Versão do S.O a ser instalados os requisitos 
podem ser mais exigentes em relação a quantidade de podem ser mais exigentes em relação a quantidade de 
memória, disco, etc.
Instalação do S.O
Tipos de Sistema de Arquivo:
\ufffd FAT e FAT32 (FAT file allocation table \u2013 tabela de alocação de 
arquivos) são sistemas de arquivos similares, tendo como principal 
diferença o tamanho do volume que podem suportar.
\ufffd NTFS (NT File System) - É um sistema de arquivos avançado projetado 
para ser usado especificamente com o sistema Operacional Windows 
Server.Server.
\ufffd Alguns aspectos importantes do NTFS:
\ufffd Criptografia de dados;
\ufffd Permissões NTFS;
\ufffd Quotas de discos;
\ufffd Compactação de Dados;
\ufffd Auditoria, entre outros.
\ufffd ReFS - Sistema de Arquivos Resiliente: Um dos principais recursos do 
ReFS é manter um alto nível de disponibilidade e confiabilidade de dados, 
mesmo quando os dispositivos de armazenamento subjacentes individuais 
enfrentarem falhas. (Windows Server 2008 e Windows Server 2012)
Alguns conceitos:
\ufffd Domínio: É um agrupamento lógico de computadores em rede que 
compartilham recursos em um banco de dados de segurança 
comum onde a administração e autenticação são centralizadas;
\ufffd SSO-(Single Sign on) ou Logon Único: 
O logon único oferece duas principais vantagens de segurança:O logon único oferece duas principais vantagens de segurança:
\ufffd Para um usuário, a utilização de uma única senha ou cartão 
inteligente que reduz a confusão e aumenta a eficiência no 
trabalho;
\ufffd Para os administradores, a quantidade de suporte administrativo 
necessária para os usuários de domínio é reduzida, porque o 
administrador precisa apenas gerenciar uma conta por usuário.
Alguns conceitos:
\ufffd Autenticação inclui logon único e é implementada como um 
processo de duas etapas: logon interativo e autenticação de rede. 
\ufffd O logon interativo que confirma a identificação do usuário em 
uma conta de domínio ou um computador local (SID). Esse 
processo será diferente, dependendo do tipo da conta de 
usuário;usuário;
\ufffd A autenticação de rede que confirma a identificação do usuário 
para qualquer serviço de rede que o usuário esteja tentando 
acessar. 
Obs: Os sistemas operacionais Windows Server implementam o 
protocolo de autenticação Kerberos.
Instalação do Active Directory
\ufffd O Active Directory é a ferramenta mais importante do 
Windows Server, através da mesma, gerenciamos o domínio 
(contas de usuário e computadores, grupos, OUs, Políticas de 
Grupo, etc).
\ufffd Requisitos de Instalação:
\ufffd Uma partição NTFS com espaço livre suficiente, pelo menos de 250MB 
de espaço livre para o AD;
\ufffd Nome e Senha para o Administrador, pois somente o administrador \ufffd Nome e Senha para o Administrador, pois somente o administrador 
local (ou equivalente) pode instalar o primeiro domínio e assim criar 
uma nova floresta;
\ufffd Configurações corretas de TCP/IP (endereço IP, máscara de subrede e 
gateway) -Você precisa de um endereço IP dedicado (fixo) para 
instalar o AD;
\ufffd Um servidor DNS operacional (que pode ser instalado no controlador 
de domínio);
\ufffd Nome de domínio que você quer usar;
\ufffd Acesso à mídia de instalação.
Instalação do Active Directory
\ufffd Utilize o comando dcpromo para executar a instalação do 
Active Directory.
\ufffd Considerações:
\ufffd O Active Directory armazena o banco de dados em duas \ufffd O Active Directory armazena o banco de dados em duas 
partes, o próprio banco e o log de transação. O local padrão é 
C:\WINDOWS\NTDS.
\ufffd A pasta SYSVOL, é compartilhada por padrão e sua finalidade é 
replicar informações do domínio automaticamente para outros 
controladores de domínio.
Ferramenta: Usuários e Computadores do 
Active Directory
Usuários \u2013 Grupos e Computadores
\ufffd O Windows Server fornece contas de:
\ufffd Usuários \ufffd Indivíduo.
\ufffd Grupo \ufffd os usuários fazem parte de um grupo, assim 
facilitando a administração.
\ufffd Computador \ufffd Identifica um computador que faz parte 
do domínio.
Criando Contas de Usuários
13
Criando Contas de Usuários
\ufffd CUIDADO:
\ufffd Conta desativada # conta bloqueada.
\ufffd O bloqueio de conta é realizado pelo sistema operacional de forma 
automática de acordo com as diretivas do domínio, por exemplo três 
tentativas de logon inválidas.
\ufffd A conta pode ser desativada pelo administrador ou se a mesma tiver 
14
\ufffd A conta pode ser desativada pelo administrador ou se a mesma tiver 
data para expiração.
Observações:
\ufffd Embora o Windows Server apresente nomes de usuário para descrever 
privilégios e permissões, os principais identificadores das contas são os 
identificadores de segurança (SID).
\ufffd Os SIDs são identificadores exclusivos gerados quando as contas são 
criadas
GRUPOS
\ufffd Grupos é uma coleção de contas de usuários;
\ufffd Os membros do grupo, herdam as permissões atribuídas 
ao grupo;
\ufffd Os usuários podem ser membros de vários grupos;
\ufffd Grupos podem ser membros de outros grupos;\ufffd Grupos podem ser membros de outros grupos;
Tipos de Grupos
\ufffd Grupos Locais
\ufffd Grupos criados em um computador local;
\ufffd Gerenciador de usuários e grupos.
\ufffd Grupos de Segurança
\ufffd São os grupos que podem ser usados para dar acesso aos 
recursos de rede do domínio;recursos de rede do domínio;
\ufffd Usuários e Computadores do Active Directory.
\ufffd Grupos de Distribuição
\ufffd São os grupos que podem ser usados como listas de 
distribuição de e-mail. Não podem ser utilizados para dar 
acesso aos recursos de rede.
\ufffd Usuários e Computadores do Active Directory.
Criando Grupos
Unidades Organizacionais - OU