A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
70 pág.
Artigo_Análise Tributária

Pré-visualização | Página 16 de 17

3.2.1.1 IRPJ 
 
 
No quadro abaixo demonstra-se a apuração do IRPJ sobre o Lucro 
Presumido. 
 
CÁLCULO DO IRPJ - LUCRO PRESUMIDO
1° TRIMESTRE 2° TRIMESTRE 3° TRIMESTRE 4° TRIMESTRE ANUAL
1- RECEITA BRUTA DA VENDA DE PRODUTOS 877.310,75R$ 882.363,15R$ 1.025.926,80R$ 1.021.189,05R$ 3.806.789,75R$ 
2- (-) DEVOLUÇÃO DE VENDAS 7.837,74R$ 9.843,31R$ 13.549,30R$ 15.879,88R$ 47.110,23R$ 
3- (-) IPI 42.124,27R$ 42.738,46R$ 33.430,11R$ 29.430,42R$ 147.723,26R$ 
4- RECEITA LÍQUIDA DA VENDA DE PRODUTOS 827.348,74R$ 829.781,38R$ 978.947,39R$ 975.878,75R$ 3.611.956,26R$ 
5- LUCRO PRESUMIDO ( 4 x 8%) 66.187,90R$ 66.382,51R$ 78.315,79R$ 78.070,30R$ 288.956,50R$ 
6- RECEITAS FINANCEIRAS -R$ -R$ -R$ 22.680,55R$ 22.680,55R$ 
7- BASE DE CÁLCULO IRPJ - PRESUMIDO (5+6) 66.187,90R$ 66.382,51R$ 78.315,79R$ 100.750,85R$ 311.637,05R$ 
8- IRPJ À RECOLHER (7x15%) 9.928,18R$ 9.957,38R$ 11.747,37R$ 15.112,63R$ 46.745,56R$ 
9- BASE DE CÁLCULO DO ADICIONAL IRPJ 6.187,90R$ 6.382,51R$ 18.315,79R$ 40.750,85R$ 71.637,05R$ 
10- IRPJ ADICIONAL À RECOLHER (9x10%) 618,79R$ 638,25R$ 1.831,58R$ 4.075,09R$ 7.163,71R$ 
11- TOTAL DE IRPJ APURADO (8+10) 10.546,97R$ 10.595,63R$ 13.578,95R$ 19.187,71R$ 53.909,26R$ 
12- (-) IRRF -R$ -R$ -R$ 1.187,51R$ 1.187,51R$ 
13- TOTAL A RECOLHER 10.546,97R$ 10.595,63R$ 13.578,95R$ 18.000,20R$ 52.721,75R$ 
Tabela 5: Cálculo IRPJ Lucro Presumido. 
Fonte: Empresa estudada – Adaptada pela Autora do trabalho. 
Demonstra-se as apurações trimestralmente para que se possa deixar 
claro o cálculo do adicional do IRPJ, que incide sobre o valor que ultrapassar R$ 
60.000,00 por trimestre. Sendo que, neste caso em específico, onde ocorreu a 
 62
incidência de adicional em todos os trimestres, poderia-se demonstrar anualmente 
com o mesmo valor apurado. Observa-se ainda, que no quarto trimestre ocorre a 
compensação de Imposto de Renda Retido na Fonte (IRRF), pago antecipadamente 
sobre o rendimento de aplicações financeiras que foram resgatadas neste período. 
 
 
3.2.1.2 CSSL 
 
 
O cálculo da CSSL utilizando a base de cálculo presumida está 
apresentado no quadro a seguir. 
 
CÁLCULO DO CSSL - LUCRO PRESUMIDO
1° TRIMESTRE 2° TRIMESTRE 3° TRIMESTRE 4° TRIMESTRE ANUAL
1- RECEITA BRUTA DA VENDA DE PRODUTOS 877.310,75R$ 882.363,15R$ 1.025.926,80R$ 1.021.189,05R$ 3.806.789,75R$ 
2- (-) DEVOLUÇÃO DE VENDAS 7.837,74R$ 9.843,31R$ 13.549,30R$ 15.879,88R$ 47.110,23R$ 
3- (-) IPI 42.124,27R$ 42.738,46R$ 33.430,11R$ 29.430,42R$ 147.723,26R$ 
4- RECEITA LÍQUIDA DA VENDA DE PRODUTOS 827.348,74R$ 829.781,38R$ 978.947,39R$ 975.878,75R$ 3.611.956,26R$ 
5- LUCRO PRESUMIDO ( 3 x 12%) 99.281,85R$ 99.573,77R$ 117.473,69R$ 117.105,45R$ 433.434,75R$ 
6- RECEITAS FINANCEIRAS -R$ -R$ -R$ 22.680,55R$ 22.680,55R$ 
7- BASE DE CÁLCULO CSSL - PRESUMIDO (5+6) 99.281,85R$ 99.573,77R$ 117.473,69R$ 139.786,00R$ 456.115,30R$ 
8- CSSL À RECOLHER (7x9%) 8.935,37R$ 8.961,64R$ 10.572,63R$ 12.580,74R$ 41.050,38R$ 
Tabela 6: Cálculo da CSSL - Lucro Presumido. 
Fonte: Empresa estudada – Adaptada pela Autora do trabalho. 
 
 
3.2.1.3 PIS / COFINS 
 
 
Nesta seção será demonstrado o cálculo do PIS e da COFINS na 
modalidade cumulativa, ou seja, sem o aproveitamento de créditos gerados à partir 
das compras. 
 
PIS/COFINS
CUMULATIVO ANUAL (R$)
1- RECEITA DE VENDAS 3.806.789,75R$ 
2- (-) DEVOLUÇÕES 47.110,23R$ 
3- (-) IPI 147.723,26R$ 
4- BASE DE CÁLCULO (1-2-3) 3.611.956,26R$ 
5- ALÍQUOTA PIS 0,65% x0,65%
6- VALOR DO PIS A RECOLHER (4x0,65%) 23.477,72R$ 
7- ALÍQUOTA COFINS 3% x3%
8- VALOR COFINS A RECOLHER (4x3%) 108.358,69R$ 
 
 63
Tabela 7: Cálculo do PIS / COFINS - Cumulativo. 
Fonte: Empresa estudada – Adaptada pela Autora do trabalho. 
3.2.2 Cálculo Lucro Real 
 
 
Ao optar pela forma de tributação com base no Lucro Real durante o 
exercício de 2009, a empresa deveria apurar o IRPJ com alíquota de 15% (quinze 
porcento) e a CSSL com alíquota de 9% (nove porcento) respectivamente, sob a 
base de cálculo real, conforme determinação do Regulamento do Imposto de Renda. 
O PIS e a COFINS adotariam o regime da Não-Cumulatividade, 
obedecendo as alíquotas de 1,65% (um inteiro e sessenta e cinco décimos porcento) 
e 7,60% (sete inteiros e sessenta décimos porcento) respectivamente. 
 
 
3.2.2.1 IRPJ 
 
 
O cálculo do IRPJ, utilizando o Lucro Real como base de cálculo, está 
apresentado no quadro a seguir. 
 
CÁLCULO DO IRPJ - LUCRO REAL ANUAL
1- LUCRO CONTÁBIL 173.978,19R$ 
2- ADIÇÕES
3- EXCUSÕES
4- BASE DE CÁLCULO IRPJ (1+2-3) 173.978,19R$ 
5- IRPJ À RECOLHER (4x15%) 26.096,73R$ 
6- BASE DE CÁLCULO DO ADICIONAL IRPJ -R$ 
7- IRPJ ADICIONAL À RECOLHER (6x10%) -R$ 
8- TOTAL DE IRPJ APURADO (5+7) 26.096,73R$ 
9- (-)IRRF 1.187,51R$ 
10- TOTAL DE IRPJ A RECOLHER 24.909,22R$ 
 
Tabela 8: Cálculo do IRPJ - Lucro Real. 
Fonte: Empresa estudada – Adaptada pela Autora do trabalho. 
Observa-se que, a base de cálculo encontrada não ultrapassa o limite de 
R$ 240.000,00, a partir do qual incidiria o adicional de 10% (dez porcento). Destaca-
se também que, durante o ano de 2009, a empresa pesquisada não incorreu em 
nenhuma despesa sujeita a adição, ou obteve receitas que deveriam ser excluídas 
do lucro contábil para a determinação do lucro real. 
 
 64
 
3.2.2.2 CSSL 
 
 
Demonstra-se a seguir a apuração da CSSL pelo Lucro Real. 
 
CÁLCULO DA CSLL - LUCRO REAL ANUAL
1- LUCRO CONTÁBIL 173.978,19R$ 
2- ADIÇÕES
3- EXCUSÕES
4- BASE DE CÁLCULO CSLL (1+2-3) 173.978,19R$ 
5- CSLL À RECOLHER (4x9%) 15.658,04R$ 
 
Tabela 9: Cálculo CSLL - Lucro Real. 
Fonte: Empresa estudada – Adaptada pela Autora do trabalho. 
 
 
3.2.2.3 PIS / COFINS 
 
 
O quadro a seguir apresenta a apuração do PIS e da COFINS na 
modalidade Não-cumulativa. Sendo considerados os valores possíveis de crédito 
pela aquisição de matéria-prima, material de embalagem e material intermediário. 
 
PIS/COFINS
NÃO CUMULATIVO
1- RECEITA DE VENDAS 3.806.789,75R$ 
2- (-) DEVOLUÇÕES 47.110,23R$ 
3- (-) IPI 147.723,26R$ 
4- BASE DE CÁLCULO (1-2-3) 3.611.956,26R$ 
5- ALÍQUOTA PIS 1,65% x1,65%
6- VALOR DO PIS APURADO (4x1,65%) 59.597,28R$ 
7- CRÉDITO DE PIS 35.961,38R$ 
8- VALOR DO PIS A RECOLHER (6-7) 23.635,90R$ 
9- ALÍQUOTA COFINS 7,6% x7,6%
10- VALOR COFINS APURADO (4x7,6%) 274.508,68R$ 
11- CRÉDITO DE COFINS 165.640,28R$ 
12- VALOR COFINS A RECOLHER (10-11) 108.868,39R$ 
 
Tabela 10: Cálculo do PIS / COFINS - Não-cumulativo. 
Fonte: Empresa estudada – Adaptada pela Autora do trabalho. 
 
 65
 
3.3 Análise dos Resultados Obtidos 
 
 
Observando os dados demonstrados neste estudo de caso, apresenta-se 
o quadro a seguir que demonstra, de forma resumida, os valores apurados para 
cada tributo analisado, o montante total que foi tributado com base no Lucro 
Presumido e o valor que teria