A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
8 pág.
Fisiologia_Muscular

Pré-visualização | Página 2 de 2

Edition.
M. L. Visceral
•Actina 
•Poucos filamentos de miosina
•Proporção 12 actina:1 miosina
•Corpúsculos Densos 
(semelhante a discos Z)
•Processo de contração lento
Músculo Liso
Fonte: SILVERTHOR, Physiology:an integrated approach,Second Edition..
• Não existe troponina
• Substituída pela calmodulina
• Formação de complexos 
Ca++/Calmodulina
• Ativa cinase de cadeia leve da 
miosina (enzima)
•Ativação da Miosina ATPase
• Fosforilação da miosina
• Promove interação da miosina com 
actina
Músculo Liso
Fonte: SILVERTHOR, Physiology:an integrated approach,Second Edition
Músculo Liso
Fonte: SILVERTHOR, Physiology:an integrated approach,Second Edition.
• A atividade ATPase da miosina é lenta
• O Retículo Sarcoplasmático é rudimentar
• Íons Ca++ provenientes do LEC
•Ausência de Túbulos T
• Invaginações na membrana - Cavéolas (canais de Ca++)
• Estreita proximidade com o retículo sarcoplasmático
• Bomba de Ca++ responsável pela remoção após 
a contração
•Potenciais de Ação podem ser provocados por:
• estímulos elétricos
• ação de hormônios (abertura de canais de Ca++)
• neurotransmissores
• espontâneamente ou estiramento
Músculo Liso
Oscilações despolarizantes e repolarizantes do 
potencial de membrana das células musculares lisas. 
Ondas Lentas
Potencias de ação
Limiar
Tempo
Potencial de onda lenta
Po
te
n
ci
al
 
de
 
M
em
br
an
a
Potencial de ondas Lentas
Fonte: SILVERTHOR, Physiology:an integrated approach,Second Edition..
• Inervação pelo SNA
• Junções neuromusculares difusas
Músculo Liso
Fonte:http://alexandria.healthlibrary.ca/documents/notes/bom/unit_2/L-
03%20the%20Autonomic%20Nervous%20System.xml