A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
AV 1 Prova - Libras

Pré-visualização | Página 1 de 1

Avaliação: TÓPICOS EM LIBRAS:SURDEZ E INCLUSÃO
	Tipo de Avaliação: AV1
	
	
	
	
	Nota da Prova: 6,0 de 8,0        Nota do Trab.: 0        Nota de Partic.: 2        Data: 04/10/2013 
	
	 1a Questão (Ref.: 201201498672)
	4a sem.: AULA 4
	Pontos: 0,5  / 0,5 
	A comunidade surda tem características próprias e a língua de sinais, como as outras línguas, tem a marca dessa cultura. As pessoas com surdez atuantes na comunidade surda participam então de duas culturas, a surda e a ouvinte. Isto é conhecido como
		
	
	bilinguismo e biculturalismo.
	
	bimodalismo e multiculturalismo.
	
	bilinguismo e multiculturalismo.
	
	bioralismo e biculturalismo.
	
	bimodalismo e biculturalismo.
	
	
	 2a Questão (Ref.: 201201498541)
	2a sem.: Aula 3
	Pontos: 1,0  / 1,0 
	A Convenção Sobre os Direitos da Pessoa com Deficiência, no seu artigo 24 afirma que: Os Estados Partes deverão assegurar às pessoas com deficiência a possibilidade de aprender as habilidades necessárias à vida e ao desenvolvimento social, a fim de facilitar-lhes a plena e igual participação na educação e como membros da comunidade. De acordo com a Convenção NÃO constitui medida defendida por ela(Questão 36 do concurso público da Sec.Est. de Educação de São Paulo)
		
	
	Garantia de que o ensino de LIBRAS seja ministrado por ser uma língua reconhecida em lei no nosso país.
	
	Inclusão de crianças com altas habilidades em escolas regulares com a utilização de recursos de informática e novas tecnologias, devido ao seu nível cognitivo e intelectual.
	
	Facilitação do aprendizado do Braille, escrita alternativa, modos, meios e formatos de comunicação aumentativa e alternativa, e habilidades de orientação e mobilidade, além de facilitação do apoio e aconselhamento de pares.
	
	Garantia de que a educação de pessoas, inclusive crianças cegas, surdo, cegas e surdas, seja ministrada nas línguas e nos modos e meios de comunicação mais adequados às pessoas e em ambientes que favoreçam ao máximo seu desenvolvimento acadêmico e social.
	
	Facilitação do aprendizado da língua de sinais e promoção da identidade linguística da comunidade surda.
	
	
	 3a Questão (Ref.: 201201458396)
	5a sem.: Aula 5
	Pontos: 1,0  / 1,0 
	Quanto a LIBRAS, é correto afirmar que:
		
	
	Não é universal nem homogênea, tendo sido padronizada através de um sistema de escrita própria.
	
	É heterogênea, não universal, apresenta nenhuma variação linguística. Embora historicamente ágrafa, há atualmente propostas de utilização de um sistema de escrita, o "signwriting". 
	
	Não é universal, apresenta um caráter homogêneo, não passando por nenhum processo de padronização.
	
	Não é universal, é heterogênea, apresentando variações de acordo com região, idade, sexo, etc. Sua padronização se dá através de empréstimo do sistema de escrita Braille. 
	
	É heterogênea, não universal, apresenta variações linguísticas. Embora historicamente ágrafa, há atualmente propostas de utilização de um sistema de escrita, o "signwriting". 
	
	
	 4a Questão (Ref.: 201201498840)
	5a sem.: AULA 5
	Pontos: 1,0  / 1,0 
	A datilologia é um mecanismo de empréstimo linguístico entre a LIBRAS e a língua portuguesa, porque:
		
	
	Não Cumpre a função de empréstimo linguístico, ou seja, introduz na LIBRAS novas palavras que não tem sinais próprios. Até que se crie , segundo a necessidade dos falantes, um sinal específico. Assim ocorre , por exemplo, da palavra inglesa software para o português.
	
	Essa função de emprestar ou importar di português para a LIBRAS palavras sem referente lexical (sinal próprio) não cabe a datilologia.
	
	Cumpre a função de empréstimo linguístico, ou seja, introduz na LIBRAS novas palavras que não tem sinais próprios. Até que se crie , segundo a necessidade dos falantes, um sinal específico. Assim ocorre , por exemplo, da palavra inglesa software para o português.
	
	Cumpre a função de empréstimo linguístico, ou seja, introduz na língua de sinais americana novas palavras que não tem sinais próprios na LIBRAS. Até que se crie , segundo a necessidade dos falantes, um sinal específico.
	
	Datilologia é uma propriedade da gramática da LIBRAS.
	
	
	 5a Questão (Ref.: 201201498673)
	4a sem.: AULA 4
	Pontos: 0,5  / 0,5 
	A linguagem participa da constituição do pensamento e resulta sobre as funções mentais. A fala precisa se desenvolver como recurso necessário e interessante para a vida da criança surda. Segundo Vygostsky, o método oral
 I. é caracterizado como mecânico, artificial e treinamento árduo de articulação de sons.
 II. impede que as escolas residenciais preservem a comunidade de surdos.
 III. ensina a criança surda a pronunciar palavras e não a falar. 
IV. é importante para avaliar, classificar e educar as crianças surdas.
 A afirmação correta abaixo é: 
		
	
	I e III, apenas.
	
	I e II, apenas.
	
	III, apenas.
	
	I, II, III e IV.
	
	II e III, apenas.
	
	
	 6a Questão (Ref.: 201201461953)
	2a sem.: Aula 2
	Pontos: 0,5  / 0,5 
	A palavra apresentada em datilologia, abaixo, corresponde ao nome de:
		
	
	Uma cor
	
	Um animal
	
	Uma comida
	
	Um lugar
	
	Uma marca de carro
	
	
	 7a Questão (Ref.: 201201461950)
	2a sem.: Aula 2
	Pontos: 0,5  / 0,5 
	Marque a alternativa em que a datilologia apresentada corresponde ao nome de uma cidade:
		
	
	Paty
	
	Piauí
	
	Portugal
	
	Pantanal
	
	Paris
	
	
	 8a Questão (Ref.: 201201498676)
	4a sem.: AULA 4
	Pontos: 0,0  / 1,0 
	Segundo Vygotsky e Bakthin (In: Goldfeld, 1997), o termo FALA refere-se à produção de linguagem pelo falante nos momentos de diálogo. Nos estudos sobre a surdez a FALA pode ser utilizada, átravés
		
	
	do espaço visomanual.
	
	do canal audiofonatório e do espaço visomanual.
	
	de movimentos corporais.
	
	do canal audiofonatório apenas.
	
	do sistema fonador para expressar palavras e frases de uma língua.
	
	
	 9a Questão (Ref.: 201201457912)
	3a sem.: Aula 3
	Pontos: 1,0  / 1,0 
	Enquanto língua oficial das comunidades surdas brasileiras, a Língua Brasileira de Sinais é entendida como: (CONCURSO PÚBLICO, MUNICÍPIO DE UBERLÂNDIA/MG, questão 21, para o cargo de Intérprete de LIBRAS)
		
	
	Forma substitutiva à modalidade escrita da língua portuguesa nas comunidades surdas.
	
	Forma de comunicação e expressão com sistema linguístico e estrutura gramatical próprios
	
	Meio alternativo de comunicação e expressão que respalda os direitos da comunidade surda.
	
	Forma institucionalizada das concessionárias de serviços públicos apoiarem a comunidade surda.
	
	Resultado de pesquisa em países avançados onde a comunidade surda tem intensa participação social.
	
	
	 10a Questão (Ref.: 201201498575)
	3a sem.: AULA 5
	Pontos: 0,0  / 1,0 
	A leitura e a escrita são certamente dois aspectos que preocupam os educadores de surdos. Devido aos resultados insatisfatórios obtidos com a maior parte dos alunos, Geraldi, 1993 (In: Góes, 1996) cita três práticas que o professor deveria privilegiar em relação ao Ensino da Língua Portuguesa. São elas:(QUESTÃO 52 DO CONCURSO PÚBLICO DA SEESP)
		
	
	estudo de nomes ligados a categorias semânticas,verbos e outros elementos pertencentes a classes gramaticais.
	
	símbolos gráficos, com combinações de símbolos associados a objetos e figuras que os representem.
	
	uso de sinais, na ordem do português, no uso de marcadores, e escrita de acordo com as regras gramaticais da língua.
	
	início com palavras isoladas, depois utilização em estruturas frasais e em seguida em textos mais longos e complexos.
	
	leitura dos textos, produção de textos e análise linguística.