ADMINISTRAÇÃO DE COMPRAS E SUPRIMENTOS
21 pág.

ADMINISTRAÇÃO DE COMPRAS E SUPRIMENTOS


DisciplinaAdministração de Compras e Suprimentos2.000 materiais11.796 seguidores
Pré-visualização7 páginas
do item.
 quantidade de itens e valor da movimentação financeira anual do item.
tempo de reposição e valor monetário unitário do item.
 quantidade de itens e valor monetário unitário de todos os itens.
tempo de reposição e valor da movimentação financeira anual do item.
44a Questão
A acurácia dos estoques mede o percentual de itens identificados após o término do inventário físico e expressa o 
grau de confiabilidade do processo de contagem física. É medido pela fórmula: Acurácia (%) = (estoque medido/ 
estoque teórico) x 100. Assim, considerando que o resultado do último inventário físico um determinado item 
estocado apresentou os seguintes dados: a - Quantidade de itens registrados no sistema de controle do estoque: 
100; b - Quantidade de itens não encontrados no depósito: 3; c - Quantidade de itens danificados: 10; Qual é a 
acurácia do estoque deste item?
3%
10%
90%
 97%
13%
45a Questão
As empresas utilizam em seu dia a dia basicamente quatro indicadores para a gestão dos estoques, que analisam os
aspectos quantitativos dos estoques. Dentre as opções abaixo assinale a única que não se enquadra como indicador 
quantitativo de estoque
 Analise ABC
Giro de estoques
Acurácia dos estoques
Nível de serviço
Cobertura de Estoques
46a Questão
Alguns produtos são mais importantes que outros e precisam ser tratados como tal. Tendo isto em mente, devemos 
direcionar recursos, esforços e pessoal para fazer com que os itens mais importantes, mais caros e os clientes mais 
rentáveis sejam atendidos com atenção especial. Uma ferramenta que auxilia os gestores nessa priorização é o(a):
Método PEPS
Planilha CIF
Trade-Off
Rede PERT
 Classificação ABC
47a Questão 
A seleção e avaliação de fornecedores deve ser feita em função de critérios como:
sistema de gestão da qualidade.
prazo de entrega.
 preço, qualidade e condições de pagamento.
ações de responsabilidade social.
estrutura organizacional e critérios de departamentalização.
48a Questão
As empresas utilizam em seu dia a dia quatro indicadores de desempenho básicos para a gestão dos estoques. 
Trata-se de aspectos quantitativos da administração dos estoques. Assinale nas opções abaixo o indicador que mede
o percentual de itens corretos, após o término do inventário físico, e que é medido pela fórmula: (estoque medido/ 
estoque teórico) x 100.
Nível de serviços
Cobertura de estoques
 Acurácia dos estoques
Giro de estoques
Nível médio de estoque
49a Questão
No almoxarifado de uma empresa prestadora de serviços, um determinado item de estoque é consumido na razão 
de 100 unidades por mês e o seu tempo de reposição é de 3 meses. Sabendo que o estoque mínimo é de 1 mês do 
seu consumo, o ponto de pedido será, em unidades: (A) 300. (B) 200. (C) 400. (D) 150. (E) 500.
 Gabarito: Como falado em aula, para esse tipo de questão tem de desenhar o gráfico dente de 
serra, sempre! A partir dele a questão se torna muito fácil. Temos 3 meses para reposição a 
100 un/mês = 300 un, somadas ao estoque mínimo/segurança de 100 un = Total= 400 un.
(A) 300.
(D) 150.
 (E) 500.
(B) 200.
50a Questão
O objetivo central de todo sistema de controle de estoques é fornecer respostas para três questões básicas:
Com que frequência deve ser avaliado o nível de estoques?
 Quando deve ser colocado um pedido de reposição de itens de estoque?
 Quantas unidades devem ser pedidas em cada ciclo de pedido?
Para atingir estes objetivos, são utilizados modelos de reposição de estoques. O Modelo de Reposição Continua e o 
de Reposição Periódica. Dentre as particularidades abaixo listadas assinale a que não se enquadra no Modelo de 
Reposição Periódica.
Itens prioritários devem ser revisados com mais frequência. Os itens mais baratos podem sofrer 
revisão em períodos mais longos;
Mais indicado para itens de classes B e C;
Pode-se agrupar análises de itens de um mesmo fornecedor para a mesma data;
 A Falta de material é mais difícil porque os estoques são monitorados com maior frequência;
Período entre revisões definidos em função de necessidades específicas de cada empresa.
51a Questão
O método do período fixo é aquele no qual se verifica, a um período fixo, a situação do estoque e, caso necessário, 
se providencia sua complementação. As afirmativas a seguir representam vantagens desse sistema de reposição de 
estoques, EXCETO:
nesse sistema, o estoque só precisa ser conhecido por ocasião da revisão destinada a 
determinar a quantidade a ser encomendada, tornando-se aplicáveis, por exemplo, os casos de 
itens perecíveis em que se programem entregas semanais.
 individualiza a frequência de revisão do estoque, pois ela vai depender essencialmente do 
comportamento da demanda.
permite programar adequadamente as entregas dos itens aos usuários.
 permite concentrar de forma regular as entregas e os recebimentos dos materiais com 
economias operacionais significativas.
se vários itens são adquiridos de um mesmo fornecedor, é possível efetivar ordens de compras 
de diversos itens com redução de custos de emissão, custos de transporte, programações dos 
recebimentos com reduções de custos.
52a Questão
Há casos de empresas que o gerente de produção é também o responsável pelos estoques e, nesse caso, os 
estoques serão encarados por ele como meios de ajuda a sua meta principal: a produção. Fato que poderá ocasionar
em estoques exagerados que, sob a ótica financeira e da produção sobre manutenção de estoque, representam:
Financeira: Descontos sobre as quantidades a serem compradas, redução dos gastos. 
Produção: Entregas rápidas, boa imagem melhores vendas.
Financeira: Entregas rápidas, juros perdidos. Produção: Desconto sobre as quantidades a 
serem compradas, menor risco de obsolescência
Financeira: redução dos riscos da falta de matéria-prima, aumentos de juros perdidos. 
Produção: Entregas mais rápidas, grandes lotes de fabricação.
Financeira: menor risco de perda e obsolescência, redução dos custos operacionais. Produção: 
nenhum risco de aumento do custo operacional, baixos lotes de produção.
 Financeira: maior risco de perdas e obsolescência, aumento do custo de armazenagem. 
Produção: nenhum risco de falta de materiais, grandes lotes de fabricação.
53a Questão
Todas são particularidades do Modelo de Reposição Contínua, EXCETO:
Falta de material é mais difícil
Os estoques são monitorados com maior frequência
Definição do ponto de pedido para cada item estocado
 Mais indicado para itens da classe A da curva ABC
 Período entre revisões pré- definidos
54a Questão
A sistemática do alcance dos resultados desejados, partindo da necessidade do lucro, representa um dos principais 
objetivos perseguidos pelas organizações contemporâneas que deve começar:
No controle da produção, privilegiando as matérias-primas de maior custo de produção e 
colocação do produto acabado no cliente final, conforme recursos financeiros disponíveis.
No planejamento dos recursos humanos necessários com salários bem abaixo do mercado para 
aumento dos resultados e colocação dos produtos no cliente final por meio de recursos mais 
baixos.
No planejamento, privilegiando as matérias-primas de menor custo independente da qualidade e 
colocação do produto acabado no cliente final, conforme recursos humanos disponíveis.
Na capacidade das máquinas e equipamentos e dos serviços no intermediário conforme o valor do
frete dos transportes disponíveis.
 No planejamento das necessidades de materiais e terminar com a colocação do produto acabado 
no cliente final conforme recursos financeiros disponíveis.
55a Questão
Para gerenciar os estoques precisamos estabelecer o rigor e o cuidado apropriados para o controle, afinal os itens 
possuem quantidades e valores diferentes. Para estabelecer o rigor de controle dos itens uma ferramenta muito