Pilares do Tempo (Stephen Jay Gold)

Pilares do Tempo (Stephen Jay Gold)


DisciplinaDivulgação Científica103 materiais88 seguidores
Pré-visualização42 páginas
Hooke, Robert, 24 
Humani Generis, 64-69 
Hume, David, 50, 94 
Hunter, George William, 107, 131- 
132
Huxley, Thomas Henry
agnosticismo, 15-16, 34, 36-38 
como autor, 37-40, 53-54,153- 
154
críticas ao clero, 30 
e Darwin, 36,40-41, 99 
morte do filho, 30-31, 36-37,40, 
53-54
opinião sobre a integridade, 38-39
Imperialismo 
científico, 71 
nacional, 120,130 
profissional, 139, 120 
Imposto de renda, 
índia, 18
índios americanos, 92 
Inherit the Wind, 107-110 
Inquisição 
espanhola, 91 
papal, 63 
Integridade, 39
Inventing the Fiat Earth (Russell), 92 
Investigação, 151 
com fé, 18, 21 
correta, 64 
liberdade de, 111 
lógica, 57, 88-89 
natural, 85 
Irenismo, 163-173
definição do, 163 
politicamente correto, 172-173 
princípio antrópico, 171-173 
sincretismo, 166-171 
Irving, Washington, 94
Jesus, 17-19
identidade de, 18 
ressurrecto, 17-19, 21 
Jordan, David Starr, 125, 133 
Judaísmo, 14-15, 104, 105 
Juízo Final, 26-27,48 
Julgamentos criacionistas. Ver também 
Arkansas; Scopes, julgamento de
Kellogg, Vemon L. 125-127,130, 
143-144
Alemanha, 125-127, 130, 143-144 
como professor, 133, 134 
Kidd, Benjamin, 125 
Kingsley, Charles, 36-37, 40 
Kipling, Rudyard, 47 
Kirby, William, 145-147
Lactâncio, 93-94 
Lamarckianismo, 52 
Lawrence, Jerome, 107 
Lee, Robert Edwin, 107 
Lei natural, 156-157
e causalidade, 22, 24-25, 26 
eDeus, 35, 155-157, 171 
mau uso da, 130-132 
objetivos da, 35 
suspensão da, 23, 71-74 
Leis antievolução 
defesa das, 121 
estados do sul, 106 
Louisiana, 112-114 
Tennessee, 106-111 
Ver também Arkansas 
Liberdade, fonte de, 162 
Literalismo bíblico
criacionismo, 112, 114 
da Terra jovem, 77, 102, 104
PILARES DO TEMPO 181
e pluralismo, 104-105 
resposta ao, 104 
status de culto, 121 
versus religião, 164 
Literalismo do Gênesis. Ver também 
Literalismo bíblico 
\u201cLivre-arbítrio\u201d, 158 
Louisiana, 112-113, 114 
Luta material, 127 
Lutero, Martinho, 40 
Lyell, Charles, 37, 145
Magellan, 91 
Magistério
definição de, 12-13, 48-49 
independência, 55-58 
status equivalente, 52-55 
Mahler, Gustav, 29 
Malone, Dudley Field, 110 
Marco Polo, 91 
Materialismo 
dialético, 65, 66 
\u201clinha-dura\u201d, 71 
Matusalém, 73 
Mencken, H. L., 108, 120 
Metáfora 
bíblica, 91 
da evolução, 42 
do sincretismo, 168-169 
explicativa, 26-27, 81-82 
ilustrada, 19-20 
imiscibilidade, 57 
Milagres, 24 
criação, 76, 78 
defesa dos, 96 
definição dos, 23, 71-74 
diálogo, 75 
dilúvio de Noé, 23 
supersticiosos, 60, 164 
versus lei natural, 167 
Milênio, 69 
Militarismo alemão 
e força, 127
medo do, 123-124 
moralidade do, 143-144 
testemunho do, 125-127, 130 
Milvart, St. George, 147-148 
MNI (Magistérios não-interferentes) 
argumentos a favor dos, 39, 59- 
60, 90-91
como reconciliação, 15-16, 40-41, 
117
descrição dos, 12-13, 51-52, 76- 
78, 138-139
e história da ciência, 70-74, 85-86 
e irenismo, 164-173 
e molduras, 48-49, 56-57 
e pontificado, 64, 66, 68, 69, 97 
\u201cprincípio de Cachinhos de 
Ouro\u201d, 165-173 
e provas, 39 
lógica dos, 77-78, 152 
obstáculos para os, 76, 84-89 
requisitos para os, 41, 51-52 
violações dos, 128-129, 130-131, 
141
Ver também Criacionismo 
Moisés, 27, 73
Modem Biology, 111 
Montaigne, Michel de, 14 
Morte humana, 157-158, 160 
alma imortal, 36-39, 53 
infalibilidade, 87 
pecado original, 66, 67 
renúncia, 127 
Mundo natural
área de atuação do, 11, 26 
contingência, 156 
cosmologia, 90-97 
documentação, 12 
extinções, 49
Nascimento, 158, 159 
Natureza humana, 161 
baseada em Deus, 55 
conflituosa, 85, 165
182 STEPHEN JAY GOULD
e lógica, 152 
esperançosa, 152 
inquisitiva, 84 
santidade da, 40 
Natureza
amoral, 153-154 
brilhante/bela, 141-145, 151-153 
indiferente, 139-140, 157, 162 
padrões na, 142, 161-162 
quente/difusa, 140,152-153 
superioridade em relação à, 142 
teoria do \u201cbanho frio\u201d, 151-152, 
160
Natureza, construção da 
factual, 49, 140, 142-149 
falsa, 142 
material, 49-50 
sobrenatural, 75-76, 142 
Neutralidade moral, 137-138 
New York Times, 168 
Newman, Francis William, 32-33 
Newman, John Henry, 32 
Newsweek, 168 
Newton, Isaac, 70
como deísta, 70-71, 72-74 
dilúvio de Noé, 21, 22-24, 26 
lei natural, 22 
primazia da ciência, 25 
teoria da gravidade, 22 
túmulo, 41 
Nó górdio, 23-24
Obscurantismo, 91, 98 
Ornar Khayyam, 137-139 
Oresme, Nicholas, 93 
Origem das espécies; A (Darwin), 35, 
36,127, 137
Overton, William R., 112 
\u201cOzymandias\u201d (Shelley), 160
Pacifismo
antibélico, 120-121, 126 
teológico, 65
Paganismo, 127-128 
Paleontologia, 164 
Palestras Gifford, 75 
Papas
Alexandre, 73, 139-140 
João XXIII, 162 
João Paulo II, 64, 68-69 
Pio IX, 86-88, 97 
Pio XII, 64-69 
Urbano VIII, 61 -64 
Passividade, 160 
Patronagem, 62-63 
Peacocke, Arthur, 169 
Pecado original, 66, 68 
Plutarco, 45 
Poder humano, 160-161 
Polemismo, 163-164 
Poligenismo, 66
Politicamente correto, 90, 172-173 
Pontificado, 60-69
Concílios do Vaticano, 87,96-97 
corte papal, 63-64 
encíclicas, 64-69 
estereótipo, 60 
Vaticano, 105
versus Galileu, 61-64, 98-99 
Ver também Papas 
Popper, Karl, 51 
Populismo, 120-124 
Preceitos Divinos (Lactâncio), 93-94 
Primeira Emenda, 99, 101, 102-103, 
112, 114
Primeira Guerra Mundial, época do 
auxílio à Bélgica, 125 
militarismo, 123 
pacifismo, 120 
Prince ofPeace (Bryan), 122 
Principia Ethica (Moore), 50 
Princípio antrópico, 171-172 
\u201cPrincípio de Cachinhos de Ouro\u201d, 
165-166
Princípios éticos 
na ciência, 11-12
PILARES DO TEMPO 183
natureza dos, 19-21 
validade dos, 12 
Princípios morais
área de atuação dos, 13 
desafios, 49-50 
documentação, 58 
exemplificados, 17 
e integridade, 39 
e MNI, 16
e tecnologia, 49-50, 77, 137 
fonte dos, 55
Ver também Ética, magistério da; 
significado
Principies ofGeology (Lyell), 145 
Progressismo, 120 
Protestantismo 
americano, 14 
anglicano, 32-33, 53 
e ciência, 84 
pluralismo, 104-106 
Pseudociência, 21
Racionalismo, 93-95, 97 
Racismo, 130-132, 147-148, 172 
Reforma, 63, 99 
Regra de Ouro, 144 
Rehnquist, William, 113 
Relativismo, 65, 160 
Religião
com poder secular, 16, 85, 86-88
menos teologia, 40, 54
oposição à, 31
paradoxo da, 16
pilares do tempo, 164, 173
rejeição da, 33-34
versus literalismo, 164
Ver também MNI; ciência/religião
Religião, magistério da
descrição do, 13, 49-52
e alma humana, 64, 67, 68, 127
limitações do, 15-16, 21-25, 70-71
\u2713
Ver também Etica, magistério da; 
Princípios morais
Remendão remendado, O (Carlyle), 
40
Renascimento, 91 
Responsabilidade, 40, 162 
Ressurreição 
crença na, 53 
de Jesus, 18-19 
\u201cRevolução científica\u201d, 70 
Ross, E. A., 123 
Rubaiyat of Omar Khayyam 
(Fitzgerald), 137-139 
Ruse, Michael, 52 
Russell, J.B .,91,93,94, 97 
Rússia, 81, 82
Sabedoria, 164 
buscando a, 78 
componentes, 138 
convencional, 97 
crescimento da, 51-52, 57, 141 
ditames da, 160-161 
e felicidade, 41-42 
vantagens da, 41-42 
Salamanca, 91, 92 
Salomão, 69
Sartor Resartus (Carlyle), 40 
Scalia, Antonin, 113 
Science (revista), 112 
Science of Power, The (Kidd), 125, 
127-128
Scienza nuova (Vico), 21 
Scopes II, julgamento de, 51, 112, 
114, 116-118
Scopes, julgamento de, 107-111, 114, 
118, 120, 121, 131 
Segunda Guerra Mundial, 65, 69 
Seleção natural, 148
neutralidade moral, 134 
secular, 98 
estratégias, 149
visão marcial, 122-125, 126, 127- 
130
Separação. Ver também Ciência/ 
religião, separação
184 STEPHEN JAY GOULD
Seres humanos
como \u201cdetalhes\u201d, 159 
e linguagem, 173, 174 
Significado definitivo
área de atuação do, 11, 13,49-50, 
88-89
buscado, 140-142 
e autoconhecimento, 161 
e integridade, 39 
opinião de Darwin sobre o, 150- 
152,157-160
Ver também Ética,