Ementas Compiladas em arquivo unico para uso contabil
66 pág.

Ementas Compiladas em arquivo unico para uso contabil


DisciplinaContabilidade / Ciências Contábeis83.591 materiais548.237 seguidores
Pré-visualização14 páginas
Econometria e modelos econométricos: Análise de regressão: simples e 
múltipla. Principais problemas na análise de regressão. Estimação de modelos de 
equações simultâneas. Séries temporais. 
 
BIBLIOGRAFIA BÁSICA: 
GUJARATI, Damodar N. Econometria Básica. Rio de Janeiro: Campus, 4ª edição, 
2006. 
MADDALA, G.S. Introdução à Econometria. LTC, 2003. 
WOOLDRIDGE, J.M. Introdução à Econometria \u2013 uma abordagem moderna. São 
Paulo: Editora Thomson Pioneira, 1ª edição, 2006. 
 
BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR: 
GRIFFITHS, W.; JUDGE, G.G.; HILL, C. Econometria. São Paulo: Saraiva, 2003. 
JOHSTON, Jack. Métodos econométricos. 4.ed. McGraw-Hill, 2001. 
 
MORETTIN, Pedro A.; TOLOI, Clélia M.C. Análise de Séries Temporais. Editora 
Edgard Blucher, 2004. 
RUBINFELD, Daniel L.;PINDYCK, Robert S. Econometria: modelos e previsões. 
Rio de Janeiro: Campus, 2004. 
SOARES, Ilton G.;CASTELAR, Ivan. Econometria Aplicada com o Uso do Eviews. 
Ed. Livro Técnico. 2004. 
 
 
 
 
 
R. Luiz Afonso, 84, Cidade Baixa - 90050-310 
R. General Vitorino, 25, Centro - 90020-171 
R. Riachuelo, 1257, Centro \u2013 90010-272 
Fone/Fax (51) 3251-1111 
Porto Alegre - RS 
esade@esade.com.br 
 
CONTROLADORIA 
 
OBJETIVOS: Proporcionar a compreensão da controladoria e do controller, seu papel a 
partir do modelo de gestão das empresas, contextualizado pelos ambientes externos e 
internos em que as companhias estão inseridas. Viabilizar o entendimento da influencia 
e impacto das ações da controladoria e do controller na gestão empresarial. 
EMENTA: Visão sistêmica da empresa. Processo de Gestão e Controladoria. 
Controladoria como ramo do conhecimento e como unidade administrativa. Função do 
controller. Processo de gestão, o processo de tomada de decisão, o modelo de decisão. 
Sistemas de informações gerenciais. Ferramentas de Gestão. Indicadores de avaliação 
de desempenho econômico. Gestão Econômica \u2013 GECON. Governança Corporativa, 
Lei Sarbanes-Oxley, Accountability e Disclosure. 
 
BIBLIOGRAFIA BÁSICA: 
ATKINSON, Anthony. et al. Contabilidade Gerencial. São Paulo: Atlas, 2.ed. 2008 
 
PIZZOLATO, Nélio D. Introdução à Contabilidade Gerencial. Makron, 2000. 
 
GARRISON, Ray H & NOREEN, Eric. Contabilidade Gerencial. Rio de Janeiro: 
Editora LTC, 11ª edição, 2007. 
 
 
BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR: 
ATKINSON, Anthony A.; BANKER, Rajiv D; KAPLAN, Robert S; YOUNG, S. 
Mark.Contabilidade Gerencial.2.ed. São Paulo: Atlas, 2008. 
KAPLAN, Robert S; NORTON, David P. A estratégia em ação. Rio de Janeiro: 
Campus, 1997. 
KAPLAN, Robert S; NORTON, David P. Kaplan e Norton na prática. 5.ed. Rio de 
Janeiro: Campus, 2004. 
NASCIMENTO, Auster; REGINATO, Luciane. Controladoria: Instrumento de 
Apoio ao Processo Decisório. 1ed. São Paulo: Atlas, 2010. 
PADOVEZE, Clóvis Luiz. Contabilidade gerencial: um enfoque em sistemas de 
informação contábil. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2007. 
 
 
R. Luiz Afonso, 84, Cidade Baixa - 90050-310 
R. General Vitorino, 25, Centro - 90020-171 
R. Riachuelo, 1257, Centro \u2013 90010-272 
Fone/Fax (51) 3251-1111 
Porto Alegre - RS 
esade@esade.com.br 
 
ECONOMIA DO SETOR PÚBLICO 
 
OBJETIVOS: Introduzir o estudante às teorias sobre o comportamento do Estado nas 
economias contemporâneas e, particularmente, na economia nacional. Introduzir a teoria 
tributária de forma a permitir a compreensão do sistema tributário nacional na sua 
concepção, nos seus objetivos e no impacto sobre o desempenho da economia brasileira. 
EMENTA: Participação do Estado na economia nacional e sua evolução. Caracterização 
e incidência da receita e despesas públicas. A dívida pública. Plano financeiro: 
concepções, elaboração, execução e controle. Efeitos econômicos da despesa pública e 
do crédito público. Teoria da taxação: taxação da renda e oferta de trabalho, taxação e 
decisão de poupança, taxação e as decisões da firma; efeitos redistributivos da taxação e 
despesa pública; Sistema Tributário Nacional. Privatização. Regulamentação de 
Serviços Públicos. 
BIBLIOGRAFIA BÁSICA: 
BIDERMAN, Ciro; ARVATE, Paulo (org.), Economia do Setor Público no Brasil. 
Rio de Janeiro: Campus, 2005. 
GIAMBIAGI, Fábio; ALÉM, Ana Cláudia. Finanças Públicas: teoria e prática no 
Brasil. Rio de Janeiro: Editoria Campus, 1ª edição, 2007. 
RIANI, Flavio. Economia do setor público: uma abordagem introdutória. 5.ed. Rio 
de Janeiro: Editora LTC, 5ª edição, 2009. 
 
BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR: 
JIAMBALVO, James. Contabilidade Gerencial. Rio de Janeiro: Editora LTC, 3ª 
edição, 2009. 
 
CREPALDI, Silvio Aparecido. Contabilidade gerencial: teoria e prática. São Paulo, 
Atlas, 2004. 
 
PADOVEZE, Clóvis Luís. Contabilidade Gerencial. São Paulo: Atlas, 2004. 
 
SUNDEN, B., STRATTON; HORNGREN, C.T. Contabilidade Gerencial. Prentice 
Hall Brasil, 2003. 
 
WARREN, Carl S. Contabilidade Gerencial. Thomson-Pioneira, 2001 
 
 
 
R. Luiz Afonso, 84, Cidade Baixa - 90050-310 
R. General Vitorino, 25, Centro - 90020-171 
R. Riachuelo, 1257, Centro \u2013 90010-272 
Fone/Fax (51) 3251-1111 
Porto Alegre - RS 
esade@esade.com.br 
 
6º SEMESTRE 
 
ECONOMIA INTERNACIONAL 
 
OBJETIVOS: Introduzir os estudantes aos conhecimentos que os capacitem a entender 
as especificidades das relações econômicas internacionais de um país. 
EMENTA: Teoria das Vantagens Comparativas. Teoria neoclássica dos custos 
comparativos. Teoria de Hecksher-Ohlin. Novas teorias de comércio internacional. 
Política comercial. Integração econômica. Comércio internacional, crescimento e bem-
estar social. Relações financeiras com o exterior. Mercado de câmbio. Regimes 
cambiais. Teoria do Balanço de pagamentos. Equilíbrio interno e externo. Política 
Financeira em uma economia aberta. Capitais de longo prazo e as transferências 
internacionais. Capitais de curto prazo. Reservas e liquidez internacional. 
 
BIBLIOGRAFIA BÁSICA: 
CARVALHO, Maria Auxiliadora de & SILVA, C.R.Leite da. Economia 
Internacional. São Paulo: Editora Saraiva, 4ª edição, 2007. 
CANUTO, O., BAUMANN, R., GONÇALVES, R. Economia Internacional: teoria e 
experiência brasileira. Rio de Janeiro: Campus. 2004. 
OBSTFELD, Maurice & KRUGMAN, Paul. Economia Internacional \u2013 Teoria e 
Política. 8a ed. São Paulo: Prentice-Hall, 2010 
 
BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR: 
BATISTA JR, Paulo N. O Brasil e a Economia Internacional. Rio de Janeiro. 2005. 
GONÇALVES, Reinaldo. Economia Política Internacional. Impetus Elsevier. 2005. 
MAIA, Jayme de Mariz. Economia Internacional e Comércio Exterior. São Paulo: 
Atlas, 10ª edição, 2010. 
MARTINELLI, Dante P. & MACHADO, Juliano R. Negociação Internacional. São 
Paulo: Atlas. 2004. 
SALVATORE, Dominick. Economia Internacional. 6.ed. Rio de Janeiro: Editora 
LTC, 2000. 
 
R. Luiz Afonso, 84, Cidade Baixa - 90050-310 
R. General Vitorino, 25, Centro - 90020-171 
R. Riachuelo, 1257, Centro \u2013 90010-272 
Fone/Fax (51) 3251-1111 
Porto Alegre - RS 
esade@esade.com.br 
 
ECONOMIA MONETÁRIA 
 
OBJETIVOS: Propiciar aos estudantes o conhecimento do universo da moeda e da 
teoria monetária, oportunizando lhe o conhecimento do sistema monetário brasileiro. 
EMENTA: Moeda. Evolução e comparação dos sistemas monetários. Oferta de moeda e 
multiplicador da base monetária. Intermediação Financeira e Crédito. Sistema 
financeiro Nacional. Sistema Financeiro Internacional. Teorias de demanda por moeda. 
Teorias e evidências da demanda por moeda; da oferta de moeda e da taxa de juros. 
Política monetária e atividade econômica. Políticas de estabilização. 
 
BIBLIOGRAFIA BÁSICA: 
ALMEIDA, José Roberto Novaes de. Economia Monetária. São Paulo: Editora