Contabilidade Geral   José Jayme Moraes Junior (2013)
749 pág.

Contabilidade Geral José Jayme Moraes Junior (2013)


DisciplinaConcursos125.788 materiais244.413 seguidores
Pré-visualização50 páginas
10.000
Juros a Vencer (Passivo Circulante \u2013 Retificadora (*)) 1.000 11.000
(*) Para a Esaf, seria Ativo Circulante.
II \u2013 Reconhecimento da despesa de juros em 31/12/2009:
Despesa de Juros (Despesa)
a Juros a Vencer (Passivo Circulante \u2013 Retificadora (*)) 250
(*) Para a Esaf, seria Ativo Circulante.
III \u2013 Reconhecimento da despesa de juros de 2010 (janeiro, fevereiro e março):
III.1 \u2013 Janeiro:
Despesa de Juros (Despesa)
a Juros a Vencer (Passivo Circulante \u2013 Retificadora (*)) 250
(*) Para a Esaf, seria Ativo Circulante.
III.2 \u2013 Fevereiro:
Despesa de Juros (Despesa)
a Juros a Vencer (Passivo Circulante \u2013 Retificadora (*)) 250
(*) Para a Esaf, seria Ativo Circulante.
III.3 \u2013 Março:
Despesa de Juros (Despesa)
a Juros a Vencer (Passivo Circulante \u2013 Retificadora (*)) 250
(*) Para a Esaf, seria Ativo Circulante.
IV \u2013 Quando, no dia 30 de abril de 2010, foi efetuada a liquidação dessa dívida, a
empresa, para registrar o evento em um único lançamento contábil, deverá fazer:
IV.1 \u2013 Como o empréstimo só foi pago em 30 de abril de 2010, houve atraso de um mês,
pois o pagamento deveria ter sido efetuado em 1 de abril de 2010:
Juros por Atraso = 2,5% x 10.000 = 250
Despesa de Juros (Despesa)
a Caixa (Ativo Circulante) 250
IV.2 \u2013 Pagamento do empréstimo:
Empréstimo a Pagar (Passivo Circulante)
a Caixa (Ativo Circulante) 11.000
Consolidando os dois lançamentos do dia 30 de abril, teríamos:
Diversos
a Caixa 11.250,00
Empréstimos Bancários 11.000,00
Despesa de Juros 250,00 11.250,00
Não há resposta correta e a questão foi anulada pela banca examinadora.
Já caiu em prova!
(TRF-2006-Esaf) Ao contratar um empréstimo no Banco do Brasil para reforço de capital de giro, a empresa
Tomadora S.A. contabilizou:
débito de Bancos c/Movimento R$ 500,00
crédito de Empréstimos Bancários R$ 500,00
crédito de Juros Passivos R$ 40,00
Para corrigir esse lançamento em um único registro a empresa deverá contabilizar:
(a) débito de Bancos c/Movimento R$ 500,00
débito de Juros Passivos R$ 40,00
crédito de Empréstimos Bancários R$ 540,00
(b) débito de Bancos c/Movimento R$ 460,00
débito de Juros Passivos R$ 40,00
crédito de Empréstimos Bancários R$ 500,00
(c) débito de Bancos c/Movimento R$ 540,00
crédito de Empréstimos Bancários R$ 500,00
crédito de Juros Ativos R$ 40,00
(d) débito de Juros Passivos R$ 40,00
crédito de Bancos c/Movimento R$ 40,00
(e) débito de Juros Passivos R$ 80,00
crédito de Bancos c/Movimento R$ 40,00
Empresa: Tomadora S.A.
Contrato: empréstimo no Banco do Brasil
Lançamento Efetuado:
débito de Bancos c/Movimento R$ 500,00
crédito de Empréstimos Bancários R$ 500,00
crédito de Juros Passivos R$ 40,00
Para corrigir esse lançamento em um único registro a empresa deverá contabilizar:
I \u2013 Pelo lançamento efetuado:
Bancos Empréstimos Juros Passivos
500 500 40
II \u2013 Lançamento correto do contrato de empréstimo: repare que, nessa questão, a
empresa já efetuou o pagamento dos juros no momento da aquisição do empréstimo,
recebendo somente o valor líquido.
Diversos
a Empréstimos Bancários (Passivo Circulante)
Bancos Conta Movimento (Ativo Circulante) 460,00
Juros Passivos (Despesa) 40,00 500,00
Bancos Empréstimos Juros Passivos
460 500 40
III \u2013 Correção do lançamento efetuado (com um único registro):
Débito de Juros Passivos R$ 80,00
Crédito de Bancos Conta Movimento R$ 40,00
Bancos Empréstimos Juros Passivos
500 40 (III) 500 80 (III) 40
460 40
A alternativa \u201ce\u201d é a correta.
Já caiu em prova!
(Analista Judiciário-Contabilidade-TJ/ES-2011-Cespe) Em um modelo de plano de contas, a conta encargos
financeiros a transcorrer, de natureza devedora, é retificadora de empréstimos e financiamentos, tanto no passivo
circulante como no passivo não circulante.
Encargos financeiros a transcorrer ou juros passivos a transcorrer são contas de natureza
devedora retificadora das contas de empréstimos e financiamentos a pagar, podendo
classificar-se no passivo circulante ou no passivo não circulante longo prazo. O item está
correto.
3.13.2.2. Empréstimos com Juros Pós-Fixados
Neste tipo de empréstimo, a empresa somente sabe qual o montante dos juros incidentes
sobre a operação no dia do vencimento.
Lançamentos:
I \u2013 No dia do empréstimo:
Bancos (Ativo Circulante)
a Empréstimos a Pagar (Passivo Circulante ou Passivo Não Circulante)
II \u2013 No pagamento do empréstimo:
Diversos
a Bancos (Ativo Circulante)
Empréstimos a Pagar (Passivo Circulante)
Juros Passivos (Despesa)
Exemplo: Suponha que a empresa J4M2 efetuou um empréstimo bancário no valor de R$
100.000,00, para resgate em 30 dias, com juros pós-fixados. No pagamento, verificou-se que o
saldo do empréstimo a pagar era de R$ 101.000,00.
Lançamentos:
I \u2013 No dia do empréstimo:
Bancos (Ativo Circulante)
a Empréstimos a Pagar (Passivo Circulante) 100.000
II \u2013 No pagamento do empréstimo:
Diversos
a Bancos (Ativo Circulante)
Empréstimos a Pagar (Passivo Circulante) 100.000
Juros Passivos (Despesa) 1.000 101.000
3.13.3. Operações com Duplicatas
Cobrança Simples de Duplicatas
\u2013 cobrança simples: remessa de títulos ao banco que presta serviço à empresa, cobrando-o
dos respectivos devedores;
\u2013 a empresa transfere a posse dos títulos ao banco, mas a propriedade continua com a
empresa;
\u2013 haverá despesas bancárias na cobrança de duplicatas;
\u2013 quando as duplicatas forem pagas, o banco creditará na conta da empresa, avisando-a por
meio de um aviso de crédito.
\u2013 os lançamentos efetuados são:
\u2013 envio das duplicatas ao banco:
Títulos em Cobrança
a Endossos para Cobrança
Despesas Bancárias (Despesa)
a Banco Conta Movimento (Ativo Circulante)
Títulos em Cobrança: conta de compensação do ativo;
Endossos para Cobrança: conta de compensação do passivo.
Nota: as contas de compensação não causam alteração no patrimônio da empresa e,
normalmente, não são cobradas em prova. Por esse motivo, ao realizar os lançamentos nos
exemplos e exercícios, me concentrarei naqueles que utilizam contas patrimoniais (ativo,
passivo e patrimônio líquido) e de resultado (receitas e despesas).
\u2013 aviso bancário de recebimento (aviso de crédito):
Endossos para Cobrança
a Títulos em Cobrança
Bancos Conta Movimento (Ativo Circulante)
a Duplicatas a Receber (Ativo Circulante)
Caso o cliente pague a duplicada com atraso, haverá a cobrança de juros e multa.
\u2013 aviso bancário de recebimento (aviso de crédito): pagamento com atraso:
Endossos para Cobrança
a Títulos em Cobrança
Bancos Conta Movimento (Ativo Circulante)
a Diversos
a Duplicatas a Receber (Ativo Circulante)
a Juros Ativos (Receita)
Exemplo:
Suponha que a empresa J4M2, em 2/2/2009, enviou R$ 100.000,00 em duplicatas a
receber para cobrança simples ao banco (suponha que o banco cobrou R$ 500,00