Contabilidade Geral   José Jayme Moraes Junior (2013)
749 pág.

Contabilidade Geral José Jayme Moraes Junior (2013)


DisciplinaConcursos125.913 materiais246.378 seguidores
Pré-visualização50 páginas
ou Despesas;
3 \u2013 verificar se o saldo está aumentando ou diminuindo;
4 \u2013 aplicar o mecanismo de débito e crédito (lançamento) e verificar o \u201cMétodo das
Partidas Dobradas\u201d.
Lançamento (registro de um fato contábil):
D \u2013 (conta debitada) à aplicação
C \u2013 (conta creditada) à origem
Aplicação = débito
origem = crédito
Exemplo:
Caixa Estoques Fornecedores
a Clientes a Fornecedores a Bancos
\u2013 As contas debitadas representam as aplicações (para onde foi o dinheiro). As contas
creditadas representam as origens (de onde veio o dinheiro).
\u2013 O dinheiro que foi aplicado no Caixa teve como origem o pagamento de clientes.
\u2013 Os valores aplicados nos estoques (compra de mercadorias) tiveram origem no crédito
concedido pelos fornecedores.
\u2013 Os valores aplicados no pagamento de fornecedores tiveram origem no saldo da conta
bancária (pagamento em cheque).
Diário:
\u2013 obrigatório (exigido pelo Código Civil);
\u2013 principal (registra todos os fatos contábeis);
\u2013 comum (para todas as empresas);
\u2013 cronológico (fatos contábeis registrados em ordem cronológica).
Livro Caixa:
\u2013 facultativo;
\u2013 auxiliar (controla apenas a conta Caixa);
\u2013 comum (para todas as empresas);
\u2013 cronológico (fatos contábeis registrados em ordem cronológica).
Razão:
\u2013 obrigatório (pela legislação comercial e fiscal);
\u2013 principal (registra todos os fatos contábeis);
\u2013 sistemático (fatos contábeis são registrados por conta e não por ordem cronológica).
Livros especiais:
\u2013 registro de ações nominativas;
\u2013 transferência de ações nominativas;
\u2013 registro de partes beneficiárias nominativas;
\u2013 transferências de partes beneficiárias nominativas;
\u2013 atas das assembleias gerais;
\u2013 presença de acionistas;
\u2013 atas das reuniões do Conselho de Administração, se houver, e atas das reuniões de
diretoria;
\u2013 atas e pareceres do Conselho Fiscal.
Fórmulas de Lançamento:
\u2013 11 \u2013 Primeira fórmula \u2013 1 débito e 1 crédito.
\u2013 12 \u2013 Segunda fórmula \u2013 1 débito e 2 (*) créditos.
\u2013 21 \u2013 Terceira fórmula \u2013 2 (*) débitos e 1 crédito.
\u2013 22 \u2013 Quarta fórmula \u2013 2 (*) débitos e 2 (*) créditos.
(*) Onde vocês estão lendo \u201c2\u201d, entenda-se \u201cmais de um...\u201d
Erros de Escrituração:
\u2013 Valor: ao invés de debitar ou creditar determinado valor, debita-se ou credita-se outro;
\u2013 Título: é utilizado o nome de uma conta, quando se deveria utilizar o nome de outra;
\u2013 Inversão: quando a conta deveria ser debitada e foi creditada ou quando a conta deveria
ser creditada e foi debitada;
\u2013 Duplo Registro: quando um lançamento que já havia sido feito é realizado pela segunda
vez;
\u2013 Omissão: quando o lançamento não é realizado; e
\u2013 Histórico Incorreto: quando o fato ocorrido não corresponde ao descrito no histórico do
lançamento.
Formas de Correção:
\u2013 estorno;
\u2013 complementação;
\u2013 transferência;
\u2013 ressalva.
Escrituração de Operações Financeiras
Aplicações com Rendimentos Prefixados:
I \u2013 No dia da aplicação:
Aplicações Financeiras (Ativo Circulante ou Ativo Não Circulante \u201cRealizável a Longo
Prazo)
a Diversos
a Bancos (Ativo Circulante)
a Juros Ativos a Transcorrer (Ativo Circulante ou Ativo Não Circulante \u201cRealizável a
Longo Prazo (*))
(*) Seguindo a lógica da Esaf, deveria ser classificada como Passivo Circulante ou Passivo
Não Circulante.
II \u2013 Reconhecimento das receitas de juros (mensal):
Juros Ativos a Transcorrer (Ativo Circulante (*))
a Juros Ativos (Receita)
(*) Seguindo a lógica da Esaf, deveria ser classificada como Passivo Circulante.
III \u2013 No resgate:
Bancos (Ativo Circulante)
a Aplicações Financeiras (Ativo Circulante)
Aplicações com Rendimentos Pós-Fixados
I \u2013 No dia da aplicação:
Aplicações Financeiras (Ativo Circulante ou ANC \u201cRLP\u201d)
a Bancos (Ativo Circulante)
II \u2013 No resgate:
Bancos (Ativo Circulante)
a Diversos
a Aplicações Financeiras (Ativo Circulante)
a Juros Ativos (Receita)
Empréstimos com Juros Prefixados:
I \u2013 No dia do empréstimo:
Diversos
a Empréstimos a Pagar (Passivo Circulante ou Passivo Não Circulante)
Bancos (Ativo Circulante)
Juros Passivos a Transcorrer ou Juros Passivos a Vencer (Passivo Circulante e/ou Passivo
Não Circulante Longo Prazo \u2013 Retificadora (*))
(*) A Esaf considerou, no último concurso da Receita Federal (2012), que a conta \u201cJuros
Passivos a Transcorrer\u201d seria classificada no \u201cAtivo Circulante ou Ativo Não Circulante
Realizável a Longo Prazo\u201d.
II \u2013 Reconhecimento das despesas de juros (mensal):
Juros Passivos (Despesa)
a Juros Passivos a Transcorrer ou Juros Passivos a Vencer (Passivo Circulante\u200b e/ou
Passivo Não Circulante Longo Prazo \u2013 Retificadora (*))
(*) A Esaf considerou, no último concurso da Receita Federal (2012), que a conta \u201cJuros
Passivos a Transcorrer\u201d seria classificada no \u201cAtivo Circulante ou Ativo Não Circulante
Realizável a Longo Prazo\u201d.
III \u2013 No pagamento do empréstimo (todos os juros já foram reconhecidos):
Empréstimos a Pagar (Passivo Circulante)
a Bancos (Ativo Circulante)
Empréstimos com Juros Pós-Fixados:
I \u2013 No dia do empréstimo:
Bancos (Ativo Circulante)
a Empréstimos a Pagar (Passivo Circulante ou Passivo Não Circulante)
II \u2013 No pagamento do empréstimo:
Diversos
a Bancos (Ativo Circulante)
Empréstimos a Pagar (Passivo Circulante)
Juros Passivos (Despesa)
Operações com Duplicatas
Cobrança Simples de Duplicatas
Envio das duplicatas ao banco:
Títulos em Cobrança
a Endossos para Cobrança
Despesas Bancárias (Despesa)
a Banco Conta Movimento (Ativo Circulante)
Aviso bancário de recebimento (aviso de crédito):
Endossos para Cobrança
a Títulos em Cobrança
Bancos Conta Movimento (Ativo Circulante)
a Duplicatas a Receber (Ativo Circulante)
Desconto de Duplicatas
I \u2013 No envio de duplicata para desconto:
Diversos
a Duplicatas Descontadas (Passivo Circulante)
Bancos Conta Movimento (Ativo Circulante)
Encargos Financeiros (Despesa) ou Encargos Financeiros a Transcorrer (Passivo
Circulante \u2013 Retificadora ou Ativo Circulante (*))
II \u2013 Reconhecimento da despesa financeira:
Juros Passivos (Despesa)
a Encargos Financeiros a Transcorrer (Passivo Circulante \u2013 Retificadora ou Ativo
Circulante (*))
(*) A Esaf, na última prova de AFRFB, considerou a conta \u201cEncargos Financeiros a
Transcorrer\u201d como Ativo Circulante (no caso de desconto de duplicatas).
III \u2013 Aviso de Recebimento (pagamento da duplicata pelo cliente):
Duplicatas Descontadas (Passivo Circulante)
a Duplicatas a Receber (Ativo Circulante)
IV \u2013 Falta de pagamento pelo cliente:
Duplicatas Descontadas (Passivo Circulante)
a Banco Conta Movimento (Ativo Circulante)
Empréstimo sob Caução de Duplicatas
Envio das duplicatas ao banco:
Títulos em Caução
a Endossos para Caução
Liberação do empréstimo:
Diversos
a Empréstimos sob Caução (Passivo Circulante)
Bancos Conta Movimento (Ativo Circulante)
Despesas Bancárias (Despesas)
Recebimento das duplicatas pelo banco:
Endossos para Caução
a Títulos em Caução
Diversos
a Duplicatas a Receber (Ativo Circulante)
Bancos Conta Movimento (Ativo Circulante)
Empréstimo sob Caução (Passivo Circulante)
Factoring
No envio de duplicata para a empresa de factoring:
Diversos
a Duplicatas a Receber (Ativo Circulante)
Bancos Conta Movimento (Ativo Circulante)
Despesas com Factoring (Despesa)
Variações Monetárias
Variações Monetárias \u2192 atualização em função de índices ou coeficientes
Variações Cambiais \u2192 atualização em função de taxa de câmbio
Variação Cambial Ativa \u2192 receita
Variação Cambial Passiva \u2192 despesa
Principais Contas e Suas Naturezas
Conta Característica Saldo
Abatimentos Concedidos
Abatimentos sobre Vendas
Despesa Devedor
Abatimentos Obtidos
Abatimentos Auferidos
Receita Credor
Ações em Tesouraria Patrimônio Líquido \u2013 Retificadora Devedor
Adiantamento a Empregados Ativo Circulante Devedor
Adiantamento a Fornecedores Ativo Circulante Devedor
Adiantamento de Clientes Passivo Circulante